Saxofone tenor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Saxofone Tenor
Informações
Classificação
Classificação Hornbostel-Sachs 422.212-71
Instrumento de palheta simples com chaves.
Instrumentos relacionados
Saxofone sopranino,
Saxofone soprano,
Saxofone alto,
Saxofone tenor,
Saxofone barítono,
Saxofone baixo,
Saxofone contrabaixo.

O saxofone tenor é um instrumento de sopro, de palheta simples, da família das Palhetas. Apesar da construção do seu corpo ser de metal com sistema de chaves, a origem do som reside numa palheta, (fina lâmina de madeira, geralmente fabricada com bambu), daí enquadrar-se na família das Palhetas.

Duas boquilhas para sax tenor; a da esquerda mais utilizada para música clássica, a da direita mais apropriada para o pop ou jazz.

Possui um registro entre o bemol 1 e o Mi 4 e está afinado em Si bemol.

A sua origem remonta ao século XIX, o seu inventor o Belga Adolphe Sax (1814-1894). Foi um instrumento de difícil aceitação no contexto da música clássica devido à sua sonoridade "pouco graciosa".

No jazz por outro lado, tem sido um instrumento de grande protagonismo cuja linguagem tem vindo a ser ampliada por músicos tais como Dexter Gordon, John Coltrane e Chris Potter.


Ícone de esboço Este artigo sobre um Instrumento musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.