Meia-Noite em Paris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Meia-Noite em Paris
Midnight in Paris
 Estados Unidos  Espanha
2011 • cor • 94[1] min 
Direção Woody Allen
Produção Letty Aronson
Stephen Tenenbaum
Jaume Roures
Roteiro Woody Allen
Elenco Owen Wilson
Marion Cotillard
Rachel McAdams
Idioma inglês
Música Stephane Wrembel
Cinematografia Darius Khondji
Edição Alisa Lepselter
Estúdio Gravier Productions
Mediapro
Televisió de Catalunya (TV3)

Versátil Cinema

Distribuição Sony Pictures Classics
Lançamento Estados Unidos 10 de junho de 2011
Brasil 17 de junho de 2011
Portugal 15 de setembro de 2011
Orçamento US$ 17 milhões[2]
Receita US$ 151.119.219[2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Midnight in Paris (Brasil/Portugal: Meia-noite em Paris) é um filme de comédia romântica e fantasia, escrito e dirigido por Woody Allen lançado em 2011. É estrelado por Owen Wilson, Marion Cotillard e Rachel McAdams. Na semana de 23 de janeiro de 2012 foi indicado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ao Oscar de melhor direção de arte (Anne Seibel e Hélène Dubreuil), melhor direção (Woody Allen) e como melhor filme, além de ter sido o vencedor do prêmio de melhor roteiro original (Woody Allen).[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Gil (Owen Wilson) é um escritor e roteirista americano que vai com a noiva Inez e a família dela à Paris, cidade que idolatra. Ele realiza vários passeios noturnos e sozinho, quando descobre que, surpreendentemente, ao badalar da meia-noite, é transportado para a Paris de 1920, época e lugar que considera os melhores de todos. Nessas "viagens", Gil vai a várias festas onde conhece inúmeros intelectuais e artistas que admira e que frequentavam a cidade-luz naquela época:F. Scott Fitzgerald, Gertrude Stein, Ernest Hemingway, Salvador Dali dentre outros. Até que tenta acabar o seu romance com Inez, pois se apaixonou por Adriana (Marion Cotillard), uma bela moça do passado, e é forçado a confrontar a ilusão de que uma vida diferente (a "época de ouro" francesa) é melhor do que a atualidade [4] .

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Owen Wilson e Woody Allen promovendo o filme no Festival de Cannes de 2011

Carla Bruni, a ex primeira-dama da França, faz uma ponta no filme. Woody Allen a chamou para interpretar a guia de um museu. Ela explicou o motivo da resposta positiva à nova experiência: "Não sou atriz, mas eu não poderia perder uma oportunidade como essas. Quando eu for avó, gostaria de poder dizer que fiz um filme com Woody Allen.".[5]

É o primeiro filme de Allen totalmente gravado em Paris, apesar de Love and Death e Everyone Says I Love You terem sido parcialmente gravados lá.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.