Moeda de cinquenta centavos do real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A moeda de cinquenta centavos do real entrou em circulação em 1 de julho de 1994, quando do lançamento do novo padrão monetário por ocasião do Plano Real. A moeda continua em circulação, tendo emissões de novos lotes anualmente, à exceção de 1999 e 2004, quando não houve cunhagem de moedas nesse valor.[1]

1ª família (1994-1997)[editar | editar código-fonte]

A moeda foi cunhada apenas em 1994 e 1995, ao contrário das moedas de valores faciais inferiores.

Diâmetro
(mm)
Peso
(g)
Espessura
(mm)
Bordo Material
23,0 3,92 1,20 liso Aço inoxidável

Anverso[editar | editar código-fonte]

Moeda de 50 centavos da primeira geração.png

Valor facial, dístico "centavos", ano de cunhagem e ramos de louro estilizados.

Reverso[editar | editar código-fonte]

Moeda de 1 real da 1ª geração (verso).png

Efígie da República, dístico BRASIL e ramos de louro estilizados.

2ª família (1998-hoje)[editar | editar código-fonte]

Em 1 de julho de 1998 foi lançada a 2ª família de moedas, que representou uma grande mudança estilísticas nas moedas do padrão. A nova moeda de 50 centavos apresenta como peculiaridade uma inscrição no bordo, "BRASIL * ORDEM E PROGRESSO".

Inicialmente, a moeda era feita de cuproníquel. Contudo, devido a um aumento significativo no preço dos materiais utilizados na fabricação, o cuproníquel foi substituído por aço inoxidável, material utilizado nas moedas cunhadas a partir de 2002. As alterações no aspecto físico foram pouco significativas no tocante à tonalidade, brilho e ao peso ligeiramente inferior.[2]

Período Diâmetro
(mm)
Peso
(g)
Espessura
(mm)
Bordo Material
1998-2001 23,00 9,25 2,85 com inscrição Cuproníquel
2002-hoje 23,00 7,81 2,85 com inscrição Aço inoxidável

Anverso[editar | editar código-fonte]

Moeda de 50 centavos da 2ª geração (verso).png

Efígie de José Maria Inacio da Silva Paranhos Júnior (1845-1912), Barão do Rio Branco, estadista, diplomata e historiador brasileiro, considerado o símbolo da diplomacia do Brasil, ladeada pelos dísticos "BRASIL" e "RIO BRANCO", e por cena alusiva à dinamização da política externa brasileira no início da República e à consolidação dos limites territoriais com vários países.

Reverso[editar | editar código-fonte]

Moeda de 50 centavos da 2ª geração.png

À esquerda, linhas diagonais de fundo dão destaque ao dístico correspondente ao valor facial, seguido dos dísticos "centavos" e o correspondente ao ano de cunhagem.

Referências

  1. Banco Central do Brasil. 1ª família - aço inox. Página visitada em 26 de novembro de 2010.
  2. Banco Central do Brasil - Mudanças das moedas - R$0,50 e R$1,00


Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.