Faisal II do Iraque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Faisal II
فيصل الثاني
Rei do Iraque
Reinado 4 de abril de 1939 - 19 de julho de 1958
Coroação 2 de junho de 1953
Predecessor Ghazi I
Sucessor Monarquia abolida
Regente Príncipe Abd al-Ellah
Nome completo
Faisal bin Ghazi bin Faisal bin Hussein bin Ali
Casa real Hachemitas
Pai Ghazi I
Mãe Aliya bint Ali
Nascimento 02 de Maio de 1935 (78 anos)
Bagdá, Reino do Iraque
Morte 14 de julho de 1958 (23 anos)
Bagdá, Federação Árabe
Enterro Mausoléu real, Adhamiyah
Religião Sunismo
Faisal II em um selo iraquiano

Faiçal II ou Faissal II (2 de Maio de 193514 de Julho de 1958) foi o último rei do Iraque, que governou entre 4 de Abril de 1939 até 1958.

Foi o filho do segundo rei do Iraque, Ghazi, que morreu numa acidente de automóvel quando Faisal tinha três anos de idade. Durante a maior parte do seu reinado o seu tio Abdul Illah foi quem governou como regente (até 1953, com a maioridade de Faisal).

Na juventude, Faisal frequentou Harrow School no Reino Unido, juntamente com o seu primo o rei Hussein da Jordânia. Os dois jovens eram amigos e segundo se diz planejaram mesmo unir os seus dois reinos para contrariar aquilo que eles consideravam ser a ameaça do nacionalismo pan-Árabe.

Após a vizinha Síria se ter juntado ao Egipto de Nasser na República Árabe Unida, os dois reinados uniram-se em Fevereiro de 1958. Faisal, como o membro mais velho da família Hachemita, tornou-se o líder da nova Federação Árabe do Iraque e Jordânia.

O plano fracassou, com Hussein requerendo a assistência militar iraquiana e com o exército iraquiano, sob o comando de Qasim e Salim Arif marchando sobre Bagdade para proclamar a república. Apesar de lhe ter sido prometida a saída para o exílio, o exército executou o jovem rei e seus familiares que o acompanhavam.


Precedido por
Ghazi
Rei do Iraque
1939-1958
Sucedido por
Zeid
Ícone de esboço Este artigo sobre o Iraque é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.