Demon's Souls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Demon's Souls
Produtora From Software
Distribuidora Sony Computer Entertainment, Atlus, Namco Bandai
Designer From Software
Hidetaka Miyzaki (director)
Masanori Takeuchi (producer)
Eiichi Nakajima (executive producer)
Sony Computer Entertainment
Takeshi Kaji (producer)
Takahiro Kaneko (executive producer)
Compositor(es) Shunsuke Kida
Motor Havok
Plataforma(s) PlayStation 3
Data(s) de lançamento
  • JP 5 de Fevereiro de 2009
  • AN 7 de Outubro de 2009
  • EU 25 de Junho de 2010
Gênero(s) RPG; Ação
Modos de jogo Single-player, Multiplayer Online
Classificação Inadequado para menores de 17 anos i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)
Média Blu-ray
Requisitos mínimos 54MB livres de espaço no Disco Rígido
Controles SIXAXIS, DualShock 3

Demon's Souls é um RPG produzido principalmente pela From Software (com a ajuda da SCE Japan Studio) e publicado no Japão pela Sony Computer Entertainment, na América do Norte pela Atlus e na Europa pela Namco Bandai, exclusivamente para o PlayStation 3. Com uma fantasia sombria, o jogador irá ser transportado para o coração de Boletaria, um reino de guerreiros que foi destruído após o aparecimento de uma névoa que trouxe consigo bestas e demônios que se alimentam das almas dos mortais. O jogo é descrito como o sucessor espiritual de King's Field, série lançada nos consoles PlayStation antecessores também pela From Software.

História[editar | editar código-fonte]

King Allant décimo segundo, em busca de poder e de prosperidade, canalizou o poder das almas. Ele trouxe prosperidade sem precedentes para o seu reino do norte Boletaria. Isto é, até um nevoeiro espesso preto cobrir todas as terras periféricas, a fim de cortar o reino do mundo exterior. Aqueles que entraram no nevoeiro nunca mais retornaram.

Mas foi apenas quando Vallarfax das reais presas gêmeas conseguiu sair do nevoeiro que o mundo soube sobre a situação de Boletaria. Ao canalizar as almas, o Rei Allanti despertou O Antigo, uma grande besta que reside abaixo do Nexus. Com o despertar do Antigo, uma névoa escura varreu Boletária, libertando demônios que se alimentam das almas dos vivos. Os que perderam as suas almas perdem também a sua sanidade e se tornam violentos. O caos reinava, a loucura atacando a sanidade. Os Demônios cresceram e ficaram mais fortes e poderosos a cada alma que devoravam. A lenda diz que vários guerreiros entraram na terra amaldiçoada, mas nenhum deles retornou.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Demon's Souls é um RPG de ação gótico de finais abertos. Os jogadores podem criar seus personagens a vontade, colocando nome, sexo, estilo de cabelos, aterando detalhes da face como: nariz, bochechas, sobrancelhas, olhos, cor de pele, boca, orelhas etc. Os jogadores enfrentam grandes monstros (várias vezes o tamanho de um personagem), fazendo uso de muitas armas e equipamentos diferentes e customizáveis. A jogabilidade é alterada conforme a arma escolhida pelo jogador.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Edge 9/10
GameSpot 9/10
GamePro 4/5
IGN 9,4/10
Official PlayStation Magazine (US) 8/10
Famitsu 29/40(9/7/7/6)
Eurogamer 9/10
GamesRadar 9/10
GameTrailers 8,9/10
Dengeki 95/85/85/85
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 90 de 100
Game Rankings 90%

