Pronomes em japonês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pronomes na Língua Japonesa são usados com menos frequência do que em muitos outros idiomas,[1] principalmente porque não há nenhuma exigência gramatical para explicitamente mencionar o sujeito em uma frase. Portanto, os pronomes raramente são traduzidos para outros idiomas em uma base um-para-um.

A maioria dos pronomes japoneses não são puros: eles possuem outros significados. Em Português os pronomes comuns não possuem outros significados: por exemplo, "eu", "você", e "eles" são usados apenas como pronomes. Mas em Japonês, as palavras usadas como pronomes possuem outros significados: por exemplo, 私 também significa "privado" ou "pessoal"; 僕 também significa "servo".

As palavras que os falantes do Japonês usam para se referir à outras pessoas são parte do sistema mais abrangente de Japonês Honorífico e devem ser entendidas neste contexto. A escolha do pronome irá depender do status social do locutor comparado ao do ouvinte, do sujeito, e dos objetos mencionados.

Os pronomes de primeira pessoa (ex. watashi, 私) e os pronomes de segunda pessoa (ex. anata, 貴方) são usados em situações formais. Em muitas frases onde um lusófono usaria os pronomes "eu" e "você", eles são omitidos no Japonês. Os pronomes pessoais podem ser deixados de fora quando é evidente sobre quem o locutor está falando.[2]

Quando é necessário indicar o tópico da frase para maior clareza, a partícula wa (は) é utilizada, mas não é exigida quando se puder inferir o tópico pelo contexto. Além disso, há verbos frequentemente usados que podem indicar o sujeito da sentença em certas circunstâncias: por exemplo, kureru (くれる) significa "dar", mas no sentido de "alguém dá algo a mim ou a alguém muito próximo a mim"; enquanto ageru (あげる) também significa "dar", mas no sentido de "alguém dá algo a alguém (normalmente não para mim)". Em frases consistindo de um único adjetivo (comumente terminadas em -shii) é comum assumir que o locutor seja o sujeito. Por exemplo, o adjetivo sabishii (寂しい) pode representar uma sentença completa significando "Eu estou solitário."

Assim, o pronome de primeira pessoa é normalmente usado apenas quando o locutor deseja adicionar uma ênfase especial no fato de estar se referindo a si mesmo, ou se for necessário deixar isto claro. Em algumas situações pode ser considerado inadequado se referir ao ouvinte (segunda pessoa) por um pronome. Se for necessário indicar a segunda pessoa explicitamente, o sobrenome do ouvinte com o sufixo -san ou algum outro título (como "cliente", "professor", ou "chefe") é normalmente utilizado.

Diferenças de gênero no Japonês falado também representa outro desafio já que homens e mulheres usam pronomes diferentes para se referir a si mesmos. A posição social também determina como uma pessoa se refere a ela mesma, assim como o modo a que se refere à pessoa com quem está falando.

Lista de pronomes Japoneses[editar | editar código-fonte]

A lista a seguir está incompleta. Existem muitas outras formas de pronomes no Japonês, que variam por região, dialeto, e assim por diante. Esta é uma listagem das formas mais comumente utilizadas. "Isto" não possui um equivalente direto em Japonês.[2] Note que o Japonês geralmente não flexiona por caso, portanto, eu é equivalente a mim.

Romaji Hiragana Kanji Nível de fala Gênero Notas

- Eu -
watashi わたし formal ambos わて wate no dialeto Kansai.
watakushi わたくし muito formal ambos A versão educada mais formal.[3]
ware われ muito formal ambos
waga わが 我が muito formal ambos Significa "meu" ou "nosso". Usado em discursos e formalidades; 我が社 wagasha (nossa companhia) ou 我が国 wagakuni (nosso país).
ore おれ informal homens, raramente mulheres (masculino) Significado "Eu". Frequentemente usado por homens.[4] Pode ser considerado rude dependendo da situação. Estabelece um senso de masculinidade. Usado com colegas ou com pessoas mais novas ou de status social inferior, indicando o status do próprio locutor. Entre amigos próximos ou familiares, seu uso é visto como uma sinal de familiaridade ao invés de masculinidade ou superioridade.
boku ぼく informal homens e raramente mulheres (masculino)[3] [5] Também significa "eu". Usado para dar senso de consideração casual, utiliza o mesmo kanji de servo ( shimobe), especialmente um servo masculino, de uma palavra Sino-Japonesa. Também pode ser usado direcionado a crianças, (equivalente em Português - "garoto")
washi わし homens velhos Coloquial. Comumente usado em criações fictícias para representar o estereótipo de personagens masculinos idosos.
atai あたい muito informal mulheres, raramente homens (feminino) Gíria para あたし atashi.[3]
atashi あたし informal mulheres, raramente homens (feminino) Muitas vezes considerado bonito.[3] Raramente utilizado na língua escrita, mas comum em conversação, especialmente entre mulheres jovens.
atakushi あたくし formal mulheres
uchi うち informal mais comum para garotas jovens Significa a própria pessoa. Comumente utilizado nos dialetos Kansai e Kyūshū. Usa o mesmo kanji para casa ( uchi).
(próprio nome) informal ambos Usado por crianças pequenas e jovens mulheres, considerado bonito.
oira おいら informal ambos Similar a 俺, mas mais casual. Pode dar o sentido de um caipira.
ora おら ambos Dialeto em Kanto e mais para o norte. Dá o sentido de um caipira. Usado entre crianças influenciadas por personagens de Dragon Ball e Crayon Shin-chan.

