Josh Koscheck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Josh Koscheck
Data de nascimento 30 de novembro de 1977 (37 anos)
Local de nascimento Waynesburg, Pensilvânia, EUA
Outros nomes Kos
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Altura 1,78 m
Peso 77 kg
Divisão Meio-Médio
Envergadura 1,85 cm
Modalidade Wrestling e Kickboxing
Posição ortodoxo
Equipe Dethrone Base Camp (Formerly AKA Fresno)
Graduação      faixa marrom em BJJ
Anos ativo 2004-presente (MMA)
Cartel no MMA
Total 25
Vitórias 17
Por nocaute 5
Por finalização 5
Por decisão 7
Derrotas 8
Por nocaute 3
Por finalização 1
Por decisão 4
Outras informações
Página Oficial http://www.kosmma.com/
Josh Koscheck no Sherdog

Josh D. Koscheck (Waynesburg, 30 de novembro de 1977) é um lutador de MMA americano, e um antigo campeão de wrestling no colegial, e atualmente está lutando na categoria dos Meio-Médios do Ultimate Fighting Championship. Ele fez sua estréia com a organização na primeira temporada do reality show, The Ultimate Fighter. Koscheck é muitas vezes classificado entre os dez melhores meio-médios do mundo pelas principais publicações de MMA. Ele também foi treinador no TUF 12. Após vencer Paul Daley por decisão unânime ele ganhou a chance de ser treinador no TUF e após a temporada lutar pelo cinturão no UFC 124.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Josh Koscheck tem sua base no wrestling, que ele começou a treinar quando estava no colegial, ele frenquentou a Edinboro University of Pennsylvania. Durante sua temporada junior Koscheck venceu todas as suas 42 lutas de wrestling e se tornou o campeão NCAA Divisão I, campeão na categoria até 78 kg. Além de ser campeão NCAA Division I All-American quatro vezes, ele ganhou duas vezes o prêmio Eastern Wrestling League.


Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Josh Koscheck apareceu na primeira temporada do The Ultimate Fighter na categoria dos médios. Ele derrotou Chris Leben por decisão unânime para avançar as semifinais, onde foi derrotado por Diego Sanchez por decisão dividída. Koscheck teve sua primeira luta oficial pelo UFC em 9 de abril de 2005 no The Ultimate Finale, onde derrotou Chris Sanford por nocaute no primeiro round. Koscheck venceu o veterano Pete Spratt no Ultimate Fight Night onde fez sua estréia na categoria meio médio. Após experimentar sua primeira derrota para Drew Fickett por finalização mata-leão, Josh acumulou quatro vitórias consecutivas. Ele venceu o Russo Ansar Chalangov por finalização mata-leão, o canadense Dave Menne por decisão unânime, Jonathan Goulet por nocaute técnico e Jeff Joslin por decisão unânime.

Koscheck foi então escalado para enfrentar Diego Sanchez em 07 de abril de 2007 no UFC 69. Este foi o segundo encontro entre os dois lutadores, a primeira luta não conta para o registro oficial pois é considerada uma exibição para a gravação do reality show The Ultimate Fighter este confronto resultou em uma vitória por decisão dividida para Sanchez. No momento da pesagem para o evento, Sanchez empurrou Koscheck durante a tradicional encarada pós-pesagem. Apesar de Sanchez continuar a gritando com Koscheck,nenhum conflito se seguiu. Koscheck derrotou Sanchez na decisão unânime dos juizes por (30-27, 30-27, 30-27).

No UFC 74 Koscheck foi derrotado pelo canadense Georges St-Pierre por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28). Josh fez o seu regresso no UFC 82, onde derrotou Dustin Hazelett por TKO aos 1:24 do segundo round Com uma boa sequencia de chutes e socos. Ele ganhou sua próxima luta, contra Chris Lytle no UFC 86, vencendo por decisão unânime aonde inpós um forte ground and pound contra Lytle. Com apenas duas semanas de antecedência Koscheck aceitou substituir Diego Sanchez que devido a uma lesão não poderia enfrentar o brasileiro Thiago Alves no no UFC 90. Koscheck perdeu a luta por decisão unânime. Alves acertou chutes poderosos e conseguiu derrubar Koscheck mais de uma vez durante a luta.

Em 10 de dezembro de 2008, Koscheck lutou contra Yoshiyuki Yoshida, fazendo a luta principal do UFC: Fight for the Troops e venceu por nocaute no primeiro round. Koscheck acertou dois socos devastadores em Yoshida. O lutador japonês permaneceu inconsciente enquanto era atendido por médicos da comissão e foi removido do Octogono em uma maca, como medida de precaução, mais tarde ele foi tratado e liberado de um hospital local. Koscheck recebeu bônus de US $ 60.000 do UFC por nocaute da noite.