Demon's Souls vendeu mais de 40 000 cópias em sua primeira semana no Japão,[1] [2] e aumentou as vendas de PlayStation 3 na região.[3] Até dezembro de 2009, tinha vendido um total de 134.585 cópias no Japão.[4] Na América do Norte, Demon's Souls estreou no décimo primeiro lugar na lista de Outubro de 2009, de acordor com o NPD Group, com mais de 150.000 cópias vendidas,[5] vendendo mais de 500.000 até Setembro de 2010. Em seu lançamento no Japão, Demon's Souls foi bem recebido pelos críticos. A Dengeki concedeu ao jogo a nota 95/85/85/85, comentando que "fãs de jogos 'old-school' derramarão lagrimas de alegria". Famitsu deu a nota 29 de 40 (9/7/7/6) com o seguinte comentário de um de seus editores: "um jogo que você aprende como jogar através da derrota -- você frequentemente morrerá de forma súbita. Mas continue jogando e você perceberá o quão profundo ele realmente é", enquanto outro editor achou o jogo "muito estóico... não é um jogo para qualquer um".[6] Em seu lançamento na América do Norte, a resposta dos criticos foi muito favorável com uma média de notas de 90% no GameRankings [7] e 90/100 no Metacritic.[8] Mesmo o jogo apresentando uma alta dificuldade, muitos críticos consideraram isso como um aspecto positivo, tornando o o jogo mais recompensante de ser jogado. A GameSpot chamou a alta dificuldade de "justa", comentando que os jogadores irão "indiscultivelmente sofrer muitos danos até aprender as sutilezas de enfrentar cada inimigo, mas o combate passa um sentimento de ser funcional"[9] IGN reforçou esta opinião, encorajando os jogadores que "podiam relembrar os bons dias antigos quando um jogo ensinava através do super efetivo métodos de reforço negativo e alto preço a se pagar por não jogar com cuidado, eles poderiam entender o jogo em um instante."[10] A Game Informer chamou o jogo de "um dos primeiros RPGs Japoneses realmente bons desta geração, e certamente o mais notável."[11] A Official U.S. PlayStation Magazine, no entanto, apesar de louvar o jogo como um todo, disse que Demon's Souls era "melhor deixado para os jogadores mais masoquistas e radicais".[12] A GameZone comentou que o aspecto online do jogo era "inovativo" e "perfeitamente misturado ao jogo",[13] enquanto a Game Revolution disse que ele "tornava uma experiência solitária em uma supreendentemente comunitária".[14] No lado técnico e de design, a Games Radar chamou o jogo de "graficamente impressionante, parecendo mais com os antigos jogos 'Ultima' do que com qualquer coisa que já saiu do Japão,"[15] enquanto a Game Trailers disse que o jogo "perfecciona o visual de fantasia sombria" junto com o que eles consideraram "musica de instrumentos reais", embora tenha haviado a reclamação da física do jogo ter alguns problemas de "tremulação".[16] Logo após o lançamento Norte Americano, a ScrewAttack nomeou Demon's Souls como o oitavo melhor jogo exclusivo de PS3 até então.[17] Antes do lançamento do jogo na Europa, críticos europeus avaliaram versões importadas do jogo. A Eurogamer chamou Demon's Souls "estóico, sem compromissos, dificil de aprender, mas ao mesmo tempo profundo, intrigantemente perturbado e perversamente recompensante"[18] enquanto a Edge explicou sua visão positiva quanto a dificuldade do jogo dizendo que " se o maior apelo dos jogos estão em aprender e perfeccionar novas habilidades, então certamente as melhores emoções são achadas nas liçoes mais difíceis" concluindo que "para aqueles que passarem pelos testes estrítos de , não há maior senso de conquista virtual;."[19] Os resultados favoraveis nas resenhas de Demon's Souls fizeram com que a performance fiscal do jogo fosse única, devido a falta do suporte de uma campanha de marketing. O analista de jogos Jesse Divnich comentou: "Demon's Soul é um dos jogos mais relevantes para as estatisticas de jogos, pois ajuda a responder uma questão recorrente: quanto que um jogo de alta qualidade consegue vender quando não tem a ajuda de uma campanha massiva de marketing, sendo lançado por uma distribuidora pouco conhecida(Sem querer ofender a Atlus) e sendo uma nova Propriedade Intelectual?” [20] Com o sucesso comercial e crítico do jogo, O Vice Presidente de software internacional da Sony Computer Entertainment admitiu que foi um "erro" deixar o jogo passar, deixando que a Atlus o publicasse, devido a preocupações com sua dificuldade e decisões incomuns de design.[21]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

No seu "Prêmios para os Melhores e Piores de 2009", a GameSpot concedeu à Demon's Souls o prêmio de Jogo do Ano no Geral,[22] Melhor Jogo de PS3,[23] Melhor jogo de RPG[24] e Melhor Mecânica Original para integração online.[25] Game Trailers concedeu Melhor RPG[26] E melhor Nova Propriedade Intelectual[27] enquanto a RPGFan concedeu Melhor RPG para o PS3[28] e Melhor RPG de Ação para Consoles.[29] A IGN também concedeu o título de Melhor RPG para PS3.[30] A X-Play concedeu o título de Melhor inovação em jogabilidade multijogador.[31] PC World concedeu o prêmio de jogo do Ano.[32] RPGamer concedeu à Demon's Souls o título de RPG do Ano de 2009, incluindo Melhores Gráficos e Melhor RPG de PS3.[33] [34] [35]

