Paulo da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo da Silva
Paulo Da Silva.jpg
Informações pessoais
Nome completo Paulo César da Silva Barrios
Data de nasc. 1 de Fevereiro de 1980 (35 anos)
Local de nasc. Assunção, Paraguai Paraguai
Altura 1,77 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual México Toluca
Número 4
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
Paraguai Atlántida
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19961997
19971998
19981999
19992000
20002001
2001
20022003
20032009
20092011
20112012
20122013
2013
Paraguai Atlántida
Paraguai Cerro Porteño
Itália Perugia
Argentina Lanús
Itália Venezia
Itália Cosenza
Paraguai Libertad
México Toluca
Inglaterra Sunderland
Espanha Real Zaragoza
México Pachuca
México Toluca
0036 0000(0)
0030 0000(1)
0002 0000(0)
0014 0000(1)
0007 0000(0)
0002 0000(0)
0030 0000(2)
0235 000(20)
0024 0000(0)
0042 0000(1)
0033 0000(2)
0071 000(12)
Seleção nacional3
1999
2000
Flag of Paraguay.svg Paraguai Sub-20
Flag of Paraguay.svg Paraguai
0014 0000(3)
0119 0000(2)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 12 de maio de 2015.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 12 de maio de 2015.

Paulo César da Silva Barrios (Asunción, 1 de Fevereiro de 1980) é um futebolista paraguaio. Atualmente joga pelo Toluca.

História[editar | editar código-fonte]

Zagueiro de origem, Paulo da Silva também pode atuar como lateral-esquerdo. Nascido em Assunção, o defensor tem certa experiência internacional: já atuou em clubes da Itália e da Argentina, e agora joga no Real Zaragoza, da Espanha.

Pela seleção de seu país, participou da equipe que foi eliminada na primeira fase do Mundial sub-20 da Malásia, em 1997. Dois anos mais tarde, na competição realizada na Nigéria, também esteve presente com o grupo paraguaio eliminado pelo Uruguai nas oitavas de final.

Em clubes, sua carreira teve início em 1996, no Atlantida. Sua técnica chamou a atenção do Cerro Porteño, clube onde atuou apenas uma temporada para, em 1998, seguir para o Perugia. Sem conseguir se firmar na Europa, voltou ao futebol sul-americano e passou alguns meses no Lanús, da Argentina.

Depois, foi novamente para a Itália, mas voltou para o seu país, no Libertad. Mas foi no Toluca, do México, que Paulo ganhou notoriedade ao ser escolhido para o time ideal da Conmebol em 2007 e eleito o melhor jogador da liga mexicana em 2008.

Em 2006, participou na Alemanha da sua primeira Copa do Mundo, mas jogou apenas a última partida. No entanto, mostrou que é pé quente, porque ajudou a seleção a vencer Trinidad e Tobago por 2 a 0 e conquistar ao menos uma vitória naquele Mundial.


Bandeira de ParaguaiSoccer icon Este artigo sobre um futebolista paraguaio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.