Monarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Um monarca exerce a posição de chefe de estado e chefe de governo de uma entidade política nacional ou somente de chefe de estado de uma entidade política nacional, concedida ao indivíduo que a ocupa normalmente em caráter vitalício e/ou hereditário. É cargo definidor e necessário da monarquia.

A palavra "monarca" deriva do grego monos archon, significando "governante único".

Possíveis definições do termo[editar | editar código-fonte]

Considerar um governante ou chefe de estado como um monarca é, parcialmente, questão de tradição. Há, no entanto, algumas características comuns, ainda que não universais, distinguindo as monarquias:

  • A maioria dos monarcas detêm seu cargo em caráter vitalício, enquanto a maioria dos outros governantes não o fazem. Um monarca pode deixar sua posição por meio de abdicação, sendo raro e, normalmente, dramático.
    • Exceções: o Yang di-Pertuan Agong (rei) da Malásia é considerado um monarca, apesar de deter a posição por apenas 5 anos de cada vez. Por outro lado, a maioria dos ditadores, embora detenham o cargo vitaliciamente, não são considerados monarcas.
O Henrique VIII de Inglaterra (Hans Holbein, 1536), um dos monarcas mais polêmicos de toda a história.
  • A maioria dos monarcas são nascidos de uma família dinástica, onde aprendem como desempenhar seus futuros "deveres" e são, formal ou informalmente, sucedidos após sua morte ou abdicação por membros da mesma família, normalmente o filho mais velho. Como resultado, as monarquias mais estáveis têm uma longa história de governo por uma mesma família.
    • Exceções: de novo a Malaísia, assim como a cidade do Vaticano. Além disso, a prática não é incomum em sistemas que não são considerados monarquias, como a ditadura comunista da Coreia do Norte.
  • Muitos monarcas detêm títulos que são tradicionais entre monarquias (ver abaixo). Embora esta seja uma característica bastante arbitrária, acaba sendo a melhor distinção entre monarcas e não-monarcas.
  • É o chefe de Estado, e, por vezes, também chefe de governo, de uma nação monarquista, com a variante de regime absolutista ou constitucional, o seu poder é hereditário, herdado pelo primogênito(a), podendo representar na hierarquia o poder Deus perante os seus súditos, que lhe devem prestar total vassalagem. Este conceito de associar ao monarca à divindade era uma característica da Idade Média e da Antiguidade, à qual ainda perdura em alguns países do Oriente. Na monarquia o monarca é o soberano(a). Em muitos países, o seu filho varão primogénito é seu sucessor(a) natural, variando as regras quanto à sucessão monárquica.

Tipos de Monarquia[editar | editar código-fonte]

Monarquia é uma forma de governo onde há a presença de um monarca. Pode ser absoluta ou constitucional, eletiva ou hereditária.

Sucessão[editar | editar código-fonte]

A sucessão, na maioria das monarquias, acontece quando o monarca que está no poder morre ou abdica do trono assumindo o poder o primeiro na ordem de sucessão ao trono. Há exceções como é o caso do Vaticano em que o governante é eleito pelos cardeais.

Títulos comuns a monarcas[editar | editar código-fonte]

Classificação da Nobreza
Royal Crown of Portugal.svg
Imperador & Imperatriz
Rei & Rainha
Príncipe & Princesa
Infante & Infanta
Grão-duque & Grã-duquesa
Arquiduque & Arquiduquesa
Duque & Duquesa
Marquês & Marquesa
Conde & Condessa
Visconde & Viscondessa
Barão & Baronesa
Senhor & Senhora
Baronete & Baronetesa
Cavaleiro & Dama
Escudeiro & Escudeira
Para ver todos os títulos clique aqui
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Rei