Isabel de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Isabel
Arquiduquesa da Áustria
Duquesa de Württemberg
Johann-Baptist Lampi d. Ä. 006-2.jpg
Isabel por Johann-Baptist Lampi
Governo
Consorte Francisco I da Áustria
Vida
Nascimento 21 de Abril de 1767
Treptow, Alemanha
Morte 18 de Fevereiro de 1790 (22 anos)
Viena, Áustria
Filhos Ludovica Isabel da Áustria
Pai Frederico II Eugénio de Württemberg
Mãe Sofia Doroteia de Brandemburgo-Schwedt

A duquesa Isabel de Württemberg (Isabel Guilhermina Luísa), (21 de Abril de 1767 - 18 de Fevereiro de 1790) foi uma duquesa de Württemberg por nascimento e uma arquiduquesa da Áustria por casamento.

Família[editar | editar código-fonte]

Isabel era a oitava de doze filhos do duque Frederico II Eugénio de Württemberg e da marquesa Sofia Doroteia de Brandemburgo-Schwedt. Entre os seus irmãos estavam o rei Frederico I de Württemberg e a duquesa Sofia Doroteia de Württemberg, esposa do czar Paulo I da Rússia. Os seus avós paternos eram o duque Carlos Alexandre de Württemberg e a princesa Maria Augusta de Thurn e Taxis. Os seus avós maternos eram o marquês Frederico Guilherme de Brandemburgo-Schwedt e a princesa Sofia Doroteia da Prússia.1

Vida[editar | editar código-fonte]

Aos quinze anos de idade, Isabel foi convocada pelo sacro-imperador José II a Viena para ser educada no Salesianerinnenkloster onde também se converteu ao catolicismo com o objectivo de no futuro se vir a casar com o sobrinho do imperador, o futuro imperador Francisco I da Áustria.

Os dois casaram-se no dia 6 de Janeiro de 1788 em Viena numa altura em que o imperador José estava mal de saúde. A jovem arquiduquesa era muito chegada ao imperador e animou os seus últimos anos de vida com o seu charme. Em finais de 1789 Isabel engravidou, mas o seu estado era muito delicado, algo que tinha em parte a ver com a sua preocupação pela saúde cada vez mais fraca de José. O imperador recebeu a extrema unção no dia 15 de Fevereiro de 1790, um acto demasiado pesado para Isabel que desmaiou quando viu o imperador às portas da morte. Na noite de 18 de Fevereiro deu à luz uma filha prematuramente que apenas viveria durante dezasseis meses. Isabel morreu durante o parto que durou mais de vinte e quatro horas, dois dias antes da morte de José II.

Referências

  1. C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 221
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Isabel de Württemberg