Maria Teresa de Löwenstein-Wertheim-Rosenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maria Teresa de Löwenstein-Wertheim-Rosenberg (4 de Janeiro de 187017 de Janeiro de 1935) foi uma nobre alemã.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Roma, Itália, Maria Teresa era a quarta filha de Carlos, o sexto príncipe de Löwenstein-Wertheim-Rosenberg, e de sua segunda esposa, a princesa Sofia de Liechtenstein.

No dia 8 de Novembro de 1893, em Kleinheubach, Alemanha, ela casou-se com seu primo D. Miguel II de Bragança, filho dos depostos reis D. Miguel I de Portugal e D. Adelaide (sua tia paterna). D. Miguel II era, desde 1881, viúvo de Isabel de Thurn e Taxis.

Eles tiveram oito filhos:

  1. Isabel Maria de Bragança (1894-1970), tornou-se, por casamento, princesa de Thurn e Taxis;
  2. Maria Benedita de Bragança (1896-1971), não se casou;
  3. Mafalda de Bragança (1898-1918), não se casou;
  4. Maria Ana de Bragança (1899-1971), tornou-se, por casamento, princesa de Thurn e Taxis;
  5. Maria Antónia de Bragança (1903-1973), casou-se com o norte-americano Sidney Ashley Chanler;
  6. Filipa de Bragança (1905-1990), não se casou;
  7. Duarte Nuno de Bragança (1907-1976), casou-se com Maria Francisca de Orléans e Bragança e reivindicou o título de Duque de Bragança;
  8. Maria Adelaide de Bragança (1912-2012), casou-se com o neerlandês Nicolaas van Uden;

Maria Teresa viveu na Alemanha. Faleceu em Viena, na Áustria, aos sessenta e cinco anos de idade.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.