Guaxupé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Guaxupé
"Caminho das Abelhas"
Bandeira desconhecida
Brasão de Guaxupé
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 1 de junho de 1912
Gentílico guaxupeano
Prefeito(a) Jarbas Correa Filho (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Guaxupé
Localização de Guaxupé em Minas Gerais
Guaxupé está localizado em: Brasil
Guaxupé
Localização de Guaxupé no Brasil
21° 18' 18" S 46° 42' 46" O21° 18' 18" S 46° 42' 46" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008 [1]
Microrregião São Sebastião do Paraíso IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Pratinha e São Pedro da União(N), Juruaia e Muzambinho(L), Tapiratiba(S) e Guaranésia(O).
Distância até a capital 478 km
Características geográficas
Área 285,913 km² [2]
População 51 488 hab. Est. IBGE/2013[3]
Densidade 180,08 hab./km²
Altitude 760 m
Clima tropical de altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,796 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 1 161 272,982 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 23 455,80 IBGE/2008[5]
Página oficial

Guaxupé é um município da Microrregião de São Sebastião do Paraíso, no estado de Minas Gerais, no Brasil. Possui uma altitude de 825 metros. Sua população em 2013 era de 51 488 habitantes.[3] A área é de 286,4 km² e a densidade demográfica de 180,08 habitantes por quilômetro quadrado.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Não há um consenso sobre o significado do termo "guaxupé". Comumente, considera-se que o termo é de origem indígena, significando "caminho das abelhas"[6] . Outra etimologia possível é "caminho de guaxe", através da junção dos termos tupis waxi ("guaxe")[7] e ("caminho")[8] . "Guaxupé" (do tupi gwa + xu pé) também é o nome de um tipo de abelha selvagem sem ferrão[9] .

Economia[editar | editar código-fonte]

Estrutura econômica
Número de Agências Bancárias 7
Operações de crédito R$ 164.684.503,39
Depósitos à vista - governo R$ 1.290.822,01
Depósitos à vista - privado R$ 17.341.355,73
Poupança R$ 57.217.810,54
Depósito a prazo R$ 56.632.505,67
Fonte: Banco Central - Registros administrativos - 2006
Índice de Desenvolvimento Humano - Municipal
1991 2000
IDHM 0,739 0,796
IDHM-Renda 0,683 0,725
IDHM-Longevidade 0,758 0,811
IDHM-Educação 0,775 0,852
Fonte: PNUD, 2000.[10]

Agropecuária[editar | editar código-fonte]

A economia de Guaxupé é baseada na atividade agrícola. A cidade possui mais de 200 propriedades rurais[carece de fontes?], sendo que o café é o principal produto de cultivo, ocupando cerca de 6500 hectares para sua produção (Federação da Agricultura de Minas Gerais, 2004).

A produção do café foi e é tão importante que, como conseqüência, Guaxupé conta com uma imensa Cooperativa de Cafeicultores (Cooxupé). Além da Cooxupé, podemos destacar a Exportadora de Café Guaxupé , que exporta o produto para vários países.

As familia Magalhães Gomes, Nasser, Gamero, Gonçalves, Ribeiro do Vale, Costa Monteiro, entre outras, disponibilizaram capital para iniciar a cooperativa.[carece de fontes?]

Guaxupé possui criação de gado bovino leiteiro, além de rebanhos suínos, equinos e galináceos.

No município existe além do café, a produção de cana-de-açúcar, laranja, milho e soja

Indústria[editar | editar código-fonte]

Guaxupé conta com quatro industrias de grande porte: KDB Fiação Ltda.(antiga Kanebo do Brasil); PEMG ;TECTER (eletro-magnéticos); Pasqua J.F. e Qualifio (industrias de fios de cobre). Encontram-se instaladas também cerca de mais de 150 pequenas indústrias que atendem a vários setores, tais como: laticínios, doces, serralheria, pré-moldados de cimento, calçados (este lidera o setor, com cerca de 80 estabelecimentos), munição, fios cirúrgicos, confecções, artesanatos diversos, cerâmica, móveis, torrefação de café etc. A Viação Nasser, da familia de politicos Nasser, também é um exemplo de empresa guaxupeana. Na área vestuária a cidade conta com uma ampla fabricas de lingeries, com um polo da moda que comercializa o produto para todo o país e para o exterior.

Comércio[editar | editar código-fonte]

O comércio é bastante ativo, devido a atração que exerce sobre as cidades vizinhas, o que lhe dá o "status" de cidade centro local. A atividade comercial é exercida por mais de 2.400 estabelecimentos comerciais, de todos os portes, os quais atendem a todos os setores da vida humana. Fundada por Jamil Nasser, politico e amigo de Tancredo Neves, e por outros homens importantes da cidade, a ACIG - Associação Comércio e Indústria de Guaxupé - ajudou Guaxupé a ser uma das maiores economias do sul mineiro.

