Perseus Project

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Perseus Project ("Projeto Perseu", em inglês) é uma biblioteca digital da Universidade Tufts que reune coleções digitalizadas de recursos humanísticos.

É hospedado pelo Departamento de Classics daquela instituição, e, devido aos freqüentes problemas de hardware que sofre, que acabam indisponibilizando seus recursos, também é 'espelhado' pela Sociedade Max Planck, em Berlim[1] e pela Universidade de Chicago.[2]

O projeto foi iniciado em 1987, como forma de coletar e apresentar materiais destinados ao estudo da Grécia Antiga. Desde então foram publicados dois CD-ROMs, e estabeleceu-se a Perseus Digital Library ("Biblioteca Digital Perseus") na Internet em 1995. O projeto foi expandido para muito além de seu escopo original; as coleções atuais cobrem os clássicos greco-romanos, o Renascimento inglês, o acervo de Edwin Bolles, além da história da própria Universidade Tufts.

O editor-chefe do projeto é Gregory Crane, professor da cátedra da família Winnick em Tecnologia e Empreendedorismo da Tufts, e que ocupa o cargo desde a fundação do Perseus Project.

Os obras em grego antigo são armazenadas no Perseus em beta code, embora possam ser reformatadas para serem exibidas em diversos sistemas de transcrição.[3] .

Direitos autorais[editar | editar código-fonte]

O Perseus Project apoia o software open source[4] , e publicou código fonte no SourceForge.[5] Todos os textos e materiais disponíveis no site que são tidos como pertencendo ao domínio público estão disponíveis para download grátis, em formato xml, no Perseus 4.0[6] . O Perseus Project é um membro ativo da Open Content Alliance[7] e fornece suporte ao Internet Archive.

Certos conteúdos do site, como algumas imagens e textos, são restritos devido a acordos de permissão com os proprietários dos direitos autorais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mirror de Berlim
  2. Mirror de Chicago.
  3. Greek Font Display Help
  4. Ver a seção Open Source no anúncio do Perseus 4.0
  5. SourceForge.net: Perseus' Art and Archaeology Module
  6. Ver Perseus 4.0 [1]; para exemplos específicos, veja as informações sobre downloads e licenças para a tradução de Murray da Odisseia [2].
  7. List of OCA contributors

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]