Referências

  1. Tanaka, John (2009-02-23). Demon's Souls Sells out in Japan IGN [[News Corporation]]. Visitado em 2009-04-12.
  2. Ben Dutka (2009-02-12). Demon's Souls Caps Impressive First Week Of Sales In Japan PSX Extreme. Visitado em 2010-03-17.
  3. Robert Purchese (2009-02-13). Eurogamer Demon's Souls boosts Japan PS3 sales Eurogamer. Visitado em 2010-03-17.
  4. Sony PS3 Japanese Chart Japan-gamecharts.com. Visitado em 2010-03-17.
  5. Matt Matthews (2009-11-13). NPD: October Top 20 Sees Impressive Demon's Souls Showing Gamasutra. Visitado em 2010-03-17.
  6. Des Barres, Nick (2009-01-28). Japan Review Check: Demon's Souls 1UP. Visitado em 2010-03-20.
  7. Demon's Souls at Game Rankings Game Rankings. Visitado em 2010-01-28.
  8. Demon's Souls at Metacritic Metacritic. Visitado em 2010-01-28.
  9. Kevin VanOrd (2009-10-06). GameSpot Demon’s Souls Review - Brutally challenging and utterly engrossing, this innovative role-playing game is one of the year's best. GameSpot. Visitado em 2010-01-27.
  10. Sam Bishop (2009-10-09). IGN Demon’s Souls Review - One of the most rewarding, challenging PS3 games finally hits the US. IGN. Visitado em 2010-01-27.
  11. {{cite web|url=http://gameinformer.com/games/demons_souls/b/ps3/archive/2009/10/20/review.aspx%7Ctitle=Game Informer Demon’s Souls Review - From Software Gives RPG Players Tough Love|publisher=Game former|author=Phil Kollar|date=2009-10-20|accessdate=2010-01-28}}
  12. "".
  13. Adam Dodd (2009-09-21). GameZone Demon’s Souls Review Game Informer. Visitado em 2010-01-28.
  14. Jesse Costantino (2009-10-15). Game Revolution Demon’s Souls Review Game Revolution. Visitado em 2010-01-28.
  15. Ed Zitron (2009-09-21). Games Radar Demon’s Souls Review - One of the few must-buy PS3-exclusive RPGs Game Radar. Visitado em 2010-01-28.
  16. Game Trailers Demon’s Souls Review Game Trailers (2009-10-06). Visitado em 2010-01-28.
  17. ScrewAttack's Top Ten PS3 Exclusive: 2009 Edition Game Trailers (2009-11-25). Visitado em 2010-01-28.
  18. Keza McDonald (2009-04-23). Eurogamer: Demon’s Souls Import Review Eurogamer. Visitado em 2010-01-27.
  19. Edge Magazine: Demon’s Souls Import Review Edge Magazine (2009-10-09). Visitado em 2010-01-27.
  20. Tom Magrino (2010-11-10). Analysts predict cold October for game industry. Visitado em 2010-03-14.
  21. 2010年8月期中間決算説明会 (PDF) Index Holdings (2010-04-13). Visitado em 2010-08-02.
  22. Gamespot's Best and Worst of 2009 - Game of the Year 2009 GameSpot. Visitado em 2010-03-07.
  23. Gamespot's Best and Worst of 2009 - Best PS3 Game GameSpot. Visitado em 2010-03-07.
  24. Gamespot's Best and Worst of 2009 - Best Role-Playing Game GameSpot. Visitado em 2010-03-07.
  25. Gamespot's Best and Worst of 2009 - Best Original Game Mechanic GameSpot. Visitado em 2010-03-07.
  26. Game Trailers Best of 2009 - Best RPG Game Trailers. Visitado em 2010-03-07.
  27. Game Trailers Best of 2009 - Best New Intellectual Property Game Trailers. Visitado em 2010-03-07.
  28. RPGFan's Best of 2009 - Best RPG for the PS3 RPGFan. Visitado em 2010-03-07.
  29. RPGFan's Best of 2009 - Best Console Action-RPG RPGFan. Visitado em 2010-03-07.
  30. IGN Game of the Year Awards 2009: Best PlayStation 3 RPG IGN. Visitado em 2010-03-17.
  31. X-Play Game of the Year Awards 2009: Best GamePlay Innovation G4 TV (2009-12-15). Visitado em 2010-03-17.
  32. PC World Game of the Year Awards PC World. Visitado em 2010-03-17.
  33. den Ouden, Adriaan. RPG of the Year RPGamer. Visitado em 2010-03-26.
  34. Marchello, Sam. Best Graphics RPGamer. Visitado em 2010-03-26.
  35. Staples, Ken. Best PS3 RPGamer. Visitado em 2010-03-26.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]