Lobo Gargurevitch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Lobo Gargurevitch (em servo-croata, Vuk Branković, ou ainda o apelido de Lobo-Dragão Ognjeni), nascido Vuk Grgurević (1471-16 de abril de 1485), foi um déspota sérvio. Embora Vuk seja um nome próprio comum em sérvio, acredita-se que no caso do Gargurevitch tenha sido mais um apelido dado a posteriori, pela comparação com o animal lobo.

Vuk Grgurević

Era filho de Gregório Branković e neto de Jorge Branković. Em sua juventude, foi com os turcos que ajudaram seu pai a obter o despotado da Sérvia após a morte do déspota Jorge, em 1458.

Quando uma delegação turca chegou a Belgrado em 1465 com uma oferta de paz, Vuk estava entre eles. Lá, entrou a serviço dos húngaros e se tornou ajudante do Rei Matias Corvino, e dos exércitos dos sérvios da Sírmia e da região em torno. Muito corajoso, Vuk ganhou uma grande reputação, o que mostrava o seu melhor valor, e as pessoas passaram a conhecê-lo pelo nome de lobo-dragão Ognjeni. É o herói de muitas canções de gesta, trovas e poemas folclóricos sérvios.

Lutou com os húngaros contra os tchecos, polacos e austríacos, e, especialmente, contra os turcos. Foi nomeado déspota da Sérvia em 1471 e recebeu um grande posse na área de hoje Voivodina, uma vez que eram propriedade do déspota Jorge, seu avô: Kupinik (Kupinovo), Slankamen, Berkasovo, Bečkerek (Zrenjanin), a Rocha Branca e outras.

Diz a lenda que fundou o mosteiro de Grgeteg e de São Nicolau em Slankamen.

Vuk foi casado com Bárbara Frankopan. Como um déspota, Vuk foi particularmente entronado em 1476 em Srebrenica e no âmbito de Šaba e Semêndria. Ficou especialmente famosa sua campanha de 1480 em Saraievo. Lutou contra os turcos na Sérvia em 1481. A partir daí, com a proximidade de Krusevac, cerca de 50.000 pessoas, que moravam em Timisoara. No combate contra os turcos, o déspota foi morto em 16 de abril de 1485.

Ver também[editar | editar código-fonte]