Palácio da Deputação Foral da Biscaia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Palácio da Deputação Foral da Biscaia
Palacio de la Diputación Foral de Vizcaya, Bizkaiko Foru Aldundiaren jauregia
Estilo dominante Eclético
Arquiteto Luis Aladrén
Inauguração 1 de julho de 1900 (114 anos)
Função atual Sede da Deputação Foral da Biscaia
Património
Classificação nacional Bem de Interesse Cultural
Geografia
País Flag of Spain.svg Espanha, País Basco
Cidade Bilbau
Coordenadas 43° 15' 43" N 2° 55' 55" O
Localização em Bilbau
Palácio da Deputação Foral da Biscaia está localizado em: Bilbau
Palácio da Deputação Foral da Biscaia
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Palácio da Deputação Foral da Biscaia

O Palácio da Deputação Foral da Biscaia (em espanhol: Palacio de la Diputación Foral de Vizcaya; em basco: Bizkaiko Foru Aldundiaren jauregia) é o edifício onde está sediada a Deputação Foral da Biscaia, o ramo executivo da administração da província da Biscaia. Situa-se na Gran Vía da capital provincial, Bilbau, no País Basco, Espanha. É uma edificação isolada[a], de planta retangular, aspeto sólido e majestoso, projetado no final do século XIX por Luis Aladrén em estilo eclético e inaugurado em 1 de julho de 1900, no qual foram usados elementos de diversos estilos históricos e em que sobressai uma grande preocupação com a composição das fachadas e do aspeto ornamental.

A fachada principal, na Gran Vía, tem um corpo avançado em relação à linha de fachada, que inclui um alpendre de entrada sobre o qual se dispõe uma varanda onde sobressai um escudo. No interior, a escadaria principal distribui e organiza as diferentes dependências.

A riqueza ornamental está presente tanto no exterior (silhar trabalhado em ponta de diamante) como no interior, onde se conservam numerosas obras de arte, mobiliário exuberante e decorações pictóricas nas paredes e tetos. Dentre as salas, destaca-se o chamado salão do trono, com duas pinturas murais de Echenagusia Errazquin (1844-1912), um pintor basco natural de Fuenterrabía. Estas pinturas, intituladas Juramento de los Fueros e Pacificación de oñacinos y gamboinos, são frequentemente reproduzidos em livros escolares e históricos alusivos ao País Basco. Além de diversas pinturas, conservam-se no palácio um par de jarrões oferecidos por Eugénia de Montijo, esposa de Napoleão III de França.

O palácio está classificado como Bem de Interesse Cultural desde 1994.

Notas e fontes[editar | editar código-fonte]

[a] ^ Em arquitetura contemporânea tem-se tendência a dizer edificação isolada, em oposição a edificação em banda ou geminada, o que não significa que não haja edifícios nas imediações.


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.