On'yomi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O ideograma japonês 字, de origem chinesa e que significa "letra", tem a pronúncia on'yomi ji, que é uma aproximação da pronúncia corrente na China à época. Mas, com o tempo, 字 adquiriu também as pronúncias kun'yomi aza, umu, e masu, com diferentes significados.

A leitura on, ou on'yomi ('音読み, leitura por som), também conhecida como "leitura chinesa", é a aproximação japonesa da pronúncia dos caracteres Kanji; alguns foram incorporados de regiões distantes da China e em diferentes momentos, sendo por isso que múltiplos on'yomi têm vários significados.

A leitura on'yomi confere prestígio e elegância a termos da língua culta no Japão, pela importância dos vocábulos de origem chinesa. Geralmente, a leitura on'yomi se classifica em quatro tipos:

  • Go-on (呉音; literalmente Som Wu), pronúncia da região Wu.
  • Kan-on (漢音; literalmente Som Han) pronúncia durante a Dinastia Tang entre os séculos VII e IX.
  • Tō-on (唐音;literalmente Som Tang) pronúncia das últimas dinastias, como a Dinastia Song e a Dinastia Ming.
  • Kan'yō-on (慣用音) são erros na pronúncia, que foram integradas à língua.
Exemplos
Kanji Significado Go-on Kan-on Tō-on Kan'yō-on
luz myō mei min *
ir gyō an *
extremamente goku kyoku * *
pérola * shu * ju, zu
nível do taku to *

A forma mais comum de ler é a kan-on. A tō-on ocorre em algumas palavras, como isu 椅子 "cadeira". Finalizando, a go-on é especialmente comum nas leituras de terminologia budista, como gokuraku 極楽 "paraíso".

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}