Tenor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Extensões vocais
Femininas
Soprano
Meio-soprano
Meio-contralto
Contralto

Masculinas

Sopranista
Contratenor
Haute-contre
Tenor
Baritenor
Barítono
Baixo-barítono
Baixo

Outras classificações

Buffos
Vozes brancas
Vozes raras
Vocal gutural

O tenor é o tipo de voz masculina (ou naipe) mais aguda produzida, sem recorrer à técnica de falsete, dentro do registro modal. A voz de um tenor (no canto em coral) varia entre o C2 (Dó 2) e o C4 (Dó 4). Em trabalho solo, o alcance chega até o C4 (dó4). O extremo grave é o G1 (Sol sustenido 1) e o extremo agudo depende do tenor, mas alguns conseguem cantar até o D4 em voz plena( ré4).1 2

O termo tenor também é aplicado a instrumentos, como o saxofone tenor, para indicar seu alcance em relação a outros instrumentos do mesmo grupo.

Características[editar | editar código-fonte]

De acordo com a classificação tradicional, a voz de tenor corresponde à faixa de sons mais aguda que pode ser emitida, no canto lírico, por um indivíduo do sexo masculino. Ela distingue-se do barítono e do baixo por ter sua tessitura dentro dos limites do C2 ao C4.

O termo tenor provém do latim tenere, que significa sustentar. Na música medieval, era a esta voz a que era atribuída, via de regra, a linha principal do canto. Por esta razão, o intérprete deveria ser capaz de "sustentar" as notas enquanto as outras vozes, mais graves, realizavam floreios vocais.

No repertório operístico clássico e romântico, os tenores costumam desempenhar os papéis masculinos principais, enquanto os coadjuvantes mais importantes estão a cargo das vozes mais graves (barítono ou baixo). Em muitos casos, o enredo gira em torno de uma disputa entre "herói" e "vilão", com o primeiro quase invariavelmente atribuído a um tenor.

A ordem de intensidade é Dramático, Lírico e Liggero. O Liggero é o mais agudo, com bastante brilho nas notas mais altas, então pode ser descartado  Já o Lírico e o Dramático são os que tem mais intensidade, mais força, o Dramático tem mais corpo, é um pouco mais escuro e tem mais intensidade no registro de peito e o Lírico (no caso do soprano) é mais brilhante na tal "voz de cabeça", tem uma extensão maior que o Dramático mas também tem bastante intensidade, bastante potência vocal. 

Tipos de tenores[editar | editar código-fonte]

Na ópera, costumam distinguir entre diferentes tipos de tenores, conforme a altura e as habilidades técnicas exigidas por um determinado papel:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. McKinney, James. The Diagnosis and Correction of Vocal Faults. [S.l.]: Genovex Music Group, 1994. ISBN 978-1-56593-940-0
  2. Boldrey, Richard. Guide to Operatic Roles and Arias. [S.l.]: Caldwell Publishing Company, 1994. ISBN 978-1-877761-64-5

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música Erudita