Eutímio Zigabeno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eutímio Zigabeno (em latim: Euthymius Zigabenus; em grego: Εὐθύμιος Ζιγαβηνός ou Ζιγαδηνός; † após 1118), também Zigadenus ou Zygadenus, foi um monge e comentarista bíblico do século XII.

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Ele era amigo do imperador bizantino Aleixo I Comneno, para quem ele escreveu uma extensa obra sobre heresias, a Panoplia Dogmatica ou Panóplia. O texto inicia na Era Apostólica e continua até os bogomilos, alguns dos quais ele examinou pessoalmente. A entrada sobre eles na Panóplia é até hoje a principal fonte de informação contemporânea sobre eles que chegou até nossos dias. Nada mais se sabe sobre a sua vida[1] .

Ele seguia à regra de São Basílio e vivia no Mosteiro da Virgem Maria perto de Constantinopla. Ele tinha as graças tanto do imperador quanto de sua filha, Ana Comnena, elogiou a sua erudição e sua piedade em sua "A Alexíada"[2] .

Ele também escreveu comentários sobre os Salmos, um dos quatro Evangelhos e uma das epístolas paulinas, baseando-se principalmente em fontes patrísticas.

Obras espúrias em seu nome incluem "A Exposição do Credo Niceno-Constantinopolitano" e "Diálogo com um muçulmano".

A Perícopa da Adúltera em João[editar | editar código-fonte]

Bruce Metzger argumentou que "Nenhum padre grego antes de Eutímio Zigabeno (século XII) comentou sobre a esta passagem e Eutímio declarou que as cópias mais acuradas dos Evangelhos não a continham".[3] . Mas esta afirmação é algo incorreta, uma vez que Dídimo, o Cego, a discute (ainda que não na versão de João) e Jerônimo, entre outros, faz menção a ela.

Diz Zigabeno:

Mas é necessário saber que estas coisas que se encontram daqui até onde se diz: Assim Jesus novamente falou destas coisas dizendo, Eu sou a luz do mundo". Nas cópias mais exatas, elas não existem ou estão marcadas como obelus por parecerem ilegítimas ou interpolações. E um argumento em defesa disso é que Crisóstomo não menciona-a em lugar algum. Mas para nós, precisamos também declarar que, por não ser desprovido de utilidade, é o capítulo sobre a mulher pega em adultério que está neste trecho.
 
Eutímio Zigabeno[4] ..

Publicações[editar | editar código-fonte]

Eutímio Zigabeno foi publicado por J.P. Migne em sua Patrologia Graeca, nos volumes CXXVIII e CXXIX.

Referências

  1. LIVINGSTONE, E. A.. The Concise Oxford Dictionary of the Christian Church: Euthymius Zigabenus (em inglês). [S.l.]: Encyclopedia.com, 2000. Página visitada em 04/09/2011.
  2. A Alexíada XV. 490, Migne, Patrologia Graeca CXXXI. col. 1176.
  3. Metzger, Bruce. In: Daniel B. Wallace. A Textual Commentary on the Greek New Testament (em inglês). Stuttgart: [s.n.], 1971. 219-221 pp. Página visitada em 04/09/2011.
  4. Patrologia Graeca CXXIX, col. 1280 C-D, disponível em Roger Pearse (2009). Euthymius Zigabenus and the Pericope Adulterae (em inglês). Página visitada em 04/09/2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]