Kochira Katsushika-ku Kameari Kōen-mae Hashutsujo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}
Kochira Katsushika-ku Kameari Kōen-mae Hashutsujo
こちら葛飾区亀有公園前派出所
Gênero Comédia, Policial
Mangá
Autor Osamu Akimoto
Editora(s) Shueisha
Revista Weekly Shōnen Jump
Público-alvo Shōnen
Data de publicação Setembro de 1976 – ainda em publicação
Volumes 188 (em andamento)
Anime
Direção Akira Shigeno
Noboru Misawa
Norihiro Takamoto
Shinji Takamatsu
Tetsuo Yasumi
Estúdio Studio Gallop
Exibição original 16 de junho de 1996 – 19 de dezembro de 2004
Emissoras de TV Fuji TV
Emissoras lusófonas Portugal Canal Panda, AXN, Animax Portugal, Panda Biggs
Nº de episódios 373
Projeto Animangá  · Portal Animangá

A série Kochira Katsushika-ku Kameari Kōen-mae Hashutsujo (こちら葛飾区亀有公園前派出所, literalmente, Kochikame: A Louca Academia de Polícia?) é um anime baseado no manga japonês com o mesmo nome. A série conta as histórias de um grupo de polícias da cidade de Tóquio, em especial as histórias de Kankichi Ryotsu, o protagonista da série que se mete em todos os tipos de sarilhos possíveis, arrastando as outras personagens com ele.

Personagens principais[editar | editar código-fonte]

Kankichi Ryotsu (両津 勘吉, Ryōtsu Kankichi?) é o protagonista da série e é geralmente o responsável pelos acidentes que acontecem na série. Trabalha como polícia na esquadra do parque de Kameari. É preguiçoso e oportunista, e prova disso é as vezes que fica na esquadra a trabalhar num dos seus passatempos, em vez de estar a patrulhar as ruas. É também conhecido por ser bastante aldrabão, tentando enganar todos para seu proveito. Muitas das vezes, mete-se em problema por causa dos esquemas que arranja para ficar rico. Quando se zanga ou irrita ganha uma força, velocidade e determinação de nivéis sobrehumanos que lhe permitem fazer quase tudo, até mesmo coisas que a um ser humano normal seria impossível. Porém, tem um bom coração e tenta fazer aquilo que acha mais correcto. Os seus passatempos preferidos passam por construir modelos de veículos e coleccionar brinquedos, passando muito do seu tempo a brincar com os miúdos no parque e a trocar jogos de vídeo com estes. Geralmente, conduz uma bicicleta branca.

Keiichi Nakagawa (中川 圭一, Nakagawa Keiichi?) é o membro mais novo da esquadra de Kameari, e é também considerado como o agente mais bonito da corporação policial de Tóquio. Sendo filho de um dos homens mais ricos do Japão e também do Mundo, não há nada que Nakagawa não possa ter. Ao contrário dos outros agentes da polícia, usa um uniforme amarelo, o qual vale uma fortuna. É bastante responsável, mas de vez em quando mete-se em problemas por ajudar Ryotsu nos seus esquemas. Muitas das vezes, é ele quem pagas as dívidas deste. Apesar disso, respeita bastante Ryotsu como seu superior, mas também como amigo. Geralmente, conduz um Ferrari vermelho.

Reiko Catherine Akimoto (秋本・カトリーヌ・麗子, Akimoto Katorīnu Reiko?) é a colega de Ryotsu, e tal como Nakagawa é filha de um poderoso milionário. Fala fluentemente várias línguas, entre as quais o francês e o inglês. Veste um uniforme cor-de-rosa, pois tal como Nakagawa, não gosta de usar o uniforme azul da corporação policial de Tóquio. Mete-se em vários problemas, pois sendo bastante bonita, atrai diversos possíveis pretendentes, precisando de ajuda dos colegas e amigos para se livrar deles. Além de bonita, é muito simpática e compreensiva, servindo por vezes como uma figura-maternal para todos na esquadra. Mas quando se zanga, todos sabem que não se devem aproximar dela, a menos que tenham um desejo ardente de morrer naquele momento. Geralmente, conduz um Porsche rosa.

