Hermione Granger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde março de 2010)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Hermione Jean Granger Weasley
Hermione Granger
Hermione Granger.jpg
Hermione Granger, Interpretada por Emma Watson
Dados pessoais
Sexo Feminino
Nascimento 19 de setembro de 1979
Cabelo Castanho e cacheado
Olhos Castanhos
Sangue Nascido trouxa
Família Pai: Sr. Granger
Mãe: Sra. Granger
Irmãos: Não possui
Marido: Ronald Weasley
Filhos: Hugo e Rosa Weasley
Dados biográficos
Casa Blason Gryffondor.svg Gryffindor
Organizações as
quais pertence
Armada de Dumbledore
F.A.L.E./B.A.B.E.
Ordem da Fênix
Clube do Slugue
Na série
Primeira aparição
em livro
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Primeira aparição
em filme
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Intérprete Emma Watson
Personagem da série Harry Potter

Hermione Jean Weasley (Hermione Granger; quando solteira) é uma personagem fictícia e uma dos protagonistas dos livros da série Harry Potter, escrita por J. K. Rowling. Após ser salva de um trasgo montanhês por Harry Potter e Rony Weasley, os três tornam-se melhores amigos. Caracteriza-se por ser muito inteligente e curiosa. Também chamada pelos amigos de Mione. A personagem foi dublada por Luisa Palomanes (no Brasil) e Mafalda Luís de Castro (em Portugal).

Características da personagem[editar | editar código-fonte]

Nasceu no dia 19 de setembro de 1979. Os seus pais são trouxas (pessoas sem poderes mágicos, no jargão da série) e ambos são dentistas. Duas grandes características físicas de Hermione são seus cabelos castanhos (descritos como longa juba) e os dentes da frente maiores que o normal (coisa que ela conserta no 4° livro da série). Hermione é muito estudiosa: o seu conhecimento já salvou muitas vezes Harry e Rony.

Hermione foi escolhida para casa Grifinória, embora ela mesma revelou no 5° livro da saga(Harry Potter e a ordem da fênix) após ser questionada por um aluno da Corvinal o motivo de ela mesmo sendo tão inteligente não ter sido selecionada para Corvinal, que o chapéu seletor havia considerado essa hipótese as por fim decidiu deixa-la na Grifinória(indicando com isso que embora ela seja muito inteligente a coragem dela supera a inteligência).

Hermione é a melhor aluna do seu ano e acredita que tudo o que é necessário saber está nos livros. A maioria dos professores a considera uma estudante modelo, sendo Severo Snape a exceção, por considerá-la uma "irritante sabe-tudo". Parece sempre estar um passo à frente de Harry e Rony, que não gostavam de Hermione no começo do primeiro ano, pois a achavam muito arrogante, tudo porque Hermione não gostava muito da atitude ousada dos rapazes de saírem à noite dos dormitórios para explorar a escola. Porém, certa noite ela foi a um desses "passeios" e quase morreu porque eles entraram na sala onde estava "Fofo", o Cerberus de Hagrid (guarda-caça de Hogwarts) que guardava o 3º andar. No dia seguinte a esse acontecimento, corrige Rony durante uma aula de feitiços e ele a ofende, o que a leva a não falar mais com Harry e Rony e a se trancar no banheiro das meninas para chorar. No entanto, um trasgo montanhês é solto na escola e vai parar no banheiro das meninas. Harry e Rony correm para lá quando descobrem e conseguem tirá-la de lá. Quando os professores chegam, Harry e Rony estão prontos para tomar uma detenção, mas para surpresa de todos Hermione assume toda a culpa para protegê-los. Depois disso os três viram amigos inseparáveis. Nasceu aí a amizade mais importante e central da série, em que cada um é capaz de tudo para ver o bem dos outros dois.

