François Baby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

François Baby (Detroit, 16 de dezembro de 1768 - Windsor, 27 de agosto de 1852) foi um político, juiz e empresário canadense.[1]

Irmão de James Baby, nasceu na cidade de Detroit e por influência de James, em 1792, foi eleito para a Assembléia Legislativa do Canadá Superior (Legislative Assembly of Upper Canada) e em 1796 foi nomeado juiz de paz no condado de Kent.

François participou ativamente da guerra anglo-americana de 1812 como oficial de milícia e intendente-geral assistente. Em 31 de janeiro de 1814 foi capturado e enviado para os Estados Unidos e pelo fato de ter nascido em território americano e ter pego em armas contra esta nação, seu caso foi levado ao presidente James Madison para decidir sobre um possível processo judicial, mas o presidente optou pela condição de prisioneiro de guerra e assim foi anistiado e libertado ao fim do conflito.

Em 1812 (meses antes da guerra anglo-americana), iniciou a construção de sua residência na cidade de Sandwich (atual Windsor) e em meio as obras, sua futura casa serviu de base americana na invasão da cidade. Após a reocupação da cidade pelo exército britânico, finalizou a construção desta casa e atualmente o imóvel é um museu de história local: a François Baby House[2] .

Em 1820 foi eleito, novamente, para a Assembleia Legislativa do Canadá Superior e foi um árduo defensor por manter a divisão do país em Canadá Inferior e Superior (ou baixo e alto Canadá). Novamente eleito em 1828, abandonou a política em 1830.

Proprietário de terras e empresário, operou, na década de 1840 uma empresa de balsas no Rio Detroit, entre outros empreendimentos.

Referências

  1. BABY, FRANÇOIS Dictionary of Canadian Biography Online. Visitado em 22 de novembro de 2012.
  2. The François Baby Residence:How it became Windsor's Community Museum The Walkerville times. Visitado em 21 de novembro de 2012.