Manga (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Manga
Bandeira de Manga
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Fundação 7 de setembro de 1923
Gentílico manguense [1]
Prefeito(a) Anastácio Guedes Saraiva (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Manga
Localização de Manga em Minas Gerais
Manga está localizado em: Brasil
Manga
Localização de Manga no Brasil
14° 45' 21" S 43° 55' 55" O14° 45' 21" S 43° 55' 55" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008 [2]
Microrregião Januária IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Matias Cardoso, Montalvânia, Miravânia, São João das Missões, Juvenília e Malhada (BA)
Distância até a capital 709 [3] km
Características geográficas
Área 1 968,082 km² [4]
População 19 846 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 10,08 hab./km²
Altitude 440 m
Clima semiárido [6]  Bsh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,603 médio PNUD/2000 [7]
PIB R$ 100 289,323 mil IBGE/2008[8]
PIB per capita R$ 4 683,57 IBGE/2008[8]
Página oficial

Manga é um município do estado de Minas Gerais, no Brasil.

O município está situado no semiárido mineiro, no alto médio vale do Rio São Francisco, localizado à margem esquerda do mesmo rio.

O ponto mais alto do município, a cabeceira do Rio Itacarambi, está a 828 metros de altitude [1].

A população é originária, conforme consta nos anais da história manguense [carece de fontes?], de caboclos, escravos e naturais de Pernambuco que ali instalaram-se com o ex-governador das Minas Gerais, um dos líderes dos emboabas, Manuel Nunes Viana.

Mais história[editar | editar código-fonte]

A região que abrange o atual município era, até meados do século XVII, habitada por indígenas. Com o desbravamento feito pelas bandeiras, grupos enviados pelo governo-geral para explorar a terra em busca das riquezas do solo foram, aos poucos, expulsando os índios.

O arraial surgido na época do bandeirismo, São Caetano do Japoré, era uma das mais antigas freguesias criadas pelo bispo de Pernambuco. Foi elevado a município em 1923, desmembrando-se de Januária. O município tem, como atrativo, a Cachoeira do Japoré, onde o rio corre entre pedras e matas nativas, formando um véu de três quedas.

Politica[editar | editar código-fonte]

Anastácio Guedes Saraiva ("Anastácio") é o atual prefeito de Manga. Na eleição passada concorreu como vice-prefeito.Além de político, é empresário, no ramo de aparelhos celulares.

Cultura[editar | editar código-fonte]

O poeta Anfrísio Lima é um dos representantes da cultura local.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Há as festas de São Benedito, Nossa Senhora da Conceição, bem como as visitas às misteriosas grutas do Morro de Matias Cardoso. Deve-se percorrer 702 quilômetros a partir de Belo Horizonte, pela BR-135 e MG-401. Então, atravessa-se o Rio São Francisco, havendo inclusive porto, de onde há acesso a Pirapora. Pequenos aviões também pousam no seu campo de terra. Recentemente, foi criado o Parque da Mata Seca.

Música[editar | editar código-fonte]

Em homenagem a João Moreira dos Santos, ilustre manguense, maestro, responsável pela formação de vários músicos na cidade de Manga e região, a Associação Manguense de Arte e Cultura recebeu o seu nome.

Também, o grande cantor de forró e manguense Washington Brasileiro, nasceu na cidade no dia 15/11/1971. Possui 13 discos lançados e 4 DVD's. Possui uma musica homenageando a cidade, chamada "Onde Nasci".

Referências

  1. IBGE Cidades@ O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. distancias-bhmunicipios Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  4. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  5. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. World Map of the Köppen-Geiger climate classification World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  7. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  8. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.