Mancha Solar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mancha Solar
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Marvel Graphic Novel #4: The New Mutants (1982)
Criado por Chris Claremont
Bob McLeod
Características do personagem
Alter ego Roberto da Costa
Espécie Humano Mutante
Terra natal Rio de Janeiro, Brasil
Afiliações X-Men
Costa International
Clube do Inferno
Novos Mutantes
X-Force
Corporação X
Parentesco Emmanuel da Costa (pai, morto), Nina da Costa (mãe)
Codinomes conhecidos Lord Imperial
Torre Negra
Rei Negro
Habilidades Absorção solar e redirecionar;
Força sobrehumana;
Voo;
Projeção de calor e luz, Pirocinese, ótimo lutador de Artes Marciais mancha tambem consegue controlar parcialmente o sol ele poderia ficar por horas dentro dele absorvendo sua energia
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Mancha Solar (Sunspot, em Inglês) é o alter-ego de Roberto da Costa é um personagem de história em quadrinhos da editora Marvel Comics que faz parte do universo Marvel. Foi criado em 1982 por Chris Claremont e Bob Mcleod, surgindo na revista Marvel Graphic Novel 4: New Mutants e foi provavelmente o primeiro personagem brasileiro da Marvel Comics. Originalmente seu sobrenome era grafado como "DaCosta", mais comum em países hispânicos[1] Fez parte das equipes Novos Mutantes e X-Force. Em 2005 ele foi o presidente do Clube do Inferno. A partir de outubro de 2012, faz parte da nova formação dos Vingadores.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Ele nasceu no Rio de Janeiro, Brasil, e manifestou suas habilidades mutantes pela primeira vez num jogo de futebol. Roberto é um jogador de futebol de nível profissional, que chegou a ser cotado para uma escalação nas olimpíadas. Seus poderes se manifestaram pela primeira vez durante uma briga entre seu time e outro. Dada a situação, as notícias de sua natureza mutante se espalharam rapidamente, chamando a atenção de Donald Pierce, um membro do Clube do Inferno com tendências anti mutantes. Ele enviou mercenários para que sequestrassem a namorada de Roberto, Juliana Sandoval. Ela foi usada como isca para atrair Roberto para uma emboscada. Roberto estava prestes a ser morto pelos mercenários quando foi salvo por Karma e Miragem. Juliana morreu durante esse confronto tentando proteger o namorado de um disparo.

Mancha Solar perseguiu Donald Pierce em busca de vingança, junto de Karma e Miragem. Mais tarde foram acompanhados por Lupina e Míssil. Depois que Pierce fugiu, O Professor Charles Xavier se ofereceu para treinar os cinco mutantes. Eles se tornaram os Novos Mutantes, uma equipe à parte dos X-Men que estava mais focada em aprender a controlar seus poderes do que em combater ameaças.

Mancha Solar só recebeu o poder de disparar rajadas energéticas concussivas depois de ter sua capacidade de absorção sobrecarregada artificialmente pelo vilão Gedeão.

Poderes e Habilidades[editar | editar código-fonte]

Ele é um Mutante nível Omega, que tem o poder de absorção de energia solar e pode converter esta em grande força corporal e resistência: nessa forma é capaz de voar e emitir rajadas de plasma negro. Quando usa seus poderes, seu corpo se envolve em chamas negras, e seus olhos se tornam brilhantes. Nessa forma solar, ele também adquire superforça e quanto mais energia absorve, mais forte fica, além de seu campo de energia se tornar praticamente impenetrável, ter controle do fogo e poder aquecer ou absorver calor de qualquer corpo. Tem uma técnica, chamada super-nova, capaz de cegar qualquer pessoa, com os olhos abertos ou fechados, além de ter o controle da luz. Por causa de sua áurea de energia, Mancha Solar, a partir do momento em que se transforma, não precisa respirar e mantém seus poderes mesmo dentro d'água ou fora da Terra.

Incongruências[editar | editar código-fonte]

Como é comum com personagens estrangeiros ou que não tenham uma trajetória relativamente longa, a cronologia de Mancha Solar comporta várias inconsistências. A maioria pode ser explicada de uma ou outra forma, mas não de maneira realmente convincente.

  • Roberto já apareceu diversas vezes falando em espanhol no lugar de português (esse erro é recorrente em outras personagens brasileiras da Marvel).
  • Os nomes dos times de futebol citados nos roteiros tem um tom ilustrativo só comum em outros países da América Latina (como o Strongest da Bolívia e o Pumas do México). No Brasil os times são geralmente nomeados em homenagem ao bairro ou cidade sede (Botafogo, Bangu, São Paulo, Ponte Preta).
  • Algumas histórias dizem que ele nasceu em São Paulo. Na sua estréia e em outras, ele é descrito como natural do Rio de Janeiro.
  • Alguns nomes de pessoas e lugares são de origem hispânica, como a Escola Vilár, onde Roberto estudou.

Referências

  1. Sidney Gusman (1995). "Heróis brasileiros com sotaque estrangeiro". Heróis do Futuro #14. Press Talent
  2. http://www.marvel616.com/2012/09/revelados-os-vingadores-da-marvel-now.html#more