Nisa (Turquemenistão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Junho de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Nisa (também conhecida na Antiguidade como Parthaunisa) foi uma cidade antiga, localizada nas proximidades da aldeia moderna de Bagir, a 18 km de Ashgabat, no Turquemenistão. Nisa foi descrita por alguns autores antigos como uma das primeiras capitais dos partas. Tradicionalmente, teria sido fundada por Ársaces I (reinou de 250 a 211 a.C.), e seria a necrópole real dos reis partas, embora não se tenha sido possível descobrir até hoje se a fortaleza descoberta no local era uma residência ou um mausoléu.

Escavações[editar | editar código-fonte]

As escavações em Nisa revelaram diversos edifícios importantes, mausoléus e santuários, diversos documentos com inscrições, e um tesouro que já havia saqueado. Diversas obras de arte helenística foram descobertos, bem como muitos rítons de marfim, moedas decoradas com temas iranianos ou cenas mitológicas clássicas.

Nisa foi renomeada posteriormente Mitradacerta (Mithradatkirt; "fortaleza de Mitrídates"), por Mitrídates I da Pártia (r. 171–138 a.C.). A cidade foi totalmente destruída por um terremoto primeira década a.C.

A fortaleza de Nisa foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 2007.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bibliografia da Missão Arqueológica Italiana na antiga Nisa. Publicações do Centro Scavi di Torino e contribuições dos membros da expedição italiana a Nisa. Página visitada em 30 de agosto de 2009.</ref>
  • GABUTTI A.. The Italian Excavation in Old Nisa: the Northern Corner of the Round Hall Complex. [S.l.: s.n.], 1996. Capítulo Mesopotamia XXXI. 161–177 pp.
  • INVERNIZZI A., KOSHELENKO G.A.. Soviet-Italian Excavations in Old Nisa (Season 1990). [S.l.: s.n.], 1990. Capítulo Mesopotamia, XXV. 47–50 pp.
  • INVERNIZZI A.. La Persia e l’Asia Centrale da Alessandro al X secolo, Atti dei Convegni Lincei, 127. Roma: [s.n.]. Capítulo Archaeological research in Old Nisa 1990-1994. 237–249 pp.
  • INVERNIZZI A.. In: Sarkhosh Curtis, R. Hillenbrand, J.M. Rogers. The Art and Archaeology of Ancient Persia. New Light on the Parthian and Sasanian Empire. V. ed. Londres-Nova York: [s.n.], 1998. Capítulo New Archaeological Research in Old Nisa, 1990-1991. 8-13 pp.
  • INVERNIZZI A.. Bulletin of the Asia Institute. [S.l.: s.n.]. Capítulo Old Nisa and the Art of the Steppes. 33-38 pp. vol. 10.
  • INVERNIZZI A.. In: J. Wiesehöfer. Das Partherreich und seine Zeugnisse, Beiträge des internationalen Colloquiums - Eutin, 1996, (Historia Einzelschriften, 122). Stuttgart: [s.n.]. Capítulo Parthian Nisa. New Lines of Research. 45-59 pp.
  • INVERNIZZI A.. The Square House at Old Nisa. [S.l.]: Parthica, 2000. 13–53 pp. vol. 2.
  • INVERNIZZI A.. Arsacid Dynastic Art. [S.l.]: Parthica, 2001. 133–157 pp. vol. 3.
  • INVERNIZZI A.. In: I. Nielsen. The Royal Palace Institution in the 1st Millennium BC. Atenas: [s.n.]. Capítulo Arsacid Palaces. 295–312 pp.
  • INVERNIZZI A.. After Alexander-Central Asia before Islam. Themes in the history and archaeology of Western Central Asia. [S.l.]: British Academy Conference, 23–25 June 2004, 2004. Capítulo The culture of Nisa, between steppe and empire.
  • INVERNIZZI A.. Thoughts on Parthian Nisa. [S.l.]: Parthica. 133–143 pp. vol. 6.
  • INVERNIZZI A.. Representations of Gods in Parthian Nisa. [S.l.]: Parthica, 2005. 71–80 pp. vol. 7.
  • KOSHELENKO G, LAPCHIN A.. Ricerche nel complesso del Tempio Rotondo a Nisa Vecchia. [S.l.]: Parthica, 2002. 9–45 pp. vol. 4.
  • LIPPOLIS C. Crítica de V.N. PILIPKO, "Staraja Nisa". Zdanie s Kvadratnym Zalom, Moscou, 1996, in Parthica, 3, 2001, p. 221–234.
  • LIPPOLIS C.. Novije Issledovanija Staroj Nisji. Ashkhabad: Kulturnye Ziennosti 2000-2001, 2003.
  • LIPPOLIS C.. Nisa-Mithradatkert: the building to the north of the Round Hall. Preliminary Report of the 2000-2001 excavations campaign. [S.l.]: Central Asia Cultural Values, junho de 2003. 1-17 pp. vol. I, n. 2.
  • LIPPOLIS C. Crítica de PILIPKO V.N., "Staraja Nisa – Osnovnye itogi arheologicheskogo izuchenija v sovetskij period", in Parthica 5, 2003, p. 3-13.
  • The Parthians rhytons of Nisa, Monografie di Mesopotamia (introdução de A. Invernizzi). Firenze: [s.n.], 1982 autor = MASSON M.E., PUGACHENKOVA G.A..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.