Hermione é bastante exigente com ela mesma, e por vezes com os outros, o que faz com que muitos alunos a considerem mandona e exibicionista. Também é vítima da discriminação de Draco Malfoy, que está sempre a gozá-la e a chamar-lhe de "Sangue-ruim", mas ela sempre é defendida pelos seus dois amigos, embora Rony demonstre muita mais raiva quando debocham dela. Chegou a ser petrificada pelo Basilisco ao investigar sobre os acontecimentos em Câmara Secreta mas conseguiu se salvar usando apenas um espelho de mão.Também era considerada uma das alunas mais brilhantes da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Em "Harry Potter e o Cálice de Fogo", tem seu primeiro relacionamento com Vítor Krum, quando vai ao Baile de Inverno com ele, e começa a ter conversinhas com o rapaz, o que deixa Rony Weasley furioso, e em "Harry Potter e o Enigma do Príncipe", Gina Weasley ao brigar com Rony, acaba falando que Hermione havia beijado Vítor Krum. Também em "O Enigma do Príncipe", cria um namoro falso com Córmaco McLaggen (quem estava atraído por ela), para deixar Rony com ciúmes (pois Hermione já estava apaixonada por Rony Weasley, e ele também), pois ele havia começado namoro com Lilá Brown, colega de Harry Potter, Rony e Hermione da Grifinória. Logo no final da série Hermione tem um relacionamento com Rony Weasley, o garoto que com quem tanto brigava. Eles se casam e tem dois filhos: Rose e Hugo, os dois foram para a casa da Grifinória.

Além de tal casamento, Hermione teve uma relação extra-conjugar com Draco Malfoy, que resultou no nascimento de Letícia Malfoy. Os dois concordaram em mandá-la para o Brasil, para viver com trouxas e esconde-lá de perigos futuros. A menina, então, se tornou Letícia Fekete, que, quando em maior idade, descobriria seu passado e seria recebida em Hogwarts, na Sonserina.

Desenvolvimento nos livros[editar | editar código-fonte]

Emma Watson, intérprete de Hermione Granger na série.

O seu interesse pelos estudos, inclusive, fez com que chegasse a assistir várias aulas ao mesmo tempo, durante o terceiro ano, precisando para isso usar um Vira-Tempo dado pela professora McGonagall (com autorização do Ministério da Magia, é claro) no início do ano escolar. Este objeto ajuda Hermione a voltar no tempo, e ela e Harry salvam a vida de Bicuço e Sirius Black. No mesmo ano, desiste das suas aulas de adivinhação por achá-las uma total perda de tempo.

No quarto livro, Hermione é alvo do afeto de Vítor Krum, um estudante da escola Durmstrang e um famoso jogador de Quadribol, do time búlgaro que veio para Hogwarts para participar do Torneio Tribruxo. Eles ficam se correspondendo até o ano seguinte. Rony, porém, sente ciúmes no baile, pois Hermione vai acompanhada por Vítor, mas ela também demonstra gostar mesmo é de Rony, pois sente ciúmes dele ficar babando pela outra participante do Torneio, Fleur Delacour. Neste baile, Harry chega a não reconhecê-la logo, pois ela está visivelmente mais bonita, os cabelos ficaram lisos e brilhantes em um nó na nuca e usa um vestido azul (no filme é rosa). Neste mesmo ano é vítima de Rita Skeeter, uma jornalista do Profeta Diário, que cria o suposto triângulo Harry-Hermione-Krum, e a acusa de utilizar uma poção do amor para conquistar os dois rapazes. Infelizmente Hermione acaba recebendo cartas ofensivas e berradores, o que faz com que fique com enormes bolhas nas mãos. A sua consciência altruísta faz com que crie um grupo intitulado F.A.L.E. (Fundação de Apoio a Liberdade dos Elfos), mesmo que os principais interessados - os elfos - não a apoiem pois é de sua natureza gostar do trabalho escravo mesmo que demonstrem querer um pouco mais de liberdade. Quando Harry e Malfoy brigam, Harry acaba atingindo um feitiço chamado furnunculus em Goyle e Malfoy atinge Hermione com um densaugeo, fazendo com que esta fique com os dentes da frente ainda maiores, alcançando o seu decote. Posteriormente, Rony nota que ela está com os dentes normais, e esta explica que deixou que o efeito da poção que Madame Pomfrey (encarregada de cuidar da ala hospitalar) lhe receitou durasse mais um pouco para que ela ficasse com dentes normais.

