On Stage (álbum de Rainbow)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

On Stage é um álbum ao vivo lançado pelo Rainbow em 1977. O álbum conta com um cover de uma canção da ex-banda de Blackmore ; Deep Purple: "Mistreated".

O álbum foi gravado ao vivo na Alemanha (no Circus Krone em Munich e no Sporthalle em Cologne) e no Japão (na Arena Budokan e em Osaka) no final de 1976, durante o Rising World Tour. Muitas das faixas foram unidas em conjunto a partir de datas diferentes pelo produtor Martin Birch. Por exemplo, em Catch the Rainbow, a musica foi retirada de dois concertos no Japão em 09 e 16 de Dezembro de 1976

Os recursos de gravação apresentam a introdução habitual para um show do Rainbow - a citação do clássico O Mágico de Oz "Toto: Eu tenho a impressão de que não estamos mais em Kansas. Devemos estar sobre o arco-íris!" com a última palavra repetida como um eco, em seguida, a banda atual toca uma frase da canção Somewhere Over the Rainbow antes de quebrar em Kill the King.

A música "Kill the King" apareceu neste álbum sem nunca ter aparecido antes em um álbum de estúdio. A versão de estúdio pode ser encontrada no ano seguinte , em 1978 no álbum "Long Live Rock 'n' Roll". Apesar de ter sido severamente editado, com corte em momentos cruciais, como no solo de bateria de Cozy Powel em Still I´m Sad (que apareceu no dvd/cd Live in Munich 1977), o álbum duplo é peça requisitada pelas hordas de admiradores da banda. Também são notáveis algumas ausências no repertório, como as clássicas Do you close your eyes (presente na edição deluxe), Stargazer e A Light in the Black de Rising. A ultima musica citada foi podada do set list dos shows, e Stargazer permaneceu até meados da turnê de 79. Em 2012 foi lançada pela UMC uma edição dupla "deluxe" com musicas gravadas em Osaka, no Japão em 9 de Dezembro de 1976. Inclusive, uma parte da canção Catch the Rainbow do álbum original lançado em 77 é proveniente deste show.

A bela edição, além de restaurar o som do álbum original, traz um detalhado livreto com reprodução do encarte original do vinil, com suas fotos e a extensa equipe técnica que cooperou na turnê de 1976 e na confecção do disco. A produção do colaborador de longa data de Blackmore, Martin Birch é exemplar. O álbum é considerado um dos melhores discos ao vivo lançados por uma banda de rock, e esta inserido nas intermináveis listas deste gênero junto com Thin Lizzy Live and Dangerous, Ufo Strangers in the Night e Status Quo Live, dentre outros. No dvd Live in Munich 1977, o narrador dos extras comenta que era comum que as plateias da banda ficavam totalmente imersas na performance de Blackmore, em um estado de concentração e silencio totais, com a atenção voltada diretamente para a eximia técnica do guitarrista que usava e abusava de uma extensa palheta de tons e afinações.

A edição deluxe traz no disco 01, o álbum na integra, e no disco dois traz as musicas Kill The King, Mistreated, Sixteenth Century Greensleves, Catch the Rainbow, Man on the silver Mountain/Blues/Starstruck e Do you Close your Eyes.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Lado 1[editar | editar código-fonte]

  1. "Kill the King" (Ronnie James Dio, Ritchie Blackmore, Cozy Powell) – 5:32
  2. "Medley: "Man on the Silver Mountain" (Dio, Blackmore)/ "Blues" (Blackmore)/ "Starstruck" (Dio, Blackmore) – 11:12
  3. "Blues" (Blackmore) (Vinyl)
  4. "Starstruck" (Blackmore/Dio) (Vinyl)

Lado 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Catch the Rainbow" (Dio, Blackmore) – 15:35

Lado 3[editar | editar código-fonte]

  1. "Mistreated" (David Coverdale, Blackmore) – 13:03

Lado 4[editar | editar código-fonte]

  1. "Sixteenth Century Greensleeves" (Dio, Blackmore) – 7:36
  2. "Still I'm Sad" (Paul Samwell-Smith, Jim McCarty) – 11:01

Componentes[editar | editar código-fonte]

  • Ronnie James Dio – Vocais
  • Ritchie Blackmore – Guitarra
  • Tony Carey – Teclado
  • Jimmy Bain – Baixo
  • Cozy Powell – Bateria

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1977 - Kill The King Man / On the Silver Mountain (editado) / Mistreated (editado)

Esse single também foi re-lançado na Inglaterra em julho de 1981.