Daijiro Ohara (大原 大次郎 , Ōhara Daijirō?) é o chefe da esquadra e obviamente, o chefe de Ryotsu. Sendo um polícia da velha guarda, odeia o facto de que Ryotsu passe o seu tempo a fazer coisas que não deve, chegando mesmo a castigá-lo por tal. Está sempre a gritar com Ryotsu por tudo e por nada, levando a que este se vingue dele nas suas costas. Muitas das vezes, proíbe Nakagawa e Reiko de emprestarem dinheiro a Ryotsu, para que este compreenda o valor que tem, na tentativa de o fazer compreender que gastar todo o ordenado em bugigangas é um desperdício de tempo. Porém, é compreensivo e admite que Ryotsu é um génio no que toca a regatear preços, chegando muitas vezes a pedir-lhe conselhos sobre negócios que deve fazer. Os seus passatempos incluem praticar caligrafia japonesa e ver sumo. Só tem olhos para a filha Hiromi e para o neto.

Yōichi Terai (寺井洋一, Terai Yōichi?), além de Ryostu, Nakagawa, Reiko e Ohara, a esquadra de Kameari tem mais um agente, e esse é Terai, o polícia bonacheirão. É simpático e bem disposto, mas um pouco pessimista, sendo logo o primeiro a admitir que um esquema de Ryotstu vai dar para o torto, ainda antes deste dar errado. Tenta viver a sua vida pacificamente, pensando sempre na jovem família que tem, do que em si próprio. Geralmente, pede ajuda a Ryotsu para conseguir comprar algo, acabando por tudo dar errado.

Personagens secundárias[editar | editar código-fonte]

Depois, temos várias personagens que se veem em problemas quando as suas vidas se cruzam com os planos de Ryotsu.

Hayato Honda (本田速人, Honda Hayato?) é o parceiro inseparável de Ryotsu, que trabalha na polícia de trânsito, onde conduz uma mota. Ao verem-no pela primeira e ao seu aspecto franzino e frágil, a maior parte das pessoas não o classificaria como uma ameaça. Os seus passatempos são cozinhar, coleccionar banda-desenhada e andar de mota. Mas quando este sobe para cima da mota, dá-se como que uma súbita mudança de personalidade, mais agressiva e destemida. É conhecido pela alcunha de "O Diabo sobre Rodas de Tóquio" e é temido por todos automobilistas e por vezes, também pelos colegas.

Komachi Ono (小野小町, Ono Komachi?) & Naoko Seishō (清正奈緒子, Seishō Naoko?) são duas agentes da polícia de trânsito são inseparavéis. Ambas bastante bonitas, tentam a todo o custo arranjar namorado, o que não é fácil pois têm personalidades bastante fortes, mas são bastante tímidas. A sua relação com Ryotsu não podia ser pior, pois ambas consideram-no um tipo da pior espécie, dando-lhe as alcunhas de "Gorila" e "Troglodita", devido a não ser muito atraente e por causa da força sobrehumana que tem quando se zanga. Porém, reconhecem que este é um bom polícia apesar das coisas que faz, tentando por vezes ser simpáticas com ele. Por vezes, pedem-lhe ajuda para resolver problemas em que se metem. Tal com Reiko e Ryotsu, quando se zangam ganham uma força sobrehumana. Geralmente, conduzem um carro patrulha.

Tatsunosuke Sakonji (左近寺竜之介, Sakonji Tatsunosuke?) é um destemido e orgulhoso lutador de artes marciais, Sakonji é também um dos melhores e mais duros polícias de Kameari. Graças à sua incrível força física, é campeão nacional de desportos como karaté, judo e taekwondo. Infelizmente, não possui vida própria, passando o seu tempo livre a jogar jogos de vídeo, em especial os jogos de uma saga chamada "Recordações Cor-de-Rosa", pois é um grande fã da protagonista, que se chama Saori, e que o faz lembrar o seu primeiro amor. Por vezes, o facto de adorar a personagem, fá-lo fazer as coisas mais disparatadas, como comprar todos os tipos de bonecas e acessórios que estiverem à venda numa loja.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.