Guerra Greco-Turca (1897)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guerra Greco-Turca (1897)
Velestino1897.jpg
Pintura da Batalha de Velestino
Data 3 de Fevereiro de 1897 - 4 de Dezembro de 1897
Local Grécia Continental, principalmente Épiro, Tessália e Creta
Desfecho Decisiva[1] vitória militar otomana
vitória diplomática grega [2] [3] ( Tratado de Constantinopla)
Combatentes
 Império Otomano Grécia Reino da Grécia
Principais líderes
Ahmed Hifzi Pasha
Edhem Pasha
Príncipe herdeiro Constantino
Konstantinos Sapountzakis
A "Batalha de Domokos" em 1897 durante a Guerra Greco-Turca por Fausto Zonaro.

A Guerra Greco-Turca de 1897, também chamada de Guerra dos Trinta Dias, foi uma guerra travada entre o Reino da Grécia e do Império Otomano. A causa imediata foi a questão sobre o estatuto da província otomana de Creta, cuja maioria grega desejava a união com a Grécia , provocando a Revolta de Creta de 1897-1898. Como resultado da intervenção das grandes potências, depois da guerra, um Estado autónomo cretense sob suserania otomana foi criado no ano seguinte (Estado de Creta), com o príncipe Jorge da Grécia como o primeiro Alto Comissário. Este foi o primeiro esforço de guerra em que o pessoal militar e político da Grécia foi colocado à prova, depois da guerra de independência em 1821.

A guerra tem sua origem na política externa helenista baseada na Megáli idea: a anexação dos territórios tradicionalmente considerados gregos, a Enosis, que estavam principalmente nas mãos dos turcos.

Referências

  1. Gyula Andrássy, Bismarck, Andrássy, and Their Successors, Houghton Mifflin, 1927, p. 273.
  2. Mehmed'in kanı ile kazandığını, değişmez kaderimiz !-barış masasında yine kaybetmiştik..., Cemal Kutay, Etniki Eterya'dan Günümüze Ege'nin Türk Kalma Savaşı, Boğaziçi Yayınları, 1980, p. 141. (em turco)
  3. Yunanistan'ın savaş meydanındaki yanilgisi ise Büyük Devlet sayesinde barış masasında zafere dönüşmüş, ilk defa Lozan müzakerelerinde aksi yaşanacak olan, Yunanistan'ın mağlubiyetlerle gelişme ve büyümesi bu savaş sonunda bir kez daha görülmüştür., M. Metin Hülagü, "1897 Osmanlı-Yunan Savaşı'nın Sosyal Siyasal ve Kültürel Sonuçları", in Güler Eren, Kemal Çiçek, Halil İnalcık, Cem Oğuz (ed.), Osmanlı, Cilt 2, Yeni Türkiye Yayınları, 1999, ISBN 975-6782-05-6, pp. 315-316. (em turco)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ekinci, Mehmet Uğur. The Unwanted War: The Diplomatic Background of the Ottoman-Greek War of 1897. Saarbrücken: VDM, 2009. ISBN 978-3-639-15456-6.