Ludovico Einaudi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ludovico Einaudi
Einaudi em 2012
Informação geral
Nome completo Ludovico Einaudi
Nascimento 23 de novembro de 1955 (59 anos)
Local de nascimento Turim
 Itália
Origem Turim
Nacionalidade  Itália
Gênero(s) Erudita
Ocupação(ões) Músico, Compositor
Instrumento(s) Piano, Sintetizador, Teclado, Violão
Período em atividade 1980-presente
Influência(s) Luciano Berio
Página oficial www.ludovicoeinaudi.com

Ludovico Einaudi (Turim, 23 de novembro de 1955) é um pianista e compositor italiano de música erudita. Depois de treinar no Conservatório de Verdi em Milão e influenciado pelo compositor Luciano Berio no início dos anos 1980, Einaudi iniciou sua carreira como compositor de música erudita e logo incorporou outros estilos e gêneros, incluindo pop, rock, world music e folk music[1] . Einaudi compôs dezenas de músicas para filmes e trailers, incluindo Intocáveis, I'm Still Here, Doctor Zhivago e Acquario em 1996, pelo qual ganhou a Grolla d'Oro por melhor trilha sonora. Ele possui vários álbuns solo de piano e orquestra, como I Giorni em 2001, Nightbook em 2009, e In a Time Lapse em 2013.

Vida e Educação[editar | editar código-fonte]

Einaudi nasceu em Turin, Itália.[2] Seu pai, Giulio Einaudi, era editor de autores como Ítalo Calvino e Primo Levi, e seu avô, Luigi Einaudi, foi Presidente da Itália entre 1948 e 1955. Sua mãe tocava piano com ele desde criança.[3] Ele começou compondo suas próprias músicas ainda adolescente, primeiro escrevendo para tocar numa folk guitar.[4] Ele iniciou seu treinamento musical no Conservatório de Verdi em Milão, ganhando um diploma em composição em 1982.[5] . No mesmo ano ele estudou com Luciano Berio e ganhou um intercâmbio escolar para o Festival de Música de Tanglewood.[6] De acordo com Einaudi, "Berio tem interesse em trabalhos musicais com vocal africano e fez alguns arranjos de músicas dos Beatles, e ele me ensinou que há uma espécie de dignidade dentro da música. Eu aprendi orquestração dele e um jeito liberal de pensar sobre música."[1] [4]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Participações em filmes e na televisão[editar | editar código-fonte]

Trilhas Sonoras em Filmes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Sweeting, Adam (July 16, 2012). "BT River of Music: Ludovico Einaudi interview for London 2012". The Telegraph. Retrieved 01/Dez/2012
  2. "Ludovico Einaudi". IMDB. Retrieved 01/Dez/2012.
  3. "History and Mystery The Piano spheres of Ludovico Einaudi: Interview". Bluefat. Retrieved 01/Dez/2012.
  4. a b "Ludovico Einaudi". Mainly Piano. February 2010.
  5. "Ludovico Einaudi". Ponderosa Music.
  6. "Ludovico Einaudi". Chester Novello.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]