Léa Mendonça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Léa Mendonça
Informação geral
Nome completo Léa Mendonça Andrade
Também conhecido(a) como Léa
Nascimento 4 de setembro de 1965 (49 anos)
Origem Bonsucesso, Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) Gospel, Canto congregacional
Ocupação(ões) cantora, pastora
Instrumento(s) Vocais
Extensão vocal Contralto
Período em atividade 1992 - atualmente
Outras ocupações Cantora, pastora, compositora, poetisa, roteirista
Gravadora(s) MK Music (1996 - atualmente)
Som e Louvores (1992 - 1994)
Afiliação(ões) Altos Louvores, Elaine de Jesus, Rose Nascimento, Cassiane, Eyshila, Jozyanne
Página oficial Site oficial

Léa Mendonça (Rio de Janeiro, 4 de setembro de 1965) é uma cantora de música gospel brasileira.[1] Com mais de trinta anos de carreira, a cantora já foi certificada com 5 discos de ouro e 2 de platina;  É cantora, pastora, compositora, poetisa, roteirista e, cima de tudo, adoradora e serva de Deus. Possui uma voz suave e harmônica inconfundível, e admirável. Com essa linda voz, Léa interpreta hinos e louvores a Deus com a emoção e propriedade de quem sabe do que está falando e pregando através de cada nota. Suas mensagens musicais são variadas e o carisma inconfundível de suas apresentações atestaram seu valor, e a colocaram na lista dos maiores nomes da música gospel nacional.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Desde criança Léa Mendonça sempre gostou de participar de peças e jograis. Aos 10 anos, graças a seu contralto sempre afinado, foi chamada para integrar o coral de sua igreja. Ao participar de um festival de música e conquistar os primeiros lugares, teve suas canções gravadas para o primeiro LP do grupo nacionalmente conhecido Altos Louvores. Neste grupo, Léa Mendonça atuou como compositora, solista e tornou-se conhecida do grande público.

Passeando por vários estilos LÉA MENDONÇA canta do pop ao louvor tradicional, da balada ao forró, sem decepcionar em nenhum sentido. Pentecostal pura, a cantora mantém sua interpretação apaixonada de músicas que falam do amor de Cristo e de experiências com Deus, reconhecendo que todos os ritmos são possíveis em sua missão de louvar a Deus com sua voz. Desde o início Léa sempre encarou sua música como um ministério. Tanto que deixou um rentável emprego em uma famosa companhia aérea para poder se dedicar de corpo e alma a sua missão de levar o ministério de louvor e divulgar a música evangélica para todo mundo. 

Carreira[editar | editar código-fonte]

Léa Mendonça começou sua carreira profissional como compositora e cantora do conjunto evangélico Altos Louvores, um dos maiores nomes da música protestante dos anos 80 no Brasil. Em 1984 iniciou sua carreira solo lançando seu álbum de estréia Olha pra Mim pela Som e Louvores[2] e em 1993 lançou seu nono e último álbum por esta gravadora, intitulado Amor tão Puro.[3]

Em agosto de 1992, Léa Mendonça lançou seu primeiro LP solo e em 1993, lançou o seu segundo LP "Amor tão Puro", que alcançou, assim como o primeiro, grande sucesso entre o público em geral. Em 1996 Léa Mendonça foi contratada pela gravadora MK. Seu CD ETERNAMENTE SUA chegou como um bálsamo para os corações contritos, um grito de louvor e glórias ao Deus que tem feito de Léa Mendonça uma missionária das Boas Novas de Jesus Cristo.

Em 1998, Léa chegou às lojas seu segundo trabalho pela MK, o CD FELICIDADE, dando continuidade a sua carreira e trazendo o estilo do louvor pentecostal que tem conquistado seu público. Depois de UMA NOVA UNÇÃO (2002), a cantora investiu no pentecostal pop com o quarto CD intitulado LOUVOR PROFÉTICO - AO VIVO (2004), que traz uma nova roupagem para suas canções pentecostais. Foram três anos preparando este disco que retrata experiências marcantes que Léa viveu durante este período. "Espero que as pessoas se identifiquem e sejam encorajadas como fui pelo Senhor", declara. A produção é assinada por Kleber Lucas, responsável pelo tom pentecostal pop do CD, gravado ao vivo, na Igreja Assembléia de Deus da Ilha do Governador (RJ). 

