Companhia Alemã da África Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A German West African Company, em Alemão Deutsch-Westafrikanische Gesellschaft / Compagnie, foi uma companhia majestática alemã, fundada em 1885. Ela explorou a dois protetorados alemães na África Ocidental (Togo e Camarões) mas não chegou a governá-los - ao contrário de suas contrapartes na África Oriental Alemã.

História[editar | editar código-fonte]

Bandeira da Companhia Alemã da África Ocidental (DWAG)

A Companhia Alemã da África Ocidental foi estabelecida como uma companhia majestática com sede em Hamburgo. A empresa foi ativa, tanto no Kamerun e Togolândia.[1] Após anos de pouco lucro, a empresa foi absorvida pelo Império Alemão em 13 de novembro de 1903.[2]

Kamerun[editar | editar código-fonte]

Nos dias atuais Camarões e parte da Nigéria.

Togo[editar | editar código-fonte]

Nos dias atuais Togo e parte do Gana.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Schnee, Heinrich; Albert Hermann Heinrich Schnee. Unsere Kolonien. [S.l.]: Quelle & Meyer, 1908. 188 p. p. 37 & 54.
  2. German Bundesrat. Die deutsche Kolonial-gesetzgebung. [S.l.]: E.S. Mittler und sohn, 1904. p. 238.

Horst Gründer, Geschichte der deutschen Kolonien, 4th ed. (Paderborn, Ferdinand Schöningh, 2000).

Predefinição:Companhia majestática