Tuf 12 e revanche contra Georges St. Pierre.[editar | editar código-fonte]

No UFC 113 Koscheck enfrentou Paul Daley em luta eliminatória para a disputa de cinturão, e ainda a chance de protagonizar a 12º edição do reality show The Ultimate Fighter. Dalley partiu para a trocação logo no inicio da luta mas acabou sofrendo com o wrestling de Koscheck, e sendo exposto a várias quedas. Koscheck dominou todo o primeiro round e ainda foi atingido por uma joelhada ilegal de Daley mas seguiu com o combate. Koscheck manteve sua estratégia e evitou a trocação contra Daley famoso por seu histórico no muay thai. Koscheck dominou toda a luta, e ao fim do combate Daley demonstrou irritação por ter sido dominado e desferiu um soco em koscheck quando o combate já havia sido encerrado. Koscheck venceu por decisão unânime e se tornou desafiante nº 1 ao cinturão dos meio médios além de se tornar técnico no TUF 12.

Após o combate o presidente do UFC Dana White declarou que Daley nunca mais iria lutar pelo UFC.

"Ele nunca vai voltar, eu não me importo se ele é o melhor meio-médio do mundo. Ele nunca mais vai voltar aqui, não há desculpa para isso, você nunca bate em um cara depois que o sino toca" declarou o presidente do UFC.

Koscheck foi técnico do time Koscheck no reality The Ultimate Fighter 12, enquanto St. Pierre foi técnico do time GSP. O reality foi marcado pelo desafeto entre os dois treinadores e as provocações constantes de Koscheck. O TUF 12 teve sua final exibida em 04 de dezembro de 2010 com o evento principal entre Michael Johnson e Jonathan Brookins da equipe de Georges St-Pierre.

Koscheck enfrentou St.Pierre em 11 de dezembro de 2010 no UFC 124 em luta válida pelo cinturão dos meio médios luta realizada em Montreal no Canadá. St.Pierre contou com o apoio de 23 mil torcedores para vencer o desafeto e manter o cinturão. GSP começou a luta mostrando todo seu repertório de golpes, acertando bons jabs e conseguindo uma queda, Koscheck só foi reagir no final do primeiro round. O segundo round foi menos movimentado e mais equilibrado, o terceiro e quarto round foi bem parecido com os dois primeiros, luta em pé com amplo domínio do canadense. O olho direito de Koscheck começou a fechar o médico foi acionado mas a luta seguiu. St. Pierre apenas administrou o round final para confirmar a vitória por decisão unânime e manter o cinturão dos meio médio.


Reabilitação no UFC[editar | editar código-fonte]

Koscheck enfretou o veterano e ex- campeão do UFC Matt Hughes no UFC 135, onde ele venceu Hughes por nocaute aos 4:59 do primeiro round e recebeu o prêmio de nocaute da noite. Koscheck era esperado para enfrentar Carlos Condit em 04 de fevereiro de 2012, no UFC 143. No entanto, em 07 de dezembro de 2011, foi revelado que Georges St-Pierre havia sofrido lesão do LCA no joelho esquerdo e a lesão iria afasta-lo por cerca de dez meses, impedindo que ele enfretasse o desafeto Nick Diaz. o UFC anunciou que Diaz enfretaria Condit no UFC 143 e o vencedor se tornaria campeão interino dos meio médios. Dessa forma Mike Pierce foi escolhido como novo oponente de Koscheck no UFC 143, luta que Koscheck venceu por decisão divida.

Três derrotas consecutivas[editar | editar código-fonte]

No co-evento principal do UFC on Fox 3, Josh Koscheck e Johny Hendricks fizeram uma luta extremamente equilibrada, decidida nos mínimos detalhes. Melhor no segundo round e pouca coisa superior no período final, Hendricks acabou ficando com a vitória em decisão divida dos jurados (29 a 28, 28 a 29 e 29 a 28). - Esse cara é difícil. Bati nele com tudo, mas tiro o chapéu para ele. Tenho a mão pesada, mas sabia que seria complicado. Quero agora levar o cinturão para casa - afirmou Hendricks[1]

Mas foi no UFC 157 que Koscheck teve sua derrota mais dura. Koscheck foi nocauteado ainda no primeiro round pela zebra Robbie Lawler. Koscheck liderava as casas de aposta[2] e era apontado como um lutador muito superior pela mídia especializada.

Kosheck enfrentou Tyron Woodley no UFC 167, evento que comemorou os 20 anos do UFC. Ele perdeu por nocaute ainda no primeiro round.

