Língua harari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Harari
Falado em: Etiópia
Região: Harari
Total de falantes: 25.810 (Censo 2007)[1]
Família: Afro-Asiática
 Semítica
  Semítica Sul
   Semítica Etiópicas
    Sul
     Transversal
      Harari-Gurage Leste
       Harari
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: har

Harari (às vezes chamada (H)aderi ou (H)adere) é a língua do povo harari da Etiópia. Conforme o censo de 1998 da Etiópia, a língua era falada por 21.283 pessoas. A maioria dos seus falantes também domina a língua amárica e o oromo. A língua é bem relacionada às línguas gurage leste, à língua zay e ao silte. Os falantes locais e os nativos a chamam também de "Gey sinan" (“Língua da cidade”). Muito do vocabulário é de origem árabe e, em menor escala, do italiano.

Escrita[editar | editar código-fonte]

A língua Harari tem duas formas de escrita.[2]

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

alfabeto latino Waldâchzinâw dînziyu wâ sinânziyûw matlêmadle 1992be qurân gêy kafatnama Gêy sinânuw amânbe matlêmad nifarkikut lâtîn harfîbe matlêmad êgalna.

Yîbe amânbe waldâchzina ûga zilahadube, 1999be bâdbe (Hararbe) hukûmazina sabai harfibe sinânzinâw maktable murti huluf zâshasa iggnâchum fîtzinâw azzo garab gargab âshna. Yakhnimâm qâcibe zilêqu waldâchuw sabai harfîw matlêmad ôrkut tâb khânama agagnnêw.

Português

Desde 1992 uma Escola de Língua Harari foi fundada para ensinar a língua Harari para nossas crianças. Para simplificar o processo de ensino nós adotamos o alfabeto latino e o desenvolvemos para as necessidades da língua Harari.

Em 1999, quando o Governo Regional de Harari adotou a escrita Sabeana (Etiópica), nos tentamos usá-la aqui para nossos estudantes. Porém nossos estudantes acharam a Sabeana muito difícil para aprender.[3]

Notas e referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em língua alemã

  • Abdurahman Garad and Ewald Wagner. 1998. Harari-Studien : Texte mit Übersetzung, grammatischen Skizzen und Glossar. Wiesbaden: Harrassowitz. ISBN 3-447-03937-X. [1]
  • Wagner, Ewald. 1983. Harari-Texte in arabischer Schrift : mit Übersetzung und Kommentar. Wiesbaden: F. Steiner.

Em língua italiana

  • Cerulli, Enrico. “La lingua e la storia di Harar” in Studi Etiopici, vol. I, 1936 (Roma).

Em língua francesa

  • Leslau, Wolf. 1938. Contributions a l’etude du Harari (Abyssinie meridionale). Paris: P. Geuthner.
  • Mondon-Vidailhet, François Marie Casimir. 1902. La langue Harari et les dialectes Ethiopies du Gouraghe. Paris: Imprimerie nationale.
  • Cohen, Marcel. 1931. Etudes d'éthiopien méridional. Paris. pp. 243–354.

Em língua inglesa

  • Gardner, Simon and Ralph Siebert. 2001. "Sociolinguistic survey report of the Zay language area." SIL Electronic Survey Reports, 2002-024. PDF
  • Leslau, Wolf. 1958. The verb in Harari : (South Ethiopic). Berkeley: University of California Press.
  • Leslau, Wolf. 1965. Ethiopians speak. Studies in cultural background. Part I: Harari. Near Eastern Studies, no. 7. Berkeley: University of California Press.

Notas e referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]