No quinto ano, foi nomeada monitora da Grifinória ao lado de Rony, algo que a deixou extremamente orgulhosa. Também nesse ano, ela idealizou e ajudou a fundar a Armada de Dumbledore (AD), sendo dela a ideia de Harry ministrar as aulas da Armada. É um dos membros que vai junto com Harry, Rony, Luna Lovegood, Gina Weasley e Neville Longbottom ao Departamento dos Mistérios lutar contra os Comensais da Morte e acaba ferida gravemente quando é vítima de uma maldição desconhecida, mas logo se recupera totalmente. Luna, a excêntrica estudante da Corvinal considera Hermione uma cética, enquanto Hermione a julga muito ingênua. Durantes os NOMs "Níveis Ordinários em Magia", exames do 5º ano, Hermione passa a estudar mais do que nunca, isolando-se dos amigos sempre que podia para poder fazer revisões de tudo, fato esse que se repetia inúmeras vezes dependendo do dia. Uma informação interessante é que o seu maior medo é o fracasso nos estudos.

No sexto livro, Hermione começa a demostrar mais os seus sentimentos por Rony, quando sente ciúmes do namoro entre ele e Lilá Brown, e até sai com Córmaco McLaggen para provocar ciúmes no amigo. É revelado, logo no início do livro, que ela tirou a nota máxima (O) em todos os NOMs, exceto em Defesa Contra as Artes das Trevas. No fim do 6º livro, ela e Rony propõem-se a ajudar Harry na sua caça as Horcruxes de Lord Voldemort.

No sétimo e último livro, Vítor Krum fica novamente encantado com Hermione, despertando ciúmes em Rony. Ela agora maior de idade consegue desaparatar e passa a levar consigo uma bolsa de contas que contem infinitos objetos muito úteis numa batalha e um livro de contos de feiticeiros, herança deixada por Dumbledore. Hermione, para seguir viagem e ajudar Harry, resolve enfeitiçar os pais, fazendo-os pensar que são outras pessoas. O trio sai junto em busca dos Horcruxes e Rony tem sua mente afetada pelo Medalhão de Slytherin, o que o faz discutir com os dois e abandonar o grupo. Hermione chora durante vários dias pela partida de Rony. Quando ele volta, o medalhão o faz pensar que sua família e Hermione preferem Harry, mas Harry explica que ele e Hermione são apenas amigos pois a tem como uma irmã e que a família dele sempre preferira ele. Rony tem suas emoções controladas e destrói o medalhão. Quando encontram Hermione a garota fica muito zangada com Rony, mas perdoa-o e o trio parte novamente empenhado em destruir os Horcruxes, onde ela consegue destruir um, a taça de Helga Hufflepuff. No meio dessa procura o trio acaba sendo capturado e Belatrix Lestrange tortura Hermione para descobrir sobre o paradeiro da espada de Gryffindor, o que causou um enorme desespero em Rony. Mais tarde eles escapam e acabam em Hogwarts, onde ela e Rony tem seu primeiro beijo em um momento completamente fora do contexto, depois dele mostrar preocupação com a segurança dos elfos domésticos.Neste livro fica mais evidenciado ainda o quanto hermione é importante para trio, sendo ela a que salva eles nos momentos mais difíceis usando a lógica e a inteligência, chegando ao ponto de Harry dizer(no capítulo 22) que ele não sabe o que fariam sem ela

No epílogo do livro, Hermione aparece casada com Rony e com dois filhos: Rosa e Hugo, sendo que Rosa está indo para Hogwarts pela primeira vez, assim como o filho de Harry e Gina, Alvo Severo. Sabe-se que Hermione encontrou seus pais na Austrália e removeu o feitiço deles. Ela passou a trabalhar no Departamento para a Regulamentação e Controle das Criaturas Mágicas e conseguiu grandes avanços pelos direitos dos elfos domésticos. Depois que passou a trabalhar na Execução das Leis da Magia virou grande defensora das leis contra opressão aos nascidos trouxas.


