Henry Fok

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henry Fok Ying-Tung
Henry Fok.jpg
Nome completo 霍英東
Nascimento 10 de Maio de 1923
Hong Kong
Morte 28 de Outubro de 2006 (83 anos)
Pequim, China
Progenitores Mãe: Lau Sam-yuen
Pai: Fok Yiu-yung
Cônjuge Lui Yin-nei
Fung Kin-nei
Lam Sue-tun
Filho(s) Timothy Fok Tsun-ting
Fok Tsun-wan
Fok Tsun-yu
Fok Man-fong
Fok Man-bun
Fok Man-sun
Fok Hin-yeung
Fok Hin-suen
Fok Hin-kwong
Fok Hin-kung
Fok Lai-ping
Fok Lai-na
Fok Lai-lai
Ocupação empresário
Cargo vice-presidente do Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês

Henry Fok Ying-Tung (霍英東 em chinês tradicional; Huò Yīngdōng em pinyin) (Hong Kong, 21 de novembro de 1922 - Pequim, 28 de outubro de 2006), anteriormente chamado de Fok Koon Tai (霍官泰) foi um empresário e magnata de Hong Kong, na República Popular da China. Ele tinha raízes ancestrais em Nansha, Panyu, que posteriormente fora incorporada à Guangzhou, em Guangdong. Foi em três ocasiões vice-presidente do Comitê Nacional da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CPPCC), órgão assessor do Congresso Nacional Popular, e presidente da Câmara Geral do Comércio da China, em Hong Kong.

Henry Fok foi também presidente da Associação de Futebol de Hong Kong, da Real Estate Developers Association of Hong Kong, da Henry Fok Estates Ltd e da Yau Wing Co. de Hong Kong.

Órfão de pai (falecido em um acidente de barco quando Fok tinha apenas sete anos), conseguiu entrar no Queen's College, em Hong Kong, mas não foi capaz de terminar seus estudos devido à invasão japonesa em 1937. Ele trabalhou durante esse tempo tentando ajudar sua família.

Após a guerra, ele se tornou um empresário bem sucedido. As áreas de atuação de suas empresas incluíam restaurantes, imobiliárias, casinos e petróleo. Durante a Guerra da Coréia, fez sua primeira fortuna colaborando com fornecimento de armas (contrabando) para a Coréia do Norte, na década de 1950, contornando um embargo de armas da Organização das Nações Unidas.[1]

Em 1961/1962, Henry Fok fundou a Sociedade de Turismo e Diversões de Macau, juntamente com Stanley Ho, Ip Hon (ou Yip Hon) e Terry Ip Tak Lei. De 1962 a 2001, esta companhia foi detentor do monopólio do sector do jogo em Macau, incluindo os seus lucrativos casinos.

Em 1993, antes de que Honk Kong fosse reintegrada à República Popular da China, foi nomeado pela governo chinês vice-presidente da CPPCC. Posteriormente, Fok negou vigorosamente que praticava o tráfico de armas, mas admitiu ter violado sanções por contrabando de aço e borracha, bem como outros itens [2]

Seus negócios e vínculos com o governo do país e com o Partido Comunista da China fizeram com que ganhasse o apelido de "O Padrinho". Em 2006, a revista Forbes o colocou na 181ª posição na lista dos homens mais ricos do mundo, com mais 3,7 bilhões de dólares.

Referências

  1. Cheng, Jonathan (30 de outubro de 2006). A life that reflected change. The Standard. Acessado em 1 de novembro de 2006.
  2. $800m to Support Strategic Plan and China Initiatives. Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong (27 de julho de 2005). Acessado em 1 de novembro de 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]