Dianne Reeves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Julho de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Dianne Reeves 2.jpg

Dianne Reeves (Detroit, 23 de Outubro de 1956) é uma cantora de jazz norte-americana.

Foi descoberta pelo trompetista Clark Terry em 1976, quando a viu cantar numa banda da Universidade do Colorado, onde estudava. Despontou nos anos 80 e em pouco tempo conquistou uma grande reputação como cantora de jazz nos Estados Unidos. É considerada a herdeira direta das divas do jazz Sarah Vaughan e Ella Fitzgerald.

Fez turnês com Sergio Mendes (1981) e Harry Belafonte (1984) e inicou sua carreira solo em 1982.

Reeves gravou e se apresentou com Wynton Marsalis e a Lincoln Center Jazz Orchestra. Também gravou com a Orquestra Sinfônica de Chicago dirigida por Daniel Barenboim e foi solista com Sir Simon Rattle e a Filarmônica de Berlim.

Dianne apresentou-se na cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno em Salt Lake City, recebeu o Prémio Ella Fitzgerald no Festival Internacional de Jazz de Montreal e foi nomeada Creative Chair for Jazz da Filarmónica de Los Angeles.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.