Gustavo Rojas Pinilla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gustavo Rojas Pinilla
Gustavo Rojas Pinilla
Presidente da  Colômbia
Mandato 13 de junho de 1953 - 10 de maio de 1957
Antecessor(a) Roberto Urdaneta Arbeláez
Sucessor(a) Gabriel París Gordillo
Vida
Nascimento 12 de março de 1900
Santiago de Tunja, Boyacá, Colômbia
Morte 17 de janeiro de 1975
Melgar, Tolima, Colômbia
Dados pessoais
Primeira-dama Carola Correa Londoño
Partido Alianza Nacional Popular - ANAPO
Profissão militar, engenheiro civil, político

Gustavo Rojas Pinilla (Tunja, Boyacá, 12 de março de 1900Melgar, Tolima, 17 de Janeiro de 1975) foi um militar, engenheiro civil e político colombiano. Assumiu a presidência da República mediante um golpe de estado, e governou de 13 de junho de 1953 até 10 de maio de 1957.

Seu mandato caracterizou-se pela realização de grandes obras de infra-estrutura, o início de processo de despolitização da Polícia, a implantação da televisão no país e o final da primeira etapa da época conhecida como La Violencia, ao chegar a uma trégua com as guerrilhas liberais e estabelecendo um governo apoiado pelo Exército e vários outros membros da sociedade colombiana. Durante seu mandato reconheceu-se em 1954 o direito ao voto às mulheres.

Em sua homenagem o aeroporto da ilha de San Andrés (Colómbia) passou a ter o seu nome.


Precedido por
Roberto Urdaneta Arbeláez
Presidente da República da Colômbia
19531957
Sucedido por
Gabriel París Gordillo
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.