Ele era esperado para enfrentar Neil Magny em 28 de Fevereiro de 2015 no UFC 184. No entanto, o UFC mudou de ideia e resolveu colocar Jake Ellenberger para enfrentar Koscheck.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Estados Unidos Jake Ellenberger UFC 184 28/02/2015 Estados Unidos Los Angeles, California
Derrota 17-8 Estados Unidos Tyron Woodley Nocaute (socos) UFC 167 16/11/2013 1 4:38 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 17-7 Estados Unidos Robbie Lawler Nocaute Técnico (socos) UFC 157 23/02/2013 1 3:57 Estados Unidos Anaheim, California
Derrota 17-6 Estados Unidos Johny Hendricks Decisão (dividida) UFC on Fox: Diaz vs. Miller 05/05/2012 5 5:00 Estados Unidos East Rutherford, New Jersey
Vitória 17-5 Estados Unidos Mike Pierce Decisão (dividida) UFC 143 04/02/2012 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 16-5 Estados Unidos Matt Hughes Nocaute (socos) UFC 135 24/09/2011 1 4:59 Estados Unidos Denver, Colorado Nocaute da Noite
Derrota 15-5 Canadá Georges St. Pierre Decisão (unânime) UFC 124 11/12/2010 5 5:00 Canadá Montreal, Quebec Pelo Cinturão Meio Médio do UFC; Luta da Noite.
Vitória 15-4 Reino Unido Paul Daley Decisão (unânime) UFC 113 08/05/2010 5 5:00 Canadá Montreal, Quebec Luta eliminatória pela disputa do Título dos Meio Médios.
Vitória 14-4 Estados Unidos Anthony Johnson Finalização (mata leão) UFC 106 21/11/2009 2 4:47 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Finalização da Noite
Vitória 13-4 Estados Unidos Frank Trigg Nocaute Técnico (socos) UFC 103 19/09/2009 1 1:25 Estados Unidos Dallas, Texas
Derrota 12-4 Brasil Paulo Thiago Nocaute (soco) UFC 95 21/02/2009 1 2:25 Inglaterra Londres
Vitória 12-3 Japão Yoshiyuki Yoshida Nocaute (socos) UFC Fight Night 16 10/12/2008 1 1:25 Estados Unidos Dallas, Texas Nocaute da Noite
Derrota 11-3 Brasil Thiago Alves Decisão (unânime) UFC 90 25/10/2008 3 5:00 Estados Unidos Rosemont, Illinois
Vitória 11-2 Estados Unidos Chris Lytle Decisão (unânime) UFC 86 25/06/2008 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 10-2 Estados Unidos Dustin Hazelett Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) UFC 82 01/03/2008 2 1:24 Estados Unidos Columbus, Ohio
Derrota 9-2 Canadá Georges St. Pierre Decisão (unânime) UFC 74 25/08/2007 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 9-1 Estados Unidos Diego Sanchez Decisão (unânime) UFC 69 07/04/2007 3 5:00 Estados Unidos Houston, Texas
Vitória 8-1 Estados Unidos Jeff Joslin Decisão (unânime) UFC Fight Night: Sanchez vs. Riggs 13/12/2006 3 5:00 Estados Unidos San Diego, California
Vitória 7-1 Canadá Jonathan Goulet Nocaute (socos) UFC Fight Night 6 17/08/2006 1 4:10 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 6-1 Canadá Dave Menne Decisão (decisão unânime) UFC Fight Night 5 28/06/2006 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 5-1 Rússia Ansar Chalangov Finalização (mata leão) UFC Fight Night 4 06/04/2006 1 3:29 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 4-1 Estados Unidos Drew Fickett Finalização (mata leão) UFC Fight Night 2 03/10/2005 1 4:38 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 4-0 Estados Unidos Pete Spratt Finalização (mata leão) UFC Fight Night 06/08/2005 1 1:53 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 3-0 Estados Unidos Chris Sanford Nocaute (socos) The Ultimate Fighter 1 Finale 09/04/2005 1 4:21 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estréia no UFC.
Vitória 2-0 Estados Unidos Luke Cummo Decisão(unânime) Ring of Combat 6 24/04/2004 3 5:00 Estados Unidos Elizabeth, New Jersey
Vitória 1-0 Estados Unidos Cruz Chacon Finalização (neck crank) King of the Rockies 03/01/2004 3 2:57 Estados Unidos Fort Collins, Colorado

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2012/05/hendricks-vence-koscheck-em-luta-bastante-equilibrada-em-nova-jersey.html
  2. http://www.fightbetnetwork.com/fights/1039/josh-koscheck-vs-robbie-lawler

http://www.sherdog.com/fighter/Josh-Koscheck-9418 http://www.ufc.com/fighter/Josh-Koscheck