Margarida Rebelo Pinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde dezembro de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Maria Margarida Valente Rebelo Pinto (Lisboa, 7 de Junho de 1965) é uma escritora portuguesa[1] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de Jaime de Lemos Rebelo Pinto e de sua mulher Helena Maria Firmino Cansado Valente (29 de Agosto de 1937), Margarida Rebelo Pinto licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Clássica de Lisboa e iniciou a actividade de jornalista em várias publicações como: O Independente, Se7e, Marie Claire e Diário de Notícias. Enquanto escritora, escreveu seis romances, quatro livros de crónicas, um livro para crianças e uma biografia.

O seu primeiro livro, Sei lá, publicado em 1999, foi um dos maiores sucessos de vendas em Portugal, atingindo números de vendas pouco usuais para o país. Mais tarde, com os seus títulos seguintes, rapidamente alcançou um êxito similar. Actualmente, as suas obras encontram-se traduzidas na Espanha, Brasil, Países Baixos, Bélgica, Alemanha e Lituânia.

Paralelamente à escrita, Margarida dedicou-se também ao cinema, sendo a autora do telefilme da SIC Um Passeio no Parque e, mais recentemente, às peças de teatro.

Mãe de Lourenço Rebelo Pinto Feron, nascido a 17 de Outubro de 1995. É prima em segundo grau de Catarina Wallenstein e prima em quarto grau de Pedro Granger.

Obra[editar | editar código-fonte]

Libri books2.jpg

Livros[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - Sei Lá[2]
  • 1999 - Herman Superstar (Biografia de Herman José)
  • 2000 - Não há Coincidências[2]
  • 2000 - As Crónicas da Margarida
  • 2002 - Alma de Pássaro[2]
  • 2002 - Artista de Circo
  • 2003 - I'm in Love With a Pop Star[2]
  • 2004 - Nazarenas e Matrioskas
  • 2005 - Pessoas como Nós
  • 2006 - Diário da Tua Ausência[2]
  • 2006 - Vou Contar-te um Segredo[2]
  • 2007 - A Rapariga que Perdeu o Coração
  • 2008 - Gugui, o Dragão Azul
  • 2008 - Português Suave[2]
  • 2008 - Onde Reside o Amor[2]
  • 2009 - O Dia em Que Te Esqueci[2]
  • 2010 - A Minha Casa é o Teu Coração[2]
  • 2011 - Minha Querida Inês[2]
  • 2012 - O Amor é Outra Coisa[2]
  • 2013 - Há Sempre Uma Primeira Vez[2]

Argumento para Filmes[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - Um passeio no Parque
  • 2009 - Sei lá, adaptação do livro para o cinema

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • 2003 - Rosa Choque, TVI

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - Prémio Literário Fnac, para Sei lá

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Passei a dar mais valor à vida e a não fazer fretes (em português). Jornal Correio da Manhã (11 de Novembro de 2007). Página visitada em 21 de Dezembro de 2013.
  2. a b c d e f g h i j k l m Margarida Rebelo Pinto (em português). FNAC. Página visitada em 21 de Dezembro de 2013.