(Hermione atualmente está casada com Rony)

F.A.L.E. (Rocco) / B.A.B.E. (Presença)[editar | editar código-fonte]

Em Harry Potter e o Cálice de Fogo, Hermione fundou a F.A.L.E. (Fundação de Apoio à Libertação dos Elfos-Domésticos) (Rocco)/B.A.B.E. (Brigada de Apoio ao Bem-estar dos Elfos) (Presença), ao conhecer Dobby e Winky, dois elfos que haviam sido libertados. A ideia surgiu a Hermione, ao ver Winky sendo maltratada por Bartolomeu Crouch, quando esta foi acusada de conjurar a marca negra. Mas o que Hermione não percebe é que os Elfos-Domésticos (exceto Dobby) não querem ou não gostariam da liberdade, a prova disso é Winky, que foi libertada por Bartô Crouch, e também foi trabalhar em Hogwarts, recusando salário, e começou a passar o dia bêbada de cerveja amanteigada.

No ano seguinte, em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Hermione começa a tricotar gorros, meias e cachecóis de lã para os elfos, ela os esconde entre montes de lixo, e a noite, quando os elfos vão limpar a sala comunal da Grifinória, deveriam pegar as peças de roupas e ser libertados. Mas Hermione não sabia que os elfos começaram a se recusar a limpar a torre, então Dobby limpava tudo sozinho e ficava com os gorros.

Nota: Hermione só tem o "poder" de libertar os elfos porque eles estão em Hogwarts para servir à todos e, principalmente, os alunos. Então é como se os alunos fossem os senhores de todos os elfos, o que lhes dá o "poder" de libertá-los.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Seu nome vem de uma personagem de Conto de Inverno, peça de William Shakespeare, que é transformada em pedra, parecido com o que aconteceu com Hermione no segundo livro da saga (quando ela foi petrificada quando viu o reflexo do olhar de um basilisco no espelho). Esse nome também é a forma feminina do nome do deus grego da eloquência, Hermes. Além disso, é o nome da filha de Helena de Troia. Em uma entrevista, J. K. Rowling falou que o nome do meio de Hermione é Jane, mas no livro é Jean. Rowling o mudou por que não queria que Hermione tivesse o mesmo nome da professora Umbridge (Dolores Jane Umbridge). Coincidência ou não, Jean é o nome do meio da filha caçula de Rowling, Mackenzie Jean Rowling Murray.

Varinha[editar | editar código-fonte]

Hermione possuiu uma varinha feita de Videira Esculpida, com núcleo de Fibra Cardíaca de Dragão (Corda de Coração de Dragão), medindo 38 cm (15 Polegadas), embora na Noble Collection ela meça 36 cm. Hermione possui essa varinha até 1997 (Harry Potter e as Relíquias da Morte), quando Harry disse sem querer o nome de Voldemort, (que na época era tabu, e ninguém podia dizê-lo sem "convocar" os seguidores do mesmo) ela, Harry e Rony são capturados pelos Comensais da Morte, que tiram as varinhas dos três antes de levá-los para a Mansão dos Malfoy (não se sabe o que aconteceu com as varinhas). Depois de serem salvos por Dobby, o elfo, e serem levados para o chalé das conchas (casa de Gui e Fleur) Hermione começa a usar a varinha de Bellatrix Lestrange, que é feita de nogueira, com núcleo de corda de coração de dragão (coincidentemente o mesmo cerne da varinha original de Hermione) e trinta e dois centímetros de comprimento. Mas a varinha de Bellatrix não funciona bem para Hermione porque, como eles descobrem pelo Sr. Olivaras, ela não conquistou a lealdade da varinha (quem havia conquistado a lealdade da varinha de Bellatrix foi Harry, do mesmo modo que conquistara a varinha de Draco, e Rony conquistou a de Rabicho). NOTA: Não se sabe se Hermione troca de varinha depois da batalha de Hogwarts.

Popularidade da personagem[editar | editar código-fonte]

Hermione é um dos personagens favoritos dos fãs da saga. Em uma enquete realizada pela associação Filmclub, em parceria com a Lovefilm, Hermione foi escolhida com 19% do votos a personagem infantil e juvenil mais querida do cinema e o melhor modelo para jovens e crianças se inspirarem. Em outra enquete esta realizada pela editora que publicou os livros da saga(editora Bloomsbury) para saber qual era o personagem favorito dos fãs da série, Hermione ficou na 2° colocação abaixo apenas do professor Severo Snape. Com isso pode-se afirmar que Hermione é a personagem mais querida do trio protagonista.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]