Il ritorno d'Ulisse in patria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Il ritorno d'Ulisse in patria (SV 325, "O retorno de Ulisses à pátria") é uma ópera (dramma per musica, na época) em um prólogo e cinco atos do compositor italiano Claudio Monteverdi, com libreto de Giacomo Badoaro, baseado da parte final da Odisseia, de Homero. Foi executada pela primeira vez no Teatro di SS Giovanni e Paolo, de Veneza, em fevereiro de 1640.

História[editar | editar código-fonte]

Esta foi a primeira ópera de Monteverdi para Veneza; a ópera fez muito sucesso na cidade, onde teve dez performances. De lá foi levada para o Teatro Guastavillani, em Bolonha, onde os cantores fora, - como provavelmente em Veneza - Giulia Paolelli, como Penelope, Maddalena Manelli, como Minerva, e Francesco Manelli, como Ulysses. A autoria da obra chegou a ser questionada seriamente, porém ainda se acredita que Monteverdi foi o seu autor. Os libretos existentes diferem significativamente da partitura; porém sabe-se que Monteverdi alterava frequentemente os textos que musicava.

A obra voltou ao repertório em 1641, em Veneza, e, posteriormente, em 1925, em Paris, por obra do compositor francês Vincent d'Indy. Diversos compositores do século XX editaram (ou "traduziram") a obra para as exibições atuais, incluindo Luigi Dallapiccola e Hans Werner Henze, e a obra finalmente se tornou consagrada no repertório operístico em 1971, com performances em Viena e Glyndebourne, e uma edição de Nikolaus Harnoncourt, juntamente com gravações.

Papéis[editar | editar código-fonte]

Papel Tipo de voz Elenco da estreia, fevereiro de 1640
(Maestro: - )
Deuses
Giove tenor
Nettuno baixo
Minerva soprano
Giunone soprano
Espíritos celestiais (coro de mulheres)
Mortais
Ulisse barítono
Penélope, sua esposa contralto
Telemaco, seu filho tenor
Melanto, criada de Penelope mezzo-soprano
Eumete, um pastor tenor
Eurimaco, amante de Melanto tenor
Ericlea, ama-seca de Ulisse contralto
Pretendentes de Penelope
Pisandro tenor
Anfinomo tenor ou contratenor
Antinoo baixo
Iro, criado dos pretendentes tenor
Marinheiros, fenícios (coro de homens)
No prólogo
Fragilidade humana tenor or countertenor
Tempo bass
Fortuna soprano
Amore soprano

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ellen Rosand. "Il ritorno d'Ulisse in patria", Grove Music Online, ed. L. Macy (accessed outubro 21 2014), grovemusic.com (subscription access).
  • Kobbé, Gustav. The Definitive Kobbé's Book of Opera. Ed. The Earl of Harewood. 1st American ed. New York: G.P. Putnam's and Sons, 1987. 1040-1041.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.