jQuery

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
jQuery
Desenvolvedor John Resig
Lançamento dezembro de 2006
Versão estável 1.11.0 e 2.1.0 (24 de janeiro de 2014; há 26 semanas e 6 dias)
Escrito em JavaScript
Sistema operacional cross-browser
Gênero(s) biblioteca JavaScript
Licença MIT, GNU v2
Página oficial jQuery.com

jQuery é uma biblioteca JavaScript cross-browser desenvolvida para simplificar os scripts client side que interagem com o HTML.[1] Ela foi lançada em dezembro de 2006 no BarCamp de Nova York por John Resig. Usada por cerca de 77% dos 10 mil sites mais visitados do mundo, jQuery é a mais popular das bibliotecas JavaScript.[2] [3]

jQuery é uma biblioteca de código aberto e possui licença dual, fazendo uso da Licença MIT ou da GNU General Public License versão 2.[4] A sintaxe do jQuery foi desenvolvida para tornar mais simples a navegação do documento HTML, a seleção de elementos DOM, criar animações, manipular eventos e desenvolver aplicações AJAX. A biblioteca também oferece a possibilidade de criação de plugins sobre ela. Fazendo uso de tais facilidades, os desenvolvedores podem criar camadas de abstração para interações de mais baixo nível, simplificando o desenvolvimento de aplicações web dinâmicas de grande complexidade.

A Microsoft e a Nokia anunciaram planos de incluir o jQuery em suas plataformas,[5] a Microsoft adotando-a inicialmente no Visual Studio[6] para uso com o framework AJAX do ASP.NET, e a Nokia na sua plataforma Web Run-Time de widgets.[7] A biblioteca jQuery também tem sido usada no MediaWiki desde a versão 1.16.[8]

Funcionalidades[editar | editar código-fonte]

Principais funcionalidades do jQuery:

  • Resolução da incompatibilidade entre os navegadores.
  • Redução de código.
  • Reutilização do código através de plugins.
  • Utilização de uma vasta quantidade de plugins criados por outros desenvolvedores.
  • Trabalha com AJAX e DOM.
  • Implementação segura de recursos do CSS1, CSS2 e CSS3.

Exemplo[editar | editar código-fonte]

Um código em Javascript puro, para atribuir o valor "5" em um elemento qualquer.

document.getElementById( 'Teste' ).value = 5;

O mesmo código em jQuery.

$( '#Teste' ).val( 5 );

Referências

  1. jQuery: The Write Less, Do More, JavaScript Library (em inglês). jQuery. Página visitada em 1-3-2011.
  2. JQuery usage statistics (em inglês). BuiltWith Trends (31-03-2014).
  3. Usage of javascript libraries for websites (em inglês). W3Techs (1-3-2011).
  4. License - jQuery Project (em inglês). jQuery. Página visitada em 1-3-2011.
  5. jQuery, Microsoft and Nokia (em inglês). jQuery Blog (28-9-2008).
  6. jQuery and Microsoft (em inglês). ScottGu's Blog (28-9-2008).
  7. Guarana UI: a jQuery-Based UI Library for Nokia WRT (em inglês). Forum.Nokia (17-3-2010).
  8. jQuery (em inglês). MediaWiki (1-2-2011).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.