Porto de Roterdão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Porto de Roterdã(o)
Imagem de satélite do Porto de Roterdão.
Localização
País  Países Baixos
Localização Roterdão, Holanda do Sul
Detalhes
Inauguração Século XIV
Área 10.556 ha
Empregados 1.207
Estatísticas
Chegadas de navios Baixa 36.315 (2008)
Carga anual de toneladas Aumento 430 milhões (2010)[1]
Volume anual de contêineres Estável 10,8 milhões de TEUs (2008)
Receita anual Aumento 525 milhões (2008)
Lucro líquido Aumento 151 milhões (2008)
Website www.portofrotterdam.com

O porto de Roterdão (português europeu) ou Roterdã (português brasileiro) é o maior porto marítimo da Europa. Está localizado na cidade de Roterdão, na Holanda do Sul, nos Países Baixos. De 1962 até 2002, foi o porto mais activo do mundo. Actualmente, foi ultrapassado por portos asiáticos como os de Singapura e de Xangai. Em 2006, Roterdão foi o sétimo maior do mundo em termos de contentores manipulados no porto, equivalente a vinte pés de unidades.

Abrangendo 105 quilómetros quadrados, o porto de Roterdão agora estende-se por uma distância de quarenta quilómetros (25 milhas). Consiste na área do centro histórico da cidade, incluindo Delfshaven, o Maashaven, Rijnhaven e Feijenoord; os portos em torno de Nieuw-Mathenesse; Waalhaven; Vondelingenplaat; Eemhaven; Botlek; Europoort, situados ao longo da Calandkanaal, Nieuwe Waterweg e Scheur (este último sendo os dois continuados de Nieuwe Maas), e valorizado a área de Maasvlakte.

História[editar | editar código-fonte]

Na primeira metade do século XX, as actividades portuárias deslocaram-se do centro-oeste para o Mar do Norte. O Nieuwe Waterweg foi cavado de Roterdão para o Mar do Norte, sendo um canal para o desaguar dos rios Reno e Mosa. O Nieuwe Waterweg estava pronto em 1872 e todo o tipo de actividade industrial estava formado nas margens deste canal.

O território do antigo porto foi ampliado pela construção do Europoort (portão para a Europa), complexo ao longo da foz do Nieuwe Waterweg, e pela Maasvlakte no mar do Norte, perto de Hoek van Holland. A construção de uma segunda Maasvlakte recebeu, inicialmente, aprovação política, em 2004, mas foi interrompido pelo Raad van State (o Conselho de Estado holandês, que aconselha o Governo e o Parlamento sobre a legislação e governação), em 2005, porque os planos não tiveram, suficientemente, em conta as questões ambientais. Em 10 de Outubro de 2006, no entanto, a aprovação foi adquirida para se iniciar a construção, em 2008, destinado para o primeiro navio a ancorar em 2013.

O mais importante para o porto de Roterdão são as indústrias petroquímica e de carga geral. O porto funciona como um importante ponto de trânsito para o transporte de granéis e de outras mercadorias entre o continente europeu e de outras partes do mundo. A partir de Roterdão as mercadorias são transportadas por navio, barcaça fluvial, ferroviária ou rodoviária. Desde 2000, a Betuweroute, um rápido ferroviário de carga que faz a ligação entre Roterdão à Alemanha, está em construção. A parte ferroviária neerlandesa foi inaugurada em 2007. As grandes refinarias de petróleo estão localizadas a oeste da cidade. Os rios Reno e Mosa também proporcionam excelentes condições de acesso ao interior.

O EECV - cais do porto tem uma profundidade de 24 metros,[2] tornando-se, juntamente com o Terminal de Ponta da Madeira, no estado do Maranhão, no Brasil, um dos dois únicos locais disponíveis para a amarração do maior navio graneleiro de minério de ferro do mundo, o Berge Stahl [carece de fontes?]. O calado do navio é de 23 metros e deixa apenas um metro de folga entre a quilha do navio e o fundo do canal. A profundidade de 24 metros só ocorre em uma "janela" de tempo restrita da maré cheia, deixando pouco tempo para manobrar e atracar o navio.[3] a

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Países Baixos

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Porto de Roterdão
Ícone de esboço Este artigo sobre um Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.