Mosteiro de Las Huelgas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mosteiro de Santa María la Real de Las Huelgas

O Mosteiro de Santa María la Real de Las Huelgas é um mosteiro feminino em Burgos, na Espanha. Foi fundado pelo rei Afonso VIII de Castela e pela sua jovem esposa, a princesa de Inglaterra Leonor Plantageneta, filha de Leonor de Aquitânia e de Henrique II de Inglaterra, em 1187.

Na Idade Média, foi o mais importante mosteiro feminino de Castela, albergando raparigas pertencentes à alta nobreza e da família real castelhana.

Possui uma biblioteca, onde as freiras guardavam livros de diferentes e numerosos temas, alguns até proibidos pela Igreja Católica. Um famoso livro compilado e armazenado nesta biblioteca por vários séculos é o códice de Las Huelgas.

O mosteiro teve numerosas abadessas, todas pertencentes à família real castelhana, entre os quais a infanta Constança de Castela, filha de Leonor e de Afonso VIII, que foi abadessa de Las Huelgas de 1219 a 1243, e a infanta Berengária, filha de Beatriz da Suábia e de Fernando III de Leão e Castela (1201-1252) e, portanto, irmã de Afonso X de Castela, o Sábio, rei de Castela e Leão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]