Mioquimia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mioquimia
Mioquimia da pálpebra pode ser sinal de estresse, esforço, cansaço e/ou cafeína excessiva.
Classificação e recursos externos
CID-10 G51.4
DiseasesDB 31530
eMedicine neuro/235
MeSH D020385
Star of life caution.svg Aviso médico

Mioquimia (do grego Mys- músculo, -kymos onda) se refere a contração involuntária, localizada, rápida e espontânea de um ou mais músculos, mas sem força suficiente para mover articulações. Em geral, benigno e desaparece sem complicações. É mais frequente na pálpebra, face, mãos ou pés.

Causas[editar | editar código-fonte]

Fatores que contribuem para mioquimias são o excesso de cafeína, altos níveis de ansiedade, fadiga, estresse, excesso de trabalho e sono pouco revigorante. O uso de certas drogas ou álcool também podem ser factores desencadeadores.[1] É comum também mioquimia após exercícios pesados, desgaste muscular crônico causado por esforços musculares repetitivos e desequilíbrio na quantidade de potássio no organismo.[2]

Também pode estar associado a problemas na mielina (camadas de membrana plasmática que envolvem os axônios) ou nos canais de potássio ou pode ser um sintoma da síndrome de Isaac.[3]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Geralmente resolve sozinha pelo próprio organismo, sem causar qualquer complicação, então quase sempre não exige medicação. Descansar, beber água e moderar o consumo de álcool e cafeína é recomendado. Compreensões com um pano limpo com água morna podem aliviar a tensão muscular no local. Caso a causa seja uma alergia um anti-histamínico pode resolver. [4]

Injeções com Botox também podem ser usadas para imobilizar os músculos diminuindo as contrações indesejadas no local.

Fenitoína e/ou carbamazepina também podem ser usadas no caso de síndrome de Isaac.

Referências