Consoante oclusiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Modos de articulação
Obstruente
Oclusiva
Africada
Fricativa
Sibilante
Soante
Nasal
Vibrante
Simples
Múltipla
Aproximante
Líquida
Vogal
Semivogal
Lateral
Fluxo de ar
Ejetiva
Implosiva
Clique
Esta página contém informações sobre fonética usando AFI, e podem ser exibidos incorretamente em alguns navegadores. Saiba mais

Uma consoante oclusiva, também chamada de consoante explosiva ou consoante plosiva (ou simplesmente oclusiva, explosiva ou plosiva) é uma consoante na qual, durante sua pronúncia o ar expirado é bloqueado por um obstáculo bucal, que interrompe momentaneamente a sua corrente, e que acaba "explodindo" quando aberto. A oclusão pode ser feita com a língua ([t], [d]), corpo ([k], [g]), lábios ([p], [b]) ou glote ([ʔ]). Interrompe contraste com nasais, onde o canal vocal é bloqueado, mas o fluxo de ar continua através do nariz, como em /m/ e /n/, e com fricativas, onde a oclusão parcial impede, mas não bloqueia o fluxo de ar no canal vocal.[1]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. Ian Maddieson, Patterns of Sounds, Cambridge University Press, 1984. ISBN 0-521-26536-3