Oropo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Oropos)
Ir para: navegação, pesquisa
Grécia Oropo
Ωρωπός
 
—  Município  —
2011 Dimos Oropou.png
Oropo está localizado em: Grécia
Oropo
Localização de Oropo na Grécia
38° 18' N 23° 45' E
Região Ática
Unidade regional Ática Oriental
Área
 - Município 317,5 km²
 - Urbana 12 km²
Altitude mínima 45 m (148 pés)
População (2011)
 - Município 33 769
    • Densidade 106,36/km2 
 - Urbana 1 504
    • Densidade urbana 125,33/km2 
Código postal 190 15
Prefixo telefónico 22950

Oropo[1] (em grego: Ωρωπός; transl.: Oropós), é uma pequena cidade e município situado na Ática Oriental, na Grécia.

Estende-se entre as montanhas Parnete e o golfo meridional da Eubeia, do lado oposto à Erétria (na ilha da Eubeia). A cidade de Oropo, sede do município, situa-se às margens do rio Asopo, a quatro quilômetros ao sul da costa. Situa-se a quatro quilômetros a sudoeste de Nea Palatia e a 36 quilômetros a norte de Atenas. A comunidade de Oropo consiste da cidade de mesmo nome das vilas vizinhas de Kampos e Platania.

Município[editar | editar código-fonte]

O município atual de Oropo foi formado pela reforma governamental local de 2011, após a fusão de nove municípios antigos que se tornaram unidades municipais (as comunidades que as constituem estão entre parênteses):[2]

História[editar | editar código-fonte]

O santuário do oráculo de Anfiarau em Osopo situa-se a leste de Delfos e a nordeste de Atenas.

Oropo foi fundada por colonos de Erétria; ainda se debate se ela se localizava nas proximidades da antiga Greia ou se era a mesma cidade.[3] Em tempos antigos era uma cidade fronteiriça entre a Beócia e a Ática, e seu domínio foi uma fonte contínua de disputas entre os dois estados; porém finalmente acabou sendo conquistada por Atenas, e continuou sendo uma cidade ática, até mesmo durante o domínio do Império Romano. O seu porto, que era conhecido como Delfínio, situava-se na foz do rio Asopo, a cerca de 1,6 quilômetros da cidade.

O célebre oráculo de Anfiarau situava-se no território de Oropo, a doze estádios da cidade. O sítio arqueológico foi escavado pela Sociedade Arqueológica Grega;[4] continha um templo, uma fonte sagrada (na qual os fiéis arremessavam moedas), altares e pórticos, e um pequeno anfiteatro, do qual resta o proscênio. Os frequentadores do oráculo costumavam consultá-lo dormindo sobre a pele de um carneiro que havia sido sacrificado dentro do edifício sagrado.

População[editar | editar código-fonte]

Ano Cidade Comunidade Município
1981 672 - -
1991 784 924 -
2001 860 1,252 -
2011 1,111 1,504 33,769
Museu automobilístico "O Phaeton".

Referências

  1. Machado, José Pedro. Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, verbete "Oropo".
  2. Lei Kallikratis - Ministério Helênico do Interior (em grego)
  3. Fox, Robin Lane. Travelling Heroes: In the Epic Age of Homer (Random House, 2008: ISBN 0-679-44431-9), p. 161.
  4. Ainian, A. Mazzarakis. "Oropos in the Early Iron Age", in M. Bats and d'Agostino (ed). Euboica: l'Eubea e la presenza euboica in Calcidia e in occidente 1998:197-215.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Oropos».

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.