Esse álbum marcou a vida e o ministério de Léa. Foi a primeira vez que Léa gravou um disco ao vivo. Ela foi acompanhada por um coral de adolescentes com mais de 300 vozes e um público de quase 500 pessoas. "Gravamos direto, sem pausa, o que propiciou naturalidade ao trabalho. Me senti dirigindo um louvor, sem me preocupar com a gravação ", conta. De acordo com a cantora, essa experiência lhe trouxe mais autoridade e segurança e, ainda, o privilégio de levar à casa das pessoas o ambiente de adoração em que foi gravado o CD. "O disco é um registro fiel do que aconteceu na gravação ", afirma. 

O repertório foi escolhido criteriosamente pela cantora, incluindo canções de Samuel Silva, da Igreja Batista Nova Jerusalém; Flávia Afonso, Fabiano Barcelos; e seu irmão Sérgio Paulo Mendonça. Léa compôs sete músicas das 12 faixas, entre elas, a canção "Memórias", que define como o tema de sua vida, pois traz uma mensagem de perseverança e consolo. Esse hino foi e é cantado até hoje nos cultos pelo Brasil e até no exterior. 

Em 2006, Léa lançou outro CD ao vivo: APENAS UMA VOZ. O título é poético e define, com simplicidade, a essência do trabalho de Léa Mendonça. Um CD com letras profundas e uma interpretação marcante da cantora, que figura na lista das vozes mais belas do país. Léa começou seu ministério no grupo Altos Louvores - que também revelou talentos como Eyshila, Jozyanne e Liz Lanne na década de 80. APENAS UMA VOZ - AO VIVO foi seu quinto trabalho pela MK Music e teve produção do também cantor Kleber Lucas. 

O álbum tem um gostinho de continuidade do bem-sucedido Louvor Profético - Ao Vivo, que ultrapassou a marca de 100 mil cópias vendidas, e rendeu a Léa Disco de Ouro certificado pela Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD). "O resultado do trabalho com o Kleber é fenomenal. A trajetória é um pouco difícil, porque ele é muito ocupado e tem muitos compromissos por ser uma pessoa muito popular, muito requisitada. Nem sempre conseguimos fazer as coisas rápidas com ele", revela Léa, exultante com o resultado alcançado no novo trabalho. Surpreendendo a cada lançamento, Léa lançou no finalzinho de 2008 SUPERAÇÃO. O CD foi gravado ao vivo na Igreja Evangélica Shekinah, em Xerém, Baixada Fluminense (RJ). "Foi uma glória. O poder de Deus estava lá. A gente realmente viu o céu se abrir, a glória de Deus descer. Foram momentos de muita unção", declarou Léa ao final do evento. Além de cantar e ministrar, Léa também atuou como regente do coral formado pela congregação local e membros da Igreja Batista Nova Jerusalém, na Ilha do Governador, dirigida por ela e seu marido, Pr. Sérgio.   

Da primeira à décima segunda faixa, Superação fala de vitórias, adoração a Deus, bênçãos, santidade, temor, unção, mas também aborda temas como traição entre amigos e as armadilhas humanas, na faixa que leva o título de 'Coração Enganoso'. A primeira música de trabalho escolhida é 'Eu Preciso Te Adorar', que já figura na lista das mais pedidas em rádios de várias capitais do país. Rogério Vieira assina pela primeira vez um CD de Léa Mendonça. O requisitado Rogerinho, como é conhecido, caprichou nos arranjos. Fez um CD dentro da identidade musical da cantora com elementos novos, que deram um toque a mais. "Trabalhar com a Léa não foi difícil, ela é uma pessoa maravilhosa, uma compositora fabulosa, uma mulher que tem a sensibilidade de Deus no coração", atestou o produtor.