- você (singular) -
(nome e honorífico) a formalidade depende do honorífico usado ambos
anata あなた 貴方, 貴男, 貴女 formal/informal ambos O kanji é raramente utilizado. Não é tão utilizado, já que, quando conversando diretamente com alguém, é melhor utilizar o nome da pessoa.[2] [4] Comumente utilizado por esposas ao dirigir-se ao seu marido, de uma forma mais ou menos equivalente ao português "querido".
anta あんた informal ambos Versão de あなた anata.[3] Similar a omae. Comumente expressa desprezo ou familiaridade com a outra pessoa. Geralmente visto como rude ou não educado.
otaku おたく お宅, 御宅 formal, educado ambos Forma polida de dizer "sua casa", também utilizado como um pronome para se endereçar à pessoa com um pequeno senso de distância. Otaku/Otakku/Otaki/Otakki se tornaram gírias se referindo a algum tipo de nerd/com hobbys obsessivos, já que eles comumente se referem uns aos outros como Otaku.
omae おまえ お前 muito informal ambos Usado por homens com maior frequência,[4] mas também utilizado por mulheres. Expressa desprezo/raiva, o status ou idade maior do locutor, ou um relacionamento muito casual entre colegas. Usado com おれ ore.[4] Nunca deve ser dito aos anciões.
temee, temae てめえ,
てまえ
手前 rude e de confronto[3] principalmente homens Temee, uma versão de temae, é mais rude. Usado quando o locutor está muito irritado.
kisama きさま 貴様 extremamente hostil e rude[3] principalmente homens Historicamente muito formal, mas se desenvolveu em um senso irônico para mostrar a extrema hostilidade do locutor/ultraje direcionado ao ouvinte.
kimi きみ informal ambos O kanji significa lorde (arcaico). Geralmente usado com 僕 boku.[4] O mesmo kanji é usado para escrever -kun.[6] É informal para subordinados; também pode ser afetuoso; anteriormente muito educado. Algumas vezes é rude ou presunçoso quando usado com superiores, anciões ou estranhos.[4]
kika きか 貴下 informal, para uma pessoa mais jovem ambos
on-sha おんしゃ 御社 formal, usado para o ouvinte representando sua empresa ambos
ki-sha きしゃ 貴社 formal, similar a "onsha" ambos

- ele / ela -
ano kata あのかた あの方 muito formal ambos Algumas vezes pronunciado "ano hou", mas com o mesmo kanji.
ano hito あのひと あの人 formal/informal ambos Literalmente "aquela pessoa".
yatsu やつ informal ambos uma coisa (muito informal), cara.
koitsu こいつ 此奴 muito informal, implica desprezo ambos Denota uma pessoa ou material próximo ao locutor. Análogo a "isto" ou "este/esta".
soitsu そいつ 其奴 muito informal, implica desprezo ambos Denota uma pessoa ou material próximo ao ouvinte. Análogo a "ele/ela", "isso" ou "esse/essa".
aitsu あいつ 彼奴 muito informal, implica desprezo ambos Denota uma pessoa ou (menos frequentemente) material longe de ambos o locutor e o ouvinte. Análogo a "ele/ela" ou "aquele/aquela/aquilo".
boitsu ぼいつ 僕奴 muito informal, implica desprezo masculino Denota um homem jovem (ou menos frequentemente uma mulher, ou material) sem referência de distância. Análogo a "aquele".

- ele -
kare かれ formal (neutro) e informal (namorado) ambos Pode também significar namorado. Antigamente 彼氏 kareshi era o equivalente, mas agora sempre significa namorado.

