Estrato geológico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estratos rochosos em Salta (Argentina)

Na geologia, os estratos geológicos, camadas de rochas, leitos, níveis estratigráficos ou estratos rochosos compõem conjuntos diferenciados de rochas sedimentares com características físicas e com registos fósseis distintos de outras camadas que as podem preceder ou suceder. As camadas sucessivas de rochas podem contar a história geológica do local estudado. O seu conteúdo de fósseis pode indicar a idade da camada e até mesmo o tipo de ambiente que originou aquela rocha.[1] [2]

Estas camadas podem ter espessuras variáveis: desde estratos menores que um centímetro até camadas com vários metros de profundidade. Não ocorrendo falhas ou dobras na rocha, a camada mais antiga será aquela que está mais abaixo, e a mais recente a que está por cima. relacionado com este tema estão os princípios da horizontalidade dos estratos e sobreposição dos estratos, ambos concluídos por Nicolau Steno.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Maurice E. Tucker, Sedimentary Rocks in the Field: A Practical Guide, John Wiley and Sons, 2011 ISBN 0-470-97368-4 (em inglês)
  2. Dorrik A.V. Stow, Sedimentary Rocks in the Field: A Colour Guide, CRC Press, 2005 ISBN 1-840-76642-5 (em inglês)
  3. Juan Antonio Vera Torres, Estratigrafia: Principios Y Metodos, RUEDA ISBN 9788472070745 (em espanhol)


Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.