Omertà

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde dezembro de 2009). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Omertà é uma palavra de etimologia Italiana, que significa "conspiração" e alguns sicilianos dizem que significa proteção. "Omertà" originou-se da palavra umiltà (Humildade em Italiano). Suas origens ainda são incertas. A pronúncia similar pode ter transformado a palavra umiltà em Omertà.

Definição[editar | editar código-fonte]

Omertà significa silencio obstinado, muito comum no sul da Itàlia onde as pessoas tem medo da Mafia e ao fazer uma denuncia arriscam a pròpria vida, porque as organizaçoes mafiosas sao extremamente vingativas e solidificam o seu poder sobre o medo de pessoas humildes.

No geral, é um consenso, que implica nunca colaborar com as autoridades (polícia). Muito comum no sul da Itália em que a Máfia, 'Ndrangheta e Camorra é poderosa. Pode ser entendido como um "voto de silêncio" entre mafiosos. Caso o juramento seja violado, a punição, na maioria das vezes, é a morte.

O principal motivo por que a Omertà é tão importante no "submundo" da máfia italiana, é a crença de que o governo e as autoridades em geral não estão preocupados com o povo.

Assim sendo, é considerada um desrespeito a atitude de se procurar uma autoridade no caso de algum problema.

A Cosa Nostra tem como um de seus princípios a ajuda a pessoas com problemas, como dinheiro para pagamento de pequenas dívidas, remédios e problemas cotidianos. Em troca, a pessoa adquire uma dívida moral, um penhor de gratidão que poderá ser cobrado no futuro.

O sentimento principal em relação a Omertà é esse: se o governo não o ajuda em seus pequenos problemas, por que se o procuraria para qualquer outro?

Na Itália este sentimento chega a um ponto que pode ilustrar melhor o significado de Omertà:

  • Se um ladrão rouba sua casa uma pessoa não vai a polícia, procura as pessoas que sempre estiveram dispostas a ajudá-la porque elas resolverão o seu problema.
  • Se alguém vê o rosto do assassino da sua família, não conta a polícia, se vinga ou procura quem o faça por si.

Omertà é basicamente um voto de silêncio.