Mount&Blade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mount&Blade
Produtora TaleWorlds
Editora(s) Paradox Interactive
Designer Armagan Yavuz, Steve Negus, Cem Cimenbicer
Plataforma(s) Microsoft Windows
Data(s) de lançamento
Gênero(s) RPG de ação, Simulação
Modos de jogo Single player
Classificação ESRB: Teen (13+)
PEGI: 12+
Média CD, ou download
Requisitos mínimos Intel Pentium 4 ou equivalente a 766 MHz, 512 MB RAM, 700 MB de espaço livre, placa de vídeo 64MB
Hardware
Versão 1.011 (November 3, 2008)[1]

Mount&Blade é um jogo em ambiente medieval single player, sem um roteiro fixo para Windows desenvolvido pela empresa turca Taleworlds e publicado pela Paradox Interactive. A primeira versão foi lançada em 16 de setembro de 2008 na América do Norte, e três dias depois na Europa. O jogo origina-se de um projeto independente de Armagan Yavuz, fundador da Talewords, e sua esposa, Ipek Yavuz. A seguir da data de lançamento, versões beta do jogo são lançadas no website do desenvolvedor.

Mount&Blade é um jogo RPG de ação com ênfase em combates a cavalo. Ao contrário da maioria dos títulos do gênero, o jogo não contém nenhum elemento fantasioso. Ele não restringe o jogador a uma certa linha do tempo, mas apresenta um continente medieval chamado Calradia, onde o jogador ganha habilidade tanto de se alistar a uma das cinco facções, assumindo o papel de um bandido ou ser neutro.

As críticas sobre Mount&Blade são positivas. Avaliadores destacam o jogo por sua mecânica de combate inovadora, e uma larga comunidade de modding, mas também criticam por suas missões repetitivas, diálogos e locais repetitivos, assim como pelos gráficos de baixa qualidade.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Mount&Blade é um jogo de interpretação de papéis, single player e de ação sem nenhum elemento fantasioso, que ocorre na terra medieval chamada Calradia. O jogo conta com uma jogabilidade sem roteiro, e não há linha do tempo. O jogador pode participar de cinco facções de batalha, lutar como um mercenário, assumir o papel de bandido ou ser do lado neutro.

No começo do jogo são oferecidas várias opções para customizar o personagem. Depois de selecionar o gênero, uma série de questões sobre o passado do personagem é conferida, o que define seus atributos iniciais. As opções da face são também customizáveis por um sistema similar aos encontrados nos jogos como The Sims 2 ou The Elder Scrolls IV: Oblivion.

Viajando para outras localidades, ou interagindo com outros exércitos é feito clicando no destino desejado. Ao encontrar outros exércitos adversários, o jogador pode tentar evitar o conflito, ou pode entrar em batalha contra eles. Em Mount&Blade cada batalha é atribuída a um renown value (valor de reconhecimento), que é dado de acordo com o tamanho e força dos membros de cada facção. Baseado no reconhecimento, o jogador pode receber convites de vassalagem pelos líderes de uma das cinco facções. Virando um vassalo, o jogador ganha controle de um feudo, que ele pode controlar e coletar taxas de lá.

Resolvendo missões e destruíndo oponentes o jogador ganha pontos de experiência, que podem ser usados para aprimorar atributos, habilidades e proficiências em armas para futuramente desenvolver o personagem. Mount&Blade faz uso se estatísticas derivadas, significando que os atributos ditam o nível máximo de habilidade de certo atributo. Por exemplo, a habilidade leadership (liderança), que indica o número de membros que um exército pode conter, não pode ser elevado à mais de um terço de seu atributo base, o charisma. Proficiências podem ser elevadas a qualquer momento por atacar outros oponentes.

Cada facção do jogo se baseia em uma civilização que existiu na Terra. O Reino de Swadia (Kingdom of Swadia) é baseado nos reinos em geral da Europa central; o Reino dos Rhodoks (Kingodom of Rhodoks) é baseado nos reinos em geral do Reino Unido; o Reino dos Vaegirs (Kingdom of Vaegirs), baseando-se nos reinos das terras geladas do norte da Europa; o Reino dos Nords (Kingdom of Nords) é baseado nos reinos da extrema Europa Nórdica, assemelhando-se aos Vikings; o Sultanato Sarranid (Sarranid Sultanate) é beaseado nos reinos dos povos dos desertos e das regiões áridas da Ásia e África; e o Khergit Khanate, baseando-se no Império Mongol.

Todas as facções são compostas pelo rei e por seus vassalos. Cada um possui seu próprio exercito, feudos, castelos com guarnição e um título que aparece antes de seus nomes. Para conseguir um exército, o jogador deve ir de vila em vila e perguntar por voluntários para segui-lo. Inicialmente os recrutas são camponeses, mas eles vão se evoluindo toda vez que participam de batalhas, eles vão ganhando pontos de experiencia. Assim, toda vez que eles são evoluídos, melhora-se seus atributos, armadura e armamento.

Referências

  1. Yavuz, Armagan (2008-11-03). Mount&Blade Version 1.011 is ready TaleWorlds. Página visitada em 2008-11-07.