Donnie Darko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Donnie Darko
Donnie Darko (PT/BR)
 Estados Unidos
2001 • cor • 113 min 
Direção Richard Kelly
Produção Adam Fields
Nancy Juvonen
Sean McKittrick
Produção executiva Christopher Ball
Drew Barrymore
Casey La Scala
Hunt Lowry
Aaron Ryder
William Tyrer
Roteiro Richard Kelly
Elenco Jake Gyllenhaal
Holmes Osborne
Maggie Gyllenhaal
Drew Barrymore
Noah Wyle
Patrick Swayze
Jena Malone
Mary McDonnell
Ashley Tisdale
Daveigh Chase
Género ficção científica drama horror mistério
Música Michael Andrews
Efeitos especiais Robbie Knott
Figurino April Ferry
Cinematografia Steven Poster
Edição Sam Bauer
Eric Strand
Estúdio Pandora Cinema
A Flower Films Production
Adam Fields Productions
Gaylord Films
Distribuição Estados Unidos Newmarket Films
Brasil Flashstar Home Vídeo
Portugal New Age Entertainment
Lançamento Estados Unidos 19 de janeiro de 2001
Portugal 11 de outubro de 2002
Brasil 24 de setembro de 2003[1]
Idioma Inglês
Orçamento US$ 4,5 milhões[2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Donnie Darko é um filme norte-americano do ano de 2001, dos gêneros ficção científica, drama e horror escrito e dirigido pelo estreante Richard Kelly . Apesar de não ter alcançado notória popularidade, o filme recebeu e participou de grandes premiações, obteve, ainda, criticas positivas pelo enredo e trilha sonora, se tornando um clássico do cinema "cult". Mesmo após inúmeras tentativas e introspecções, o final do filme é carregado de dúvidas e incertezas e diversas interpretações são possíveis.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história se desenrola em um subúrbio norte-americano, no fim dos anos 80. Donnie Darko (Jake Gyllenhaal) é um garoto considerado problemático, que já foi preso por ter queimado uma casa. Em uma noite, um coelho gigante tenebroso acorda Donnie, guiando-o até um campo de golfe, onde ele passa a noite. Quando acorda, Donnie descobre que o coelho salvou sua vida de uma turbina de avião que despencou do céu caindo exatamente em sua cama. O coelho gigante ainda profetiza que o mundo irá se acabar dentro de pouco tempo. Donnie procura saber quais são as intenções do coelho gigante tenebroso, e continua fazendo o que o coelho lhe pede, como destruir o encanamento da escola durante a noite, assim inundando-a, e queimar a casa de um palestrante motivacional.

Em um dos encontros entre Donnie e o coelho, este pergunta se Donnie acredita em viagens no tempo. A partir daí, Donnie passa a investigar o assunto, indo tirar dúvidas com um professor, que explica para Donnie temas da física teórica como a possibilidade de viagem ao tempo usando obras como de Uma Breve História do Tempo de Stephen Hawking, viagens mais rápidas que a luz e buracos de minhoca. Então, o professor dá a Donnie uma cópia do livro fictício "Filosofia da Viagem no Tempo", escrito por Roberta Sparrow, uma vizinha idosa de Donnie. O garoto passa a ler o livro e diz que muitas das coisas que ele está vivendo são descritas em alguns dos capítulos.

O filme aborda a capacidade da pessoa trabalhar o que é o mundo de verdade, o lugar em que ele se encontra, ou o pessoal da própria vida. O protagonista também tem a habilidade de, em algumas cenas, ver o que as pessoas e ele próprio irão fazer no futuro breve, graças a uma bolha quase líquida que sai do peito e indica o caminho a ser seguido. Assim, o filme também trabalha com a ideia de destino e de livre arbítrio.

O anti-herói Donnie, também vivencia situações típicas do cotidiano de um adolescente, contudo, sua disparidade de senso quanto ao "normal", o faz ter percepções frias da realidade, e, por consequência, se rebelar contra ela.

Edição do diretor[editar | editar código-fonte]

