Kosaku Matsumora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kosaku Matsumora
Kanji 松茂良 興作
Currículo marcial
Estilo principal Tomari-te
Outras informações
Aluno(s) notável(is) Chotoku Kyan, Maeda Pechin

Kosaku Matsumora (松茂良 興作, Matsumora Kōsaku?, 1898) foi um mestre de Okinawa-te, do estilo Tomari-te, nascido em 1829 e morto em 1898. Foi aluno dos mestres Karyu Uku e Kishin Teruya, de caratê, estudando ainda esgrima, do estilo Jigen-ryu, e deixou considerável contribuição para o desenvolvimento do caratê moderno.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kosaku Matsumora nasce, em 1829, numa família tradicional de Oquinaua, cuja ancestralidade remontava por linha indireta a el-Rei Sho Shin, fundador da dinastia. Quando criança, estudou os clássicos chineses e Confucionismo na escola de Tomari para jovens de famílias de posição.[2] Sua compleição física era forte, posto que fosse de baixa estatura.

Começou Matsumora estudados sob os auspícios de Giko Uku durante três. Durante esse tempo, o lecionante ensinava a Matsumora a dar ênfase no desenvolvimento de uma base simultânea à mobilidade das pernas e giro de cintura - Tai sabaki - no fito de bem canalizar a energia dos golpes. Foram treinados os katas Naihanchi, Bassai e Wanshu.

Logo depois, Matsumora foi estudar com Kishin Teruya com quem treinou os katas Rohai, Wanshu e Wankan.[3] Matsumora treina com afinco e seu esforço é reconhecido por mestre Teruya que, impressionado, convidou-o para continuar seu treinamento no mausoléu de família, onde foram-lhe repassados os significados dos katas e suas aplicações práticas - bunkai. Naquele tempo, não existiam dojôs ou locais próprios e separados para a prática de artes marciais.[4] O convite significou enorme honra, porque ainda naquela época o estudo do te somente era praticado por um grupo limitado de pessoas, em sigilo quase absoluto[5] e muito tarde da noite. Assim, aquele que fosse visto praticando as técnicas poderia ser punido com a morte.[2]

Além do te, Matsumora era também mestre de kobudo, sendo perito nas artes com bastão, Bo-jutsu e Jo-jutsu. E estudou o estilo de esgrima do clã Satsuma, Jigen-ryu.

Um evento na vida de Matsumora que o deixaria marcado para sempre e o tornaria uma lenda do caratê sucedeu quando ele contava vinte anos de idade. Um samurai, do clã Satsuma, abusando de sua posição social, queria fazer impor à força sua vontade sobre um grupo de pessoas: era comum um samurai desgarrado sequestrar e abusar de moças e crianças. Matsumora tomou a defesa da turma para si e enfrentou sozinho ao samurai, contra quem, usando apenas das mãos vazias e das técnicas do Okinawa-te, obteve vitória, desarmando o oponente e a atirando a espada num rio. Contudo, Matsumora perdeu o dedo mínimo no confronto, o que o deixou marcado como alvo de eventuais e futuras represálias por parte de outros samurais, haja vista que um samurai perder sua espada era uma desgraça inimaginável.

Por outro lado, toda a cidade de Tomari saiu em socorro do mestre, escondendo-o dos funcionários do governo. Matsumora entrou em reclusão na área de próxima de Nago.

Outro fato se deu certa noite, quando ele e outros praticavam no mausoléu da família Teruya da família, notaram um passante observando seus movimentos. Mestre Matsumora aproximou-se dele. O homem, então, pediu desculpas por perturbar e elogiou as habilidades do mestre, quando o rapaz entregou um pedaço de papel, pero, antes de o mestre Matsumora terminar de ler, o desconhecido tinha desaparecido.

Matsumora mostrou o bilhete ao Mestre Teruya, ao que ele respondeu: "Exatamente!". Algum tempo depois, Kosaku Matsumora teve um lampejo de inspiração e, num momento, compreendeu o significado mais profundo da mensagem:[4]

Cquote1.svg A essência do budô é denunciar pensamento imoral, compreender a humanidade, seguir num caminho virtuoso e dedicar sua vida a cultivar a paz em Oquinaua. Cquote2.svg

Contribuições[editar | editar código-fonte]

O grande mérito do mestre Kosaku Matsumora, além da grande contribuição com as técnicas de luta, é a defesa intransigente da justiça, dos bons costumes. Figurou como opositor ao governo Meiji. E seus atos lhe calharam a alcunha de "Punho Santo".[4] Também desenvolveu uma versão particular do kata Chinto e transmitiu o Bassai.[6] [7] Teve como alunos Chotoku Kyan e Maeda Pechin.[3]

Referências

  1. Kosaku Matsumora (em inglês). Visitado em 16.dez.2010.
  2. a b MSISSHINRYU.COM Masters: Matsumora Kosaku (em inglês). Visitado em 16.dez.2010.
  3. a b wanshu (em francês). Visitado em 16.dez.2010.
  4. a b c IKKA (INDONESIAN KOBUDO KARATE ASSOCIATION): Sensei Kosaku Matsumora Style - Shorin-Ryu (Tomari-te) (em inglês). Visitado em 16.dez.2010.
  5. Karatedo. Visitado em 16.dez.2010.
  6. Isshinryu Karate (em inglês). Visitado em 16.dez.2010.
  7. O KATA « Academias Karate Wado. Visitado em 16.dez.2010.