Luigi Musso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luigi Musso
Da esquerda para a direita os pilotos von Trips , Luigi Musso (de vermelho) e Harry Schell durante o Grande Prêmio da Argentina de 1957.
Informações pessoais
Nacionalidade Italiana
Registros na Fórmula 1
Temporadas 19531958
Equipes Maserati, Ferrari
GPs disputados 25 (24 largadas)
Títulos 0
Vitórias 1
Pódios 7
Pontos 44
Voltas mais rápidas 1
Primeiro GP Grande Prêmio da Itália de 1953
Primeira vitória Grande Prêmio da Argentina de 1956
Última vitória Grande Prêmio da Argentina de 1956
Último GP Grande Prêmio da França de 1958

Luigi Musso (Roma, 28 de Julho de 1924 –– Reims, 6 de Julho de 1958) foi um piloto italiano de Fórmula 1.

Começou sua carreira em categorias semelhantes à Fórmula 1 na época. Ao se destacar, veio a ir para a Maserati em 1953, considerada uma grande equipe da época. Lá permaneceu por dois anos, destacando-se tanto que foi para a Ferrari, a melhor equipe da época.[1]

No auge de sua carreira pela Ferrari [2] veio a falecer em uma grave batida no circuito de Reims, na França, pelo Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 1958 quando a sua Ferrari 500 bateu gravemente em um pilar fazendo com que o seu carro ricocheteasse de modo tão violento que fez com que a cabine não resistisse, sendo rachada violentamente e lançando o piloto a quase 100 metros. Chegou a ser levado para um hospital local (naquela época não havia hospitais na pista) não resistindo aos graves ferimentos que foram ocasionados pela sua grave queda sendo declarado morto 20 minutos depois de ter chegado ao hospital, provalvelmente por traumatismo craniano.[3] [4] Após a confirmação da morte de Musso, o pentacampeão mundial Juan Manuel Fangio encerra sua carreira.[5]

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. Luigi Musso. ESPN. Página visitada em 1 de maio de 2014.
  2. AFP (8 de julho de 1958). Sin volantes ha quedado o automobilismo italiano. El Tiempo, Ano 47, edição 16162, página 10. Página visitada em 1 de maio de 2014.
  3. AFP (8 de julho de 1958). Os italianos choram a morte de Luigi Musso. Folha da Manhã, Ano XXXIV, edição 10490, seção esportiva, página 13. Página visitada em 1 de maio de 2014.
  4. GP de Reims:Hawtron venceu. L. Musso morreu. Jornal do Brasil, ano LXVIII, edição 156, Segundo Caderno, página 1 (8 de julho de 1958). Página visitada em 1 de maio de 2014.
  5. Juan Manuel Fangio abandonará definitivamente as competições. Folha da Noite, Ano XXXVII, edição 10936, página 10 (22 de julho de 1958). Página visitada em 1 de maio de 2014.