Léa replica, define sua vida e ensina: "A minha história é uma história de superação, de romper limites. Quantas palavras negativas eu já ouvi para desistir do meu ministério. Só Deus, eu e o meu marido sabemos o quanto sofri. Mas eu não desisti, e hoje estou aqui. Os nossos limites não podem nos impedir de tomar posse daquilo que já é nosso". Inspire-se ouvindo Superação e tome posse dessa promessa também. O novo CD de Léa Mendonça pela MK Music, PROFETIZANDO VIDA - AO VIVO -  , é o 8º trabalho da cantora pela gravadora e canal de bênção para todos os admiradores de sua voz. "Tenho certeza que todos irão gostar e serão poderosamente abençoados. Vamos resgatar e profetizar vidas para o Senhor", declarou Léa. A primeira música de trabalho "Eu Mato Esse Gigante" já está tocando nas rádios, com grande repercussão e ultrapassou 35 mil visualizações no canal da gravadora no Youtube.

Os álbuns Louvor Profético, Apenas uma Voz, Superação[4] , Milagres da Adoração e Profetizando Vida foram certificados com disco de ouro[5] , sendo o Milagres da Adoração e o Apenas Uma Voz certificados com disco de platina por mais de oitenta mil[6] e 100.000 mil cópias vendidas respectivamente.[7] [8]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Discografia com o conjunto Altos Louvores
CD Ano Gravadora
Meu Grande Eu Sou 1984 Som e Louvores
Anseios 1986 Som e Louvores
Para Onde vão as Aves 1987 Som e Louvores
Brilhante 1988 Som e Louvores
Poucas Palavras 1989 Som e Louvores
Meu Querer 1990 Som e Louvores
A Força do Amor 1991 Som e Louvores
Discografia Solo
CD Ano Gravadora
Olha pra Mim 1992 Som e Louvores
Amor tão Puro 1993 Som e Louvores
Eternamente Sua 1996 MK Music
Felicidade 1998 MK Music
Nova Unção 2000 MK Music
Louvor Profético 2003 MK Music
Apenas uma Voz 2005 MK Music
Superação 2008 MK Music
Recordações 2011 MK Music
Milagres da Adoração 2011 MK Music
Profetizando Vida 2013 MK Music

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

CD Ano Gravadora
Louvores Inesquecíveis 1992 Som e Louvores
As 10 Mais 2005 MK Music
Som Gospel 2010 MK Music

Indicações[editar | editar código-fonte]

Troféu Talento
Ano Categoria Resultado[9] [10]
2005 "Melhor Intérprete Feminino" Indicada
2009 "Álbum Pentecostal" - CD Superação Indicada
Troféu Promessas
Ano Categoria Resultado[11] [12]
2011 "Melhor DVD" - Recordações Indicada
2011 "Melhor CD" - Milagres da Adoração Indicada
2011 "Melhor Cantora" Indicada
2013 "Melhor Cantora" Indicada

Referências

  1. Discografia no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira de Léa Mendonça Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Visitado em 29 de março de 2014.
  2. Léa Mendonça - Lea mendonca - Meu Grande Eu Sou Tela Gospel. Visitado em 11 de abril de 2014.
  3. Léa Mendonça - Amor tão Puro Som & Louvores. Visitado em 23 de março de 2013.
  4. MK e Léa Mendonça conquistam Disco de Ouro com CD Superação Gospel Prime (24/05/2010). Visitado em 29 de março de 2014.
  5. Leiliane Roberta Lopes (10/04/2013). Profetizando Vida é o novo CD de Léa Mendonça Gospel Prime. Visitado em 29 de março de 2014.
  6. Léa Mendonça ganha Disco de Platina Gospel Channel Brasil. Visitado em 28 de março de 2014.
  7. Léa Mendonça Recebe Disco de Ouro e Platina Ozzner. Visitado em 16 de abril de 2014.
  8. Érika Oliveira (8/09/2012). Léa Mendonça recebe Disco de Platina do álbum Milagres da Adoração. Confira fotos Gospel+. Visitado em 28 de março de 2014.
  9. Gospel+. Indicados ao Troféu Talento 2009. Visitado em 29 de janeiro de 2013.
  10. Conheça os indicados ao Troféu Talento 2005 Super Gospel (02/02/2005). Visitado em 29 de março de 2014.
  11. Troféu Promessas divulga lista de artistas selecionados e dá início à votação popular Gospel+ (17 de agosto de 2011). Visitado em 29 de março de 2014.
  12. MK Music recebe 36 indicações ao Troféu Promessas 2013 Rádio93. Visitado em 29 de março de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.