- ela -
kanojo かのじょ 彼女 formal (neutro) e informal (namorada) ambos 彼の(aquela)女(mulher) originalmente, criado como um equivalente de pronomes femininos em idiomas europeus. Também pode significar namorada.[7]

- nós -
hei-sha へいしゃ 弊社 formal e humilde, usado quando representando a empresa da própria pessoa ambos Usado quando representando a empresa da própria pessoa. De uma palavra Sino-Japonesa significando "humilde companhia".
waga-sha わがしゃ 我が社 formal, usado quando representando a empresa da própria pessoa ambos

- eles -
kare-ra かれら 彼等 comum no japonês falado e escrito ambos

- outros dignos de nota -
ware-ware われわれ 我々 formal "nós" algumas vezes "eles" ambos Muitas vezes usado quando se está falando em nome de uma companhia ou grupo.
Romaji Hiragana Kanji Significado Nível de fala Gênero Notas

- Pronomes Arcaicos -
asshi あっし eu masculino Da era Feudal.
sessha せっしゃ 拙者 eu masculino Usado por ninjas e samurais durante a era feudal. De uma palavra Sino-Japonesa significando "aquele que é desajeitado".
waga-hai わがはい 我が輩,吾輩 eu ambos Literalmente "meus companheiros; minha classe; meu grupo", mas utilizado de uma forma um tanto pomposa como um pronome singular de primeira pessoa.
soregashi それがし eu ambos Forma antiga de "watakushi".
warawa わらわ eu ambos Forma antiga de "watakushi".
yo 余, 予 eu masculino Pronome singular de primeira pessoa arcaico.
chin ちん eu masculino Usado apenas pelo imperador, principalmente antes da Segunda Guerra Mundial.
adakado あだかど 仇家人 eu masculino Usado como um termo humilde, literalmente para a casa de uma pessoa, mas normalmente para a pessoa
onore おのれ eu ou você masculino A palavra onore, assim como o kanji usado para transcrevê-la, literalmente significa "a si mesmo". É humilde quando usado como um pronome de primeira pessoa e hostil quando usado como um pronome de segunda pessoa.
nanji なんじ 汝, menos comumente também 爾 você, comumente traduzido como "tu" ambos Grafada como なむち namuchi nos textos mais antigos e posteriormente como なんち nanchi ou なんぢ nanji.
onushi おぬし 御主 masculino Usado por ninjas e samurais para falar com pessoas de classe igual ou inferior. Literalmente significa "mestre".
sonata そなた 其方 (raramente usado) tu ambos Original um pronome dêitico médio significando "aquele lado; aquela sentido; aquela direção"; usado como um pronome de segunda pessoa levemente respeitável em tempos medievais, mas agora usado quando se fala com um inferior, em um tom pomposo e antiquado.

Sufixos[editar | editar código-fonte]

Sufixos são adicionados aos pronomes para torná-los em plural.

Romaji Hiragana Kanji Nível de fala Gênero Notas

- Nós (grupo de pessoas) -
tachi たち informal. exemplos:
  • 私達, watashi-tachi,
  • あなた達, anata-tachi
  • 彼女たち, kanojo-tachi
  • 君たち, kimi-tachi
ambos Torna o pronome em plural. watashi(eu) se torna (nós). Também pode ser adicionado a nomes para indicar que aquela pessoa e o grupo(s) em que ele participa (Ryuichi-tachi = Ryuichi e amigos).
kata,
gata
かた,
がた
formal (ex. あなた方) ambos Mais educado que 達 tachi.
domo ども humilde (ex. 私ども, watakushi-domo) ambos denota alguma aspersão no grupo mencionado, portanto pode ser rude
ra informal (彼らkarera 俺ら, ore-ra, 奴ら, yatsu-ra, あいつら, aitsu-ra) ambos Usado com pronomes informais. Frequentemente usado com palavras hostis (ex. お前ら, omae-ra).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Maynard, Senko K: "An Introduction to Japanese Grammar and Communication Strategies", page 45. The Japan Times, 4th edition, 1993. ISBN 4-7890-0542-9
  2. a b c Akiyama, Carol; Nobuo Akiyama. Japanese. Second ed. [S.l.]: Barron's, 2003. p. 30. ISBN 9780764120619 Visitado em 2007-10-22.
  3. a b c d e f g Personal pronouns in Japanese Japan Reference. Retrieved on October 21, 2007
  4. a b c d e f 8.1. Pronouns sf.airnet.ne.jp Retrieved on October 21, 2007
  5. TRANS Nr. 16: Rika Ito (St. Olaf College, MN USA): BOKU or WATASHI: Variation in self-reference terms among Japanese children
  6. [1]
  7. [2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]