Contratura de Dupuytren

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Contratura de Dupuytren
Contratura de Dupuytren do quarto dedo.
Classificação e recursos externos
CID-10 M72.0
CID-9 728.6
OMIM 126900
DiseasesDB 4011
MedlinePlus 001233
eMedicine med/592 orthoped/81 plastic/299 pmr/42 derm/774
MeSH D004387
Star of life caution.svg Aviso médico

A contratura de Dupuytren ou moléstia de Dupuytren é uma contratura fixa da mão em flexão caracterizada pelo espessamento da fáscia palmar (tecido encontrado abaixo da pele da mão). Essa condição pode variar desde pequenos nódulos até faixas muito espessas, as quais podem tracionar dos dedos em direção à palma da mão. Deve o seu nome a Guillaume Dupuytren, o cirurgião que descreveu uma cirurgia para corrigir a deformação causada por esta doença.

Acredita-se que exista um componente familiar associado à contratura de Dupuytren já que a incidênicia é maior se existem familiares afetados. Pode, ainda, estar associada com com tabagismo, doenças vasculares, epilepsia e diabetes.

Em geral não é necessário tratamento específico, exceto nos casos em que a contratura interfere na atividade motora. Nestes casos, pode ser realizado tratamento cirúrgico, objetivando liberar o(s) dedos(s) em flexão. Mesmo com a remoção cirúrgica bem sucedida dos tecidos afetados, a contratura pode recidivar no mesmo ou em outros dedos.