Muitas interpretações são possíveis sobre a história do filme. Há quem diga que não passe de alucinações ou um sonho do garoto, ou que o final simplesmente não faça sentido. Porém, na edição do diretor, lançada em 2004, dá pistas sobre uma das possíveis interpretações. O site oficial do filme possui cópias de algumas páginas do livro "Filosofia da Viagem no Tempo" que levam a crer que o filme se passa em um Universo Paralelo, em que Donnie é o "receptor vivo" responsável por levar um "artefato" de volta ao Universo Principal. Do contrário, ambos os universos podem ser destruídos e tudo o que existe neles. De acordo com essa interpretação, todos os demais personagens são "manipulados" de maneira a levar Donnie a cumprir seu dever, tornando impossível que ele não o faça.[3] [4]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • Indicado
Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films
Categoria Melhor Lançamento de DVD Edição Especial
Chlotrudis Awards
Categoria Melhor Diretor Richard Kelly
Categoria Melhor Filme
Independent Spirit Awards
Categoria Melhor Primeira Direção Richard Kelly
Categoria Melhor Primeiro Roteiro Richard Kelly
Categoria Best Male Lead Jake Gyllenhaal
London Critics Circle Film Awards
Categoria Filme do Ano
Online Film Critics Society Awards
Categoria Melhor Diretor Estreante Richard Kelly
Sitges - Catalonian International Film Festival
Categoria Melhor Filme Richard Kelly
Sundance Film Festival
Categoria Melhor Drama Richard Kelly
  • Ganhou
Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films
Categoria Mostra Jovem Cineasta Richard Kelly
Amsterdam Fantastic Film Festival
Categoria Premio Silver Scream Award
Chlotrudis Awards
Categoria Melhor Ator Jake Gyllenhaal
Categoria Melhor Script Original Richard Kelly
Cinénygma - Luxembourg International Film Festival
Categoria Prêmio do Público
Film Critics Circle of Australia Awards
Categoria Melhor Filme Estrangeiro
Gérardmer Film Festival
Categoria Premiere Award
San Diego Film Critics Society Awards
Categoria Melhor Script Original Richard Kelly
Sitges - Catalonian International Film Festival
Categoria Melhor Script Richard Kelly
Sweden Fantastic Film Festival
Categoria Prêmio do Público
Toronto Film Critics Association Awards
Categoria Citação Especial


Donnie Darko
soundtrack de Michael Andrews
Lançamento April 2, 2002
Gravação October–December 2000
Duração 37:21
Gravadora(s) Enjoy/Everloving

Predefinição:Album ratings

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas foram escritas e performadas por Michael Andrews, exceto "Mad World" (escrito por Roland Orzabal (Tears For Fears); performado por Gary Jules e Michael Andrews).

"Carpathian Ridge" – 1:35
"The Tangent Universe" – 1:50
"The Artifact and Living" – 2:30
"Middlesex Times" – 1:41
"Manipulated Living" – 2:08
"Philosophy of Time Travel" – 2:02
"Liquid Spear Waltz" – 1:32
"Gretchen Ross" – 0:51
"Burn It to the Ground" – 1:58
"Slipping Away" – 1:17
"Rosie Darko" – 1:25
"Cellar Door" – 1:03
"Ensurance Trap" – 3:11
"Waltz in the 4th Dimension" – 2:46
"Time Travel" – 3:01
"Did You Know Him?" – 1:46
"Mad World" (regravação da música original de Tears For Fears) – 3:08
"Mad World (Alternate Mix)" (regravação da música original de Tears For Fears) - 3:37

Coincidindo com o relançamento do filme no Reino Unido, foi lançado uma expansão da trilha sonora, em um segundo disco. Essa edição inclui músicas dos anos 1980, amplamente exploradas no filme.


Donnie Darko (Disc 2)
soundtrack de Vários
Lançamento 2004
Gravadora(s) Enjoy/Everloving


"Never Tear Us Apart" by INXS – 3:04
"Head Over Heels" by Tears for Fears – 4:16
"Under the Milky Way" by The Church – 4:58
"Lucid Memory" by Sam Bauer and Gerard Bauer – 0:46
"Lucid Assembly" by Gerard Bauer and Mike Bauer – 0:52
"Ave Maria" by Vladimir Vavilov and Paul Pritchard – 2:57
"For Whom the Bell Tolls" by Steve Baker and Carmen Daye – 3:12
"Show Me (Part 1)" by Quito Colayco and Tony Hertz – 2:05
"Notorious" by Duran Duran – 4:00
"Stay" by Oingo Boingo – 3:38
"Love Will Tear Us Apart" by Joy Division – 3:23
"The Killing Moon" by Echo & the Bunnymen – 5:55

Sequência[editar | editar código-fonte]

A sequência do filme, S. Darko, foi lançada em 2009 e tem a trama centrada na irmã mais nova de Donnie, Samanta (Daveigh Chase). Richard Kelly, diretor de Donnie Darko, afirmou que não possui relação com a sequência do filme, a qual recebeu muitas críticas negativas. [5] [6]

Referências

  1. Cinema em Cena - Donnie Darko
  2. Adoro Cinema.
  3. Dan Kois (23 de julho de 2004). Everything you were afraid to ask about “Donnie Darko” (em inglês) Salon.com. Visitado em 6 de fevereiro de 2015.
  4. Donnie Darko: The Director's Cut (2004) (em inglês) Rotten Tomatoes.
  5. Arcade Fire Open Box Richard Kelly on film score and Darko sequel IGN. Visitado em 26 de novembro de 2013. (em inglês)
  6. S. Darko no Rotten Tomatoes. Visitado em 26 de novembro de 2013. (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.