História da economia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A história da economia é o ramo da história que estuda os fenómenos económicos no passado, e também o ramo da economia que estuda os factos do passado à luz da análise económica. Dado que as ciências sociais não são suscetíveis à experimentação em laboratório, as situações passadas e os dados recolhidos sobre elas podem servir para elaboração de hipóteses verificáveis.

A análise da história económica é feita usando uma combinação de métodos de história, métodos estatísticos e pela aplicação da teoria económica às situações históricas. Inclui a história da administração, história das finanças e sobrepõe-se com áreas da história social tais como a história da demografia e a história do trabalho. A história económica quantitativa (econométrica) também é referida como cliometria.[1] A história económica quantitativa teve uma maior importância nas décadas de 60 e 70. Mais recentemente tem tido pouca expressão nos departamentos de história, e também tem sido negligenciada nos departamentos de economia.[2]

Referências

  1. Robert Whaples, "Cliometrics" em Steven Durlauf e Lawrence Blume, eds. The New Palgrave Dictionary of Economics (2nd ed. 2008)
  2. Robert Whaples, "Is Economic History a Neglected Field of Study?," Historically Speaking (abril 2010) v. 11#2 pp 17-20, com respostas 20-27

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.