Disco de Merkel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os discos de Merkel são terminações nervosas constituídas por ramificações axonais que terminam em expansões achatadas, estando implicadas na sensação de tacto e pressão.

Cada uma das terminações nervosas está associada a células epiteliais especializadas. Podem ser encontradas na camadas basais da epiderme logo à superfície da membrana basal e associam-se a elevações com forma arredondada de epiderme espessa na pele pilosa.[1]

Referências

  1. Kandel E.R., Schwartz, J.H., Jessell, T.M. (2000). Principles of Neural Science, 4th ed., pp.433. McGraw-Hill, New York.