Renda e distribuição de renda[editar | editar código-fonte]

  • Renda per capita: R$
  • Produto Interno Bruto em 2004: R$ 310.219.000
Fonte: IBGE

Saúde[editar | editar código-fonte]

  • Taxa de mortalidade infantil: xxx em 1000 nascimentos (2000)
  • Estabelecimentos de Saúde público: 11
  • Estabelecimentos de Saúde privado: 12 (2 sem fins lucrativos)
  • Leitos hospitalares: 100
  • Postos de Saúde:
  • Médicos residentes (por mil habitantes):1,26 Fonte: IPEA, IPEAdata,2000.[11]
  • Enfermeiros residentes: 34,63 Fonte: IPEA, IPEAdata,2000.[11]

Fonte: IBGE - Assistência Médica Sanitária 2005

Religião[editar | editar código-fonte]

  • População por religião
 % População por Religião
Católicos 81,87 %
Evangélicos 11,87 %
Testemunhas de Jeová 0,58 %
Espíritas 1,76 %
Sem religião 3,56 %
Outras 0,36 %

Fonte: IBGE, 2000 (dados obtidos por meio de pesquisa de autodeclaração).[12]

As religiões protestantes estão em franco crescimento, ao lado de minorias como espíritas e ateus.

A cidade é sede da Diocese de Guaxupé e possui um templo católico de destaque arquitetônico Catedral de Guaxupé. A padroeira católico-romana da cidade é Nossa Senhora das Dores, cujo dia é comemorado como feriado municipal, 15 de Setembro.

  • Congregação Cristã no Brasil

Sede regional em Poços de Caldas

Meios de Comunicação[editar | editar código-fonte]

Emissoras de rádio e televisão[editar | editar código-fonte]

Rádio AM Frequência Programação
Rádio Clube de Guaxupé 1430 kHz Variada
Rádio FM Frequência Programação
Rádio Cidade Guaxupé FM 105,5 mHz Comercial Variada
Rádio Comunitária 87 mHz Comunitária
TV Canal Programação
Tv Sul Educativa 04 VHF Educativa
TV Novo Tempo - Sistema Adventista de Comunicação 54 UHF Educativa

Jornais[editar | editar código-fonte]

Nome Frequência da publicação Tiragem - Jornal JOGO SÉRIO Diário Correio do Sudoeste Semanal
Folha do Povo Semanal
Jornal da Região Semanal
Revista Mídia Mensal
Revista Expressão Livre Mensal

Esporte e lazer[editar | editar código-fonte]

  • Estádio

Possui um estádio de futebol (Estádio Carlos Costa Monteiro) com capacidade para seis mil pessoas. Foi inaugurado em 1958. É atualmente o estádio da Sociedade Esportiva Guaxupé.[13]

  • Ginásio
  • Campus olimpico

Bairros[editar | editar código-fonte]

Jardim Agenor de Lima, Colméia I e II, Condomínio Residencial Alto da Colina, Residencial Colina, Jardim Nova Guaxupé, Jardim Orminda I e II, Bairro São Pedro (Catetos), Jardim Planalto, Jardim Três Rosas, Parque das Orquídeas, Nova Orquídea, Bairro Nossa Senhora das Dores, Recreio dos Bandeirantes, Jardim São Vicente, Vila Isabel, Vila Campanha, Vila Coragem, Vila Rica, Jardim Novo Horizonte, Vila Carloni, Jardim Recreio, Jardim Vitória I e II, Jardim Rosana, Bairro Rancho Alegre, Parque dos Municípios I e II, Vila Progresso, Vila Santa Bárbara, Jardim Regulador, Jardim Guaxupé, Parque dos Imigrantes, Vila Santo Antônio, Parque das Rosas, Jardim dos Ipês, Morada do Sol, Vila Conceição, Jardim América I e II, Jardim Europa I e II, Bairro Santa Cruz, Vila São Domingos, Bairro São Judas Tadeu, Bairro Bebedouro, Vila Mesiara, Jardim Piscina, Jardim Itália, Jardim Lepiane, Parque da Figueira, Bellavilla, Vila Magalhães, Jardim Aviação, Jardim Dom Hermínio, Vila Aviação, Vila Prado, Jardim Primavera, Jardim Recanto dos Pássaros, Portal dos Nobres, Residencial Chico Zerbini, Residencial Nova Floresta I e II, Chácaras Flor do Estado, Chácaras Mirante, Chácaras Bom Jardim, Chácaras Recreio Campestre, Polo Industrial de Guaxupé, Distrito Industrial Luiz Celani Primo, Jardim Ouro Verde, Bairro Bela Vista, Residencial Aroeira I, II e III, Parque do Lago.

Lista de prefeitos[editar | editar código-fonte]

Question book.svg
Esta seção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Prefeito Partido Vice-prefeito Partido Mandato
Antônio Felipe Zeitune PMDB Luiz Antônio Leite Ribeiro Filho PMDB 1989-1992
Luis Antônio Leite Ribeiro Filho PMDB Juarez dos Santos PMDB 1993-1996
Heber Hamilton Quintella PSDB Abrão Calil Filho PL 1997-2000
Heber Hamilton Quintella PSDB Abrão Calil Filho PL 2001-2004
Abrão Calil Filho PL Felippe Nery Monteiro da Silva PL 2005-2008
Roberto Luciano Vieira PT Márcia Zampar Jorge PV 2009-2013
Jarbas Correia Filho (Jarbinhas) PSDB Heber Hamilton Quintella PSDB 2013-2017

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2013 (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (4 de outubro de 2013). Página visitada em 27 de janeiro de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://www.guaxupe.mg.gov.br/a_cidade/historia/historia.html
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.875
  8. http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
  9. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.876
  10. PNUD. Tabelas de ranking do IDH-M. Página visitada em 08 de dezembro de 2007.
  11. a b IPEA. IPEAdata. Página visitada em 08 de dezembro de 2007.
  12. IBGE. Censo Demográfico 2000. Página visitada em 08 de dezembro de 2007.
